terça-feira, 26 de agosto de 2014

Ciúmes: o que não fazer


  Olá, queridas. Tudo bem?

  Nesse último sábado no programa Escola do Amor, na rede Record, o tema foi "Ciúmes excessivo". Confesso que minha mãe já havia me dito a maioria das coisas que o casal de apresentadores e a psicologa disseram, porém eu nunca havia entendido por completo, achava que só era cisma de mãe.

  Enfim, o que mais me chamou atenção nesse programa e que senti necessidade de compartilhar com vocês são alguns estudos que foram feitos relacionados ao ciúmes.

  De acordo com pesquisadores, estudos indicam que quanto mais ciúmes a pessoa tem, maior é a chance de ela ser traída. Isso porque as vezes o parceiro (a) realmente não tem nenhum affair fora do relacionamento, mas com as cobranças e crises de ciúmes ele passa a observar ao redor.

  Por exemplo:

  "-Você viu aquela piriguete da sua prima de olhando?"

  Ele poderia não ter notado antes, mas vai começar a reparar a partir de agora.

  Você, ciumenta tem que parar de chamar a atenção dele para as outras mulheres, sei que ultimamente tem muitas mulheres que não respeitam nem a si mesmas e muito menos o relacionamento e compromisso de um casal, na verdade, parece até que algumas preferem homens comprometidos, mas você, que está lendo esse texto tem que ser esperta e não chamar atenção para elas.

  Por exemplo, suponhamos que seu namorado ou esposo tenha uma prima que se insinua para ele, e é claro, você ficará brava e vai brigar com seu namorado ou com ela, porém você não deve fazer isso, seja inteligente e não dê vexame pois:

  1° ele pode não ter percebido, e se você falar algo ele poderá ficar com o ego inflado e passar a observar tal pessoa, afinal, quem não gosta de saber que é desejado?

  2° ele já percebeu que fulana fica dando mole, e com você apontando toda vez que ela "destila seu veneno de cobra" vai estar fazendo ele prestar atenção na "jararaca", sendo que isso é a última coisa que você quer pois ou ele vai observar com mais atenção o que ela faz ou ele ficará irritado com seu ciúmes e vocês vão discutir, e você vai ficar com ainda mais ciúmes pois em sua mente vai parecer que ele está defendendo a "amiguinha".

  Sim, eu sei que não é fácil se controlar, mas sejamos sinceras, quando estamos com ciúmes as vezes vemos as coisas diferentes de como são, e a raiva queimando faz com que tomemos atitudes que depois nos arrependeremos ou magoaremos alguém.

  Então, retomando. Se ver alguém dando em cima de seu namorado, nada de chamar atenção dele para a outra, segundo, tenha calma, respire quantas vezes for necessário para não fazer feio, se precisar, quando tiver mais calma converse com o boy a sós mais tarde.

  Lembre-se que ninguém é dono de ninguém, e não há quem se sente confortável ao ser cobrado ou ao estar em um interrogatório. Se realmente ama a pessoa que está ao seu lado vai aprender a respeita-la e não trata-la como um objeto só seu e intocável.

  O ciúmes está muito presente em nossa cultura, porém ele pode destruir o seu relacionamento se não aprender a se controlar.

  Bem, queridas. Essa foi a lição que aprendi nesse último programa da Escola do Amor. Os posts sobre relacionamento sempre estão entre os mais acessados da semana, o que me leva a concluir que tem muitas pessoas com dúvida ou curiosidade sobre assunto, sendo assim postarei mais sobre o assunto. Então fique de olho no blog para conferir.

  Abaixo tem o programa que me deu inspiração para esse post.



  Para descontrair, assista essa paródia do Galo Frito dá música This girl is on fire.


quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Dani Fernandes no blog Poucas Palavras!

  Olá queridas, nessa semana eu participei da TAG do blog Poucas Palavras, nesse post a dona do blog Jessica Clarissa fez algumas perguntas para blogueiras que ela queria indicar no blog e respondemos.

  Vocês podem conferir o post acessando o link http://poucaspalavrasj.blogspot.com.br/2014/08/de-blogueira-para-blogueira.html

  Eu adorei o blog e essa TAG, achei muito interessante, espero que vocês também gostem.

  Beijos!

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Eu não tenho amigos


  Muitas pessoas se sentem sozinhas e sem amigos, talvez você que esteja lendo esse texto também se sinta assim, porém, cá estou eu para dizer a você para não ficar triste por isso. Em meus poucos mas bem vividos vinte anos descobri que a quantidade de amigos nada tem a ver com a felicidade, pelo menos não com a felicidade verdadeira, pois com o tempo você descobre que não tem tantos amigos como achava que tinha e que a maioria eram só colegas que gostavam de curtir bons momentos com você mas que quando você não está numa posição boa eles se afastam e parece que nunca foram próximos.

  Acontece, é normal. Porém quando essas pessoas se afastam de você por motivos fúteis e você percebe que só estavam interessados em quem você aparenta ser e não com quem realmente é, você deveria até ficar aliviada!

  Com o tempo aprendi a dar valor para os momentos mais simples mas valorosos, aqueles com a família e com os poucos amigos que ficam por perto.

  Também tenho em mim que é preciso respeitar a sua própria personalidade, tem pessoas que são muito comunicativas e estão sempre cercadas por um aglomerado de pessoas contando alguma coisa engraçada, acredito que você que está lendo esse post provavelmente não é assim, e não tem nada de errado não ser uma "celebridade" nos lugares que você costuma a frequentar, cada um tem uma personalidade, e algumas pessoas, como eu e talvez você, preferem ser mais observadoras e ouvir mais, com isso não estaremos sempre nos holofotes porém quando você descobre quem realmente é, acaba se agradando com isso e descobrindo outros prazeres além de estar numa roda de amigos chamando atenção, como estar longe daquela "galera barulhenta" de sua sala ou trabalho e conhecer alguém diferente de todos e que tenha verdadeiramente um papo interessante. São poucos assim, mas os que são compensam vinte amigos "de balada".

  Por algum tempo atrás eu até tentei ser diferente, estar no centro das atenções, mas não estava sendo eu, e descobri que é bem melhor observar mais e falar em momentos oportunos pois evitamos de falar besteiras, observamos as pessoas e sabemos quem é flor que se cheire ou não, e não temos aquela mania feia de querer falar mais alto do que os outros para chamar mais atenção e causar todo aquele barulho de pessoas alimentando seu ego.

  Se por um acaso você está solteira e acha que só será feliz quando estiver namorando com alguém, está enganada minha amiga, não vou negar que namorar, ter alguém do seu lado é muito bom, mas se não aprender a ser feliz sozinha você terá vários problemas no relacionamento, como ciúmes excessivo, insegurança e etc. Apesar de isso ser muito clichê, é verdade.

  Então, o que vale é primeiro você conhecer a si mesma e aceitar que talvez você não seja um tipo de pessoa que está sempre em meio a um amontoado de pessoas, mas mesmo assim é feliz com os poucos amigos que tem, pois não importa a quantidade, mas a qualidade.

  Se por um acaso você é tímido demais e acha que ninguém gosta de você ou que não é boa o suficiente para estar perto de determinadas pessoas, talvez você precise de ajuda, converse com uma pessoa que seja mais experiente ou com um profissional.

  Bem meninas, por hoje é isso, vamos nos amar mais e ser feliz, quando estamos felizes ficamos até mais bonitas.

  Beijos.

domingo, 10 de agosto de 2014

Existe uma pessoa escolhida para ficar comigo?


  Será que Deus prepara uma determinada pessoa para você? Com certeza essa dúvida me correu por alguns anos, eu vivia procurando na internet a opinião das pessoas e enfim chegou o momento de eu mesma falar sobre isso aqui no blog.

  Sinceramente, eu ainda não posso afirmar para vocês se existe uma pessoa determinada para você por Deus ou que isso é uma escolha só sua. Vou contar para vocês o que aconteceu comigo, e o que aprendi até agora.

  Eu sempre tive para mim que Deus sabe de tudo e que ele sabe tudo o que vai acontecer, acredito que nós não fomos feitos para ficar sozinhos e acreditava que Deus antes da gente nascer sonhou que nós ficássemos juntos com uma outra pessoa determinada para nós. É claro que em alguns momentos eu ficava em dúvida dessa minha teoria, se tinha alguém já determinado para nós então porque existem muitas pessoas que estão solteiras? Porque então o pastor orienta a gente à orar antes? Porque tem tantas pessoas que terminam namoros que pareciam perfeitos?

  Fui crescendo e amadurecendo, passei a pré adolescência e o período cheio de hormônios, chegando aos dezoito anos com minha promessa feita com Deus (havia orado quando aceitei Jesus e firmado um compromisso com Deus de que não iria namorar antes de completar 18), então essas dúvidas começaram a surgir, fiquei aberta a conhecer pessoas e me apaixonar, mas eu ficava um tanto confusa, achava que eu ia olhar para alguém e BANG estaria apaixonada e saberia que aquele cara seria o amor da minha vida e meu futuro marido, porém vi que não era assim.

  Conheci alguns caras legais, mas sempre tinha alguma coisa que ia contra os meus princípios ou ele tinha alguma mania que eu jamais ia suportar aguentar a longo prazo. Depois de alguns meses resolvi parar com essa paranóia e "deixar as coisas rolarem".

  Quando comecei a conhecer o Cassiano (meu namorado) e comecei a gostar de quem ele era, ficava na dúvida se era ele quem Deus tinha escolhido para me casar, fiquei meses orando e esperando pelo tal BANG que sentiria e mudaria minha vida, porém nesses meses de oração o que aprendi com Deus, minha mãe e pastores foi :

1° Ele ama a Deus? Ele vai entender meus momentos com Deus, compartilhar a palavra e orar junto comigo? Ele vai viver comigo e com Deus dentro da vontade dele? 

Isso é muito importante, é o famoso julgo desigual. Se você é uma mulher cristã e decidir ter uma relação com quem não compartilha da mesma fé que você ou que não admita que você vá a igreja ou ainda faça piadas da sua fé, com certeza te dará um problema no futuro, sua fé é algo muito importante na sua vida, mais do que um relacionamento amoroso com um homem, e você deve pensar mil vezes sobre isso antes de tomar uma decisão.

  Não estou criticando quem não é cristão, mas seja qual for a crença, ficar com alguém que não tem o mesmo estilo de vida ou princípios é algo bem complicado.

  Se você estiver mesmo apaixonada por alguém que não seja cristão e escolher ficar com ele, mais tarde você poderá se afastar de Deus ou ele se aproximar de Deus, mas na maioria das vezes não da para saber como vai ser e você pode se magoar, mais uma vez, se ele não tiver a mesma crença do que você pense bem antes, para depois não correr o risco de se arrepender ou machucar seus sentimentos.

2° Eu realmente gosto dele ou são só os hormônios? 

Ah, os hormônios! Eles são muito perigosos! Quando estamos "queimando" por dentro acabamos vendo as coisas de maneira diferente, achamos que estamos tomando a decisão certa mas podemos só estar tomando decisões e arranjando motivos para podermos dar um beijo naquele cara bonito, e depois que isso acontece você fica pensando "onde eu estava com a cabeça?". Por isso, aprendi em meu tempo de oração que nada como o tempo, apesar de é claro sentir atração por tal pessoa, com o tempo você conhece realmente a pessoa e a si mesma, e vai ter a certeza se realmente gosta dele.

3° Meus pais aprovam? 

Um ponto também importante, quando tive certeza que estava realmente apaixonada eu fui conversar com o pastor da igreja, e ele disse que se eu tinha que pedir a benção de alguém para isso, era para Deus e para minha mãe, talvez isso tenha sido uma resposta de oração. Minha mãe sempre soube de minhas paixonites durante a vida e nunca aprovou nenhuma, orei a Deus pedindo para que se fosse da vontade dele para minha mãe aprovar.

4° Ele demonstra gostar de mim de verdade e quer um relacionamento sério? 

Isso é algo muito, muito importante. Você precisa observar as atitudes do boy e ver se ele quer mesmo um compromisso sério com você ou só quer curtição. Observe tudo antes de tomar alguma decisão para depois não se machucar.

  Com esses pontos que aprendi, conclui que talvez não tenha um pessoa específica para estar conosco, talvez não seja assim tão fácil de descobrir, mas um relacionamento não é algo muito fácil, você tem que amar o próximo e os dois tem que se moldar de acordo com as situações, mudar algumas manias, aprender coisas novas, renunciar algumas coisas. Os dois tem que fazer dar certo e com o tempo vão conhecer sentimentos bem diferentes do que imaginaram um dia, é uma coisa maravilhosa estar com alguém, "achar a costela perdida", mas não é como um passe de mágica como a afirmação de "existe alguém determinado" sugere.

  Porém, sei que Deus sabe de todas as coisas, talvez ele já saiba desde sempre que os seus caminhos te levariam a tal pessoa, concluo que, Deus quer que você fique com alguém que te faça feliz, que te ame e respeite, a decisão cabe a você, mas orar a Deus e perguntar se ele aprova tal relacionamento ou perguntar como ele pode melhorar o seu relacionamento atual faz muita diferença. Deus nos deu o livre arbítrio e não somos "forçados" a ficar só com tal pessoa para dar certo.

  Bem, queridas. Essa é minha opinião, não estou dizendo que é certa ou não, mas isso foi o que aprendi, e a dois anos meu relacionamento tem dado certo e sou muito feliz.

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Eu gosto mesmo é de ser má!


  O título desse post é polêmico para algumas pessoas, principalmente para os moralistas de plantão, porém essa é uma frase que sempre uso no meu dia a dia.

  Estou cansada de tanta hipocrisia e de pessoas gostando de coisas erradas, não sou do tipo de pessoa "barraqueira" e que cria caso com tudo o que acontece, porém não consigo engolir aquilo que vejo e sei que é errado, simplesmente não posso ficar quieta e passar a mão na cabeça da pessoa, claro, infelizmente não posso sair por ai dizendo tudo o que penso, pois se não irei magoar muitas pessoas e causar diversos problemas, quem sabe até um processo (risos), mas sempre descubro um "jeitinho" de dizer a verdade, ou seja, falo a verdade mas tento "florear" o máximo para não causar escândalo. Tudo porque as pessoas querem viver num mundo onde tudo é sempre bonitinho e fecham os olhos para as coisas ruins, a escuridão, o ilegal, alguma pessoas simplesmente escolhem ignorar certos acontecimentos para seguir com a vida sem "nenhum problema".

  Se vocês pudessem me ouvir agora, eu estaria gritando "isso é um absurdo!!!!!".

  Já não me sinto mais chateada quando as pessoas dizem que sou ruim ou ficam com raiva de mim por eu dizer a verdade, cada um escolhe a vida que quer ter e eu escolhi andar na luz, na verdade, sem fechar os olhos para o que está de errado na minha vida.

  Acho um absurdo, as pessoas evitarem quem fala a verdade para elas e amarem aquelas que as enganam e que mentem bem bonito para sua vida ficar perfeita superficialmente, e o pior, as pessoas sabem que estão sendo enganadas e mesmo assim odeiam quem fala a verdade e amam quem as ilude com mentiras tão, tão, tão ridículas que nem uma criança de seis anos pode acreditar.

  Mas então o que fazer? As vezes me sinto como alguém que grita sem parar para um penhasco, querendo que alguém escute mas na verdade está sozinho. Não sei o que fazer, não sei se tem algum remédio para você que se sente assim como eu, mas eu não entrarei nesse jogo de mentiras, prefiro encarar a realidade por mais que ela seja feia e imunda, e me nego a enganar as pessoas e fingir que tudo está bonito enquanto a vida dela é uma desgraça, tudo porque a pessoa escolhe confiar e acreditar na pessoa errada.

  Todos conhecem a passagem de Corintios na Bíblia que fala sobre o amor, pois é...o amor não é egoísta, o amor não engana, então como certas pessoas podem cair na historia de que são amadas sendo que as atitudes demonstram totalmente ao contrário?

  Dizem que sou ruim, que não tenho atitudes cristãs e que sou muito dura com algumas pessoas, mas não é isso, não saio por ai arrancando corações ou agredindo ninguém, mas ser bom não é ser bobo! Jesus se sentou a mesa com pessoas que não eram "bons cidadãos" e mesmo assim não se envolveu nas práticas deles e nem disse que o que faziam não era errado.

  É idiotice fechar os olhos para o que acontece de errado, não admitir isso e ficar andando em circulo a vida toda, é ridículo!

  Eu prefiro ser a vilã da história do que ser a "mocinha coitada", que na verdade só mente, engana e trapaceia à todos que tentam ajuda-la mas depois se finge de coitada, aliás, se for para ter que competir com esse tipo de "herói" que de heroico não tem nada, eu até que fico muito feliz por ser a vilã e as pessoas dizerem que eu sou ruim.

  Sei que não sou a única que passa por isso, a questão é que as pessoas não gostam de quem fala a verdade, preferem viver num mundo de vaidades, futilidades e mentiras, e quem joga a "verdade" no ventilador é quem é o vilão por "tentar estragar os bons momentos" ou "não confiar nas pessoas". Saber que não sou a única a pensar desse jeito é como se fosse um bom banho depois de um dia cansativo, afinal ainda há esperança de que um dia mais pessoas abram os olhos, parem de fingir que tem uma vida perfeita e tentem resolver seus problemas.

  Acredito na Bíblia, e ela diz que não há segredo que não será revelado! É nisso que creio e espero.

Guardiões da Galáxia


  Dia 31 de julho estreio o novo filme da Marvel, o Guardiões da Galáxia.

  Fiquei algumas semanas ansiosa para a estréia do filme, pois vi o trailer algumas vezes no cinema e adorei. Enfim, o filme é muito bom, tem uma história interessante e é bem engraçado.

  O filme, conta a história de um humano, que se denomina "Senhor das estrelas" que foi raptado da Terra após a morte de sua mãe, ele se torna um saqueador das galáxias, vivendo de roubos e vendas dos mesmos. Um dia ele vai atrás de um esfera que prometeram-lhe pagar uma boa quantia por ela, na busca ele quase morre, e começam a perseguir ele por causa dela, ele não sabe o que ela faz, mas decide não vende-la a ninguém pois é obvio que ela é muito importante e provavelmente seja uma arma que não pode cair em mãos erradas.

  Enquanto ele foge, acaba conhecendo um guaxinim que não se acha um guaxinim e uma outra criatura que parece ser uma árvore que querem raptar o "senhor das estrelas" pois estão oferecendo uma alta recompensa por ele, algumas desventuras acontecem e eles acabam indo para a cadeia, mas graças a esperteza e experiência do guaxinim que já fugiu de mais de 20 cadeias eles conseguem fugir e outros dois se juntam a turma, uma moça verde e um fortão que só quer se vingar.

  Eles tem que proteger a tal "esfera" das mãos do vilão do filme, descobrem que ela é uma arma do infinito e que pode destruir um planeta inteiro, e dar muito poder a quem tiver ela, porém eles tem que fazer o que puderem para salvar o planeta sozinhos, pois eles não são os mais queridos entre as galáxias e tem muitas pessoas os perseguindo.

  Muitas outras coisas acontecem no decorrer do filme, e apesar de estar morrendo de vontade de contar, infelizmente não posso falar tudo pois se não vou contar o final.

  Eu adorei o filme, e estou super animada para ver a continuação.

  Confira abaixo algumas imagens do filme e o trailer oficial.









  O elenco conta com o Vin Diesel, Glenn Close, Zoe Saldana, John C. Reilly e o ator principal do filme Chris Pratt. Uma curiosidade é que Chris teve que emagrecer MUITOS quilos para poder viver o herói do filme. Veja a diferença:


  Eu achei que era mentira, que as fotos não batiam....mas você pode conferir essa notícia no site da globo e em outros veículos conhecidos.