quinta-feira, 26 de abril de 2012

Erguer um altar para Deus



  Fiz essa postagem com base numa pregação do DVD do pastor Yossef Akiva - O caminho.

  Antes de começar, quero explicar como Deus tocou meu coração com essa palavra, ontem minha amada e melhor amiga Vânia, estava de folga no trabalho e veio passar o dia em casa comigo, ela me contou que estava na loja e Deus pediu pra ela comprar o DVD daquela pregação, e ela trouxe para assistirmos em casa.

  O pastor Yossef Akiva é uma benção, ele é ex judeu, e sabe muuuuito da Bíblia, e é um filho de Deus.

  Quando assisti a pregação, Deus falou comigo, mas achava que o "alvo principal" que Deus queria atingir era minha amiga, pois Ele pediu para ela comprar aquele DVD, mas hoje Deus me trouxe a mente aquela palavra, e me ministrou de maneira tremenda, de forma que tenho que dividir com vocês.

  Todos vocês conhecem a história de Moisés não é mesmo? Se não leiam os livros de Êxodo, Números, Levíticos e Deuteronômio na Bíblia.

  Os versículos base para essa pregação são:

  Êxodo 20:22-26

   Josué 4:8-14

Deuteronômio 27:5-6

  Na Bíblia aprendemos que eles construíam altares de adoração a Deus para lembrar de algum feito que o Senhor fez, alguma promessa, e para adorar e glorificar o nome de Deus.

  Deus não quer um altar de ouro, prata e nem de acácia (uma madeira muito preciosa), pois eles, quando passado o fogo e a água se desfazem, mas Ele quer um altar de pedra, do qual passado o fogo e a água não pode se desfazer, porém não pode ser uma pedra talhada por homens, mas sim uma pedra bruta, pois ela quem fez é Deus.

  Quando Deus disse isso a Moisés provavelmente ele deve ter ficado pensando de qual maneira ele conseguiria construir um altar com pedras brutas, pois afinal, como elas iriam se encaixar?
  Mas Deus conhece cada ponta, cada milimetro das pedras, pois foi Ele quem criou, e quando Moisés fosse erguer o altar, Ele o ajudaria a montar de forma que as pedras se encaixassem.

  Terminado o altar, ele ficou tão alto de maneira que Moisés teria de construir uma escada para poder subir e oferecer sacrifícios, mas Deus disse que no altar dele não haveria escada para que não fizesse a nudez do homem aparecer. O que isso quer dizer?

  Quando subimos uma escada, estamos com o corpo ereto, nariz empinado e temos muita facilidade para subir os degraus, e logo nos sentimos orgulhosos, pois não sentimos dificuldades para fazer tal coisa, por isso Deus ordenou que para subir ao altar, Moisés construísse uma rampa, mas uma rampa ingrime.

  Quem quando criança não gostava de subir o escorregador ao contrário? Era uma luta só para chegar ao topo não é mesmo? Pois é...para subir no altar de Deus também é assim.

  Para subir a rampa que leva ao altar de Deus não conseguimos subir em pé, totalmente eretos, mas sim de joelhos no chão e quanto mais o rosto estiver próximo ao chão, melhor. Caminhar de joelhos é difícil, doloroso, é lento, mas essa é a única maneira de subir ao altar de Deus e se nos apresarmos vamos escorregar e ter que começar a subir tudo de novo.

  O que o Senhor me ministrou a respeito dessa palavra na tarde de hoje foi que um namoro tem que ser um altar de adoração para Deus, e para subir nele e erguer sacrifícios é preciso oração e consagração. Não estou  de namorico com ninguém, mas desde já tenho que começar a erguer esse altar para Deus com muita oração (joelho no chão), consagração, entrega, paciência (caminhar de joelhos demora né?) e saber esperar (pois se eu me apressar irei escorregar e terei que começar a subir novamente).
 
  Um namoro tem que ser como um altar de adoração a Deus, para engrandecer e dar testemunho dEle, para aproximar os dois de Jesus, e não afastar. Um namoro abençoado por Deus tem Ele como foco e não somente satisfazer nossas carências e desejos carnais. Deus quer que tenhamos um namoro puro, como oferta de adoração a Ele, e não um sacrifício defeituoso.

  Essa palavra fez e está fazendo um efeito muuuuito grande em mim.

  Com minha amiga, que assistiu essa mesma pregação junto comigo, Deus falou com ela de uma forma totalmente diferente da minha. E com você?

  Deus abençoe!

4 comentários: