quarta-feira, 29 de julho de 2015

Novo Food Park em São Paulo no bairro Santa Cecília

fonte http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,santa-cecilia-vai-ganhar-food-park,1734088

  É com muita alegria que comunico a vocês a inauguração do novo Food Park no bairro Santa Cecília, centro de São Paulo, ao lado do metrô Marechal Deodoro (linha vermelha do metrô). 

  Com uma área de dois mil metrôs, o antigo estacionamento será uma espaço onde você encontrará food trucks, bike foods, e contêineres. De acordo com o jornal Estadão em cada espaço é cobrado um aluguel de 7 mil reais.

  A inauguração será nesse sábado dia 1 de agosto, o espaço será o primeiro Food Park no Brasil e o maior na América Latina. Ficará aberto de terça à domingo das 11hr às 21hr.

  Os organizadores avisam que tem espaço para estacionamento, e que vão colocar grama sintética para as pessoas poderem estender "cangas" e deitar e no verão pretendem colocar areia para dar um clima praiano. 

  Os preços prometem ficar abaixo dos 30 reais, e tenho certeza que será um ótimo lugar para frequentar. 

  Para quem não sabe, eu moro no bairro Santa Cecília em São Paulo, e o bairro tem ganhado cada vez mais vários empreendimentos, tanto mobiliário quanto restaurantes diferentes, sem contar no nosso querido PARQUE MINHOCÃO, nosso viaduto que fecha todas as noites, finais de semanas e feriados e dá espaço para todo o pessoal do bairro passear com seus cães, fazer exercícios, feiras, e até mesmo festinhas, com certeza os frequentadores do PARQUE MINHOCÃO serão frequentadores do Food Park. 

  Pretendo conhecer o novo espaço esse final de semana, e posteriormente mostro as fotos para vocês.

  Para quem se interessou, pode ler a matéria completa no site do Estadão clicando aqui.

  Postarei no blog, dicas de lugares legais para frequentar aqui no bairro, nossa querida Santa Cecília tem muita coisa boa para mostrar. 

   
  Você que gosta do blog e não quer perder nenhuma novidade, me adicione no Facebook e se mantenha sempre atualizado e tenha a chance de conhecer um pouco mais de mim. Você pode me adicionar clicando aqui

terça-feira, 28 de julho de 2015

Jesus traz o vinho novo


  É muito bom quando tudo vai bem em nossa vida, mas como ela é feita de fases, um dia o nosso suprimento pode acabar, seja ele algo emocional ou material, e então o que fazer? Normalmente em primeiro momento nós ficamos preocupados, tristes, ou até desesperados, mas Jesus nos dá uma lição na Bíblia que confortará o seu coração hoje.

  E, ao terceiro dia, fizeram-se umas bodas em Caná da Galiléia; e estava ali a mãe de Jesus.
E foi também convidado Jesus e os seus discípulos para as bodas.
E, faltando vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Não têm vinho.
Disse-lhe Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora.
Sua mãe disse aos serventes: Fazei tudo quanto ele vos disser.
E estavam ali postas seis talhas de pedra, para as purificações dos judeus, e em cada uma cabiam dois ou três almudes.
Disse-lhes Jesus: Enchei de água essas talhas. E encheram-nas até em cima.
E disse-lhes: Tirai agora, e levai ao mestre-sala. E levaram.
E, logo que o mestre-sala provou a água feita vinho (não sabendo de onde viera, se bem que o sabiam os serventes que tinham tirado a água), chamou o mestre-sala ao esposo,
E disse-lhe: Todo o homem põe primeiro o vinho bom e, quando já têm bebido bem, então o inferior; mas tu guardaste até agora o bom vinho.
Jesus principiou assim os seus sinais em Caná da Galiléia, e manifestou a sua glória; e os seus discípulos creram nele.
João 2:1-11

  A festa estava rolando e o vinho acabou, o que seria uma tragédia para todo bom anfitrião, porém em seu primeiro milagre Jesus fez o impossível, e da água transformou em vinho, Jesus trouxe provisão para aquela festa, e no final a maioria das pessoas nem souberam de onde tinha vindo aquele vinho tão gostoso.

  Muitas vezes isso acontece em nossas vidas, quando passamos por dificuldades Jesus entra com provisão e nós nem o agradecemos, nem nos preocupamos em reconhecer a causa divina do que aconteceu.

  Essa passagem também nos ensina que Jesus está sempre pronto para nos ajudar com a provisão que precisamos, basta pedir a ele, ele pode fazer o impossível e te ajudar nesse momento que precisa.

  Você pode estar desolada, não vendo saída para a sua vida, assim como eu estava, mas o vinho novo que Jesus dá é melhor do que o vinho que os homens produzem, esteja aberta para o novo, pois só assim conseguirá viver e seguir em frente e provavelmente ser mais feliz.

  Eu sei que as vezes a situação pode estar realmente ruim, mas levar a vida com um peso desnecessário ou sem conseguir dormir pensando nos problemas não é a solução, aproveite a vida, curta a festa e a oportunidade de viver que você tem, e ore a Deus, seja amiga dele pois certamente ele trará o vinho para a sua vida.

  Atenção, você que gosta do blog e não quer perder nenhuma novidade e ainda conhecer um pouco mais de mim, me adicione no Facebook e não perca nenhuma novidade sobre o blog, para me adicionar basta acessar o meu perfil clicando aqui.

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Bolo de microondas pronto em 10 minutos!

  Olá, meninas!

  Hoje venho com uma super dica que aprendi com a minha sogrinha, um bolo de chocolate feito no microondas.

  Ele é super fácil e rápido de fazer, eu fiz em casa sozinha e deu certo.

  Segue então a receita:

  Ingredientes: 

1/2 xícara de óleo

1 xícara de chá de açúcar

3 ovos

1 xícara de chá de leite

2 xícaras de chá de farinha de trigo

1 colher de chá de fermento em pó

2 xícaras de chocolate em pó

  Modo de preparo:

  Misture todos os ingredientes e bata (eu bati com o garfo mesmo).

  Despeje o conteúdo numa forma que possa ir ao microondas (eu usei a da foto que é de plástico).

  Coloque no microondas por dez minutos.


  Pronto!

  Sim, é só isso mesmo. Fácil, né? Até quem não é bom na cozinha consegue fazer.

  O bolo fica mais gostoso se você colocar uma cobertura, eu coloquei uma de chocolate, simples, como brigadeiro, só que esqueci de tirar a foto depois (está com muuuita vontade de comer, hehehe).

  Espero que tenham gostado da dica, quando eu aprender a fazer mais alguma coisa gostosa eu divido a receita com vocês no blog.

  Atenção, você que gosta do blog, e não quer perder nenhuma novidade e ainda quer conhecer um pouco mais sobre mim, me adicione em meu novo perfil do blog no Facebook clicando aqui.

quinta-feira, 23 de julho de 2015

5 dicas para mudar seu quarto gastando pouco

  Olá, meninas!

  É um sonho de todas nós ter um quarto bonito, e é ainda melhor quando podemos fazer isso gastando pouco, com soluções fáceis de fazer, baratas e ainda que podem ser usadas em qualquer espaço, já que no Brasil o modelo mais comum de casas e apartamentos são pequenos. 

Prateleira em forma de cubo:


  Boa solução para quem quer deixar o seu quarto mais arrumado e está com pouca grana, ou que assim como eu tem bastante livros mas não tem espaço para colocar uma estante. 

  É possível encontrar esse tipo de prateleira com preços bem acessíveis, por até trinta reais, e há algumas lojas que os vendem sem pintura e então você pode customiza-los como quiser. Apesar de eu preferir em cor branca. 


  Papel de parede com tecido:

  Sim, isso existe! E é mais fácil do que parece. Atire a primeira pedra quem nunca teve vontade de colocar um papel de parede na sua casa, seja no quarto ou na sala, mas levou um susto quando viu o valor dos papeis de parede e como são difíceis de colocar. Seus problemas acabaram!

  Apresento a vocês o papel de parede feito com tecido, vejam como fica bonito. Uma amiga minha transformou a sala dela com essa técnica e ficou muito legal. 

  O metro do tecido não é tão caro, e é fácil de encontrar e há estampas muito diferentes para colocar, o ideal é escolher um tecido onde pelo menos 70% dele seja de algodão, para ter mais aderência. Para colar ele na parede, basta separar duas medidas de cola liquida e uma de água, aplicar com a ajuda de um rolinho na parede, quando a cola começar a secar (passe o dedo e veja se está grudando), você começa a aplicar o tecido de cima para a baixo. 

  Para quem ainda está na dúvida de como fazer, no youtube tem centenas de vídeos que ensinam,


  Parede de quadros:

  Esqueça o antigo mural, outra ideia tão barata quanto é encher a parede de quadros, basta uma ida ao centro de sua cidade para encontrar muitos modelos de diversos tamanhos, e você escolhe quais fotos usar, pode ser suas e de seus amigos ou de seus lugares favoritos. 

  O contra é a parede ficar cheia de furos, mas segundo o meu pai há uma espécie de massinha que podemos colocar na parede para prender coisas, mas aqui no Brasil eu nunca vi esse tipo de massinha.


  Quadros de espelhos:

  Ok, eu sei que isso não é novidade, e que já está ficando passado, mas mesmo assim esses quadrinhos com espelho não deixam de ser lindos. Como ele ficou muito popular o preço dele aumentou, mas ainda é possível encontrar exemplares mais baratos e que você pode pintar da cor que quiser.

  Há pessoas que só compram a moldura, mas acho que com espelho fica mais bonito.


  Coloque uma cortina nova:

  Pode parecer obvio, mas ainda tem muitas pessoas que não gostam de ter cortinas pois a janela de seu quarto tem aquela parte que fica sob o vidro (desculpe, não sei o nome), mas colocar uma cortina nova pode mudar a cara do seu quarto, além de deixa-lo mais aconchegante. 


  E você, conhece alguma outra dica de decoração barata? Deixe nos comentários!

terça-feira, 21 de julho de 2015

Qual o sentido da vida?


  Será que ainda há esperança para nós?

  Será que a vida limita-se a pequenos momentos de felicidade em meio a tristeza e solidão? Será que fomos criados para somente sofrer e tentar sobreviver nesse mundo sujo e injusto?

  Sempre ouvi na igreja as pessoas dizendo que nós fomos criados para adorar a Deus, mas será que Deus seria tão egoísta ao ponto de nos criar para esse mundo tão terrível cheio de escuridão só para poder ser engradecido por nós.

  Qual é o propósito da vida? Para que sonhar, se não importa o que façamos sempre seremos atingidos pela tristeza. Para que sonhar se um dia iremos perder as pessoas que mais amamos e elas não poderão mais comemorar conosco? Para que?

  Esses pensamentos ocuparam os meus últimos dias, e imagino que ele esteja na mente de muitas outras pessoas.

  Uma das desvantagens em ter que ser adulta é começar a ver a maldade que há no mundo, perceber que nem todas as pessoas amam, e que você não será visto como realmente é pelos outros, por mais que você tente melhorar, por mais que você tente fazer com que as coisas sejam diferentes, ainda assim as pessoas vão julgar te conhecer mas não saberão nem metade de quem você realmente é.

  Mas então para que serve a vida? Para que estamos aqui?

  Eu não sei, minhas caras leitoras, mas ainda tenho esperança no meu coração de que no fundo tudo tenha um sentido, quando tudo terminar eu possa ver que já estava tudo planejado no destino e que o que passamos aqui não significa nada se comparado com a eternidade, e é nisso que eu me agarro e que me dá esperança.

  Também penso que a vida muitas vezes pode ser um saco, decepcionante para quem está vivendo esse choque de realidade, saindo da adolescência e tornando-se um adulto, mas também acredito que tudo é uma questão do ponto de vista.

  Pode parecer tudo uma ***** para você, mas uma ida rápida ao pronto socorro de sua cidade vai te fazer ver que na verdade você já tem tudo, mesmo achando não possuir nada além de problemas, não é fácil viver, mas temos que fazer isso da melhor maneira possível, nos agarrar a cada minuto de vida por isso é um presente de Deus para nós e fazer de tudo para sermos felizes.

  Na verdade, acredito que não fomos criados somente para adorar a Deus e cantar louvores, mas acredito que Ele nos criou para que fossemos felizes, ele tem um trabalhão para cuidar de nós, para nos criar e a tudo que conhecemos, então só consigo imaginar que Deus quer nos ver bem e felizes, nós humanos que estragamos as coisas com o nosso coração corrupto, mas todos os dias Deus nos dá uma nova oportunidade de ser feliz e amar, então não podemos desperdiçar esse presente.

  Temos que tentar sempre ver o lado bom das coisas, cuidar nosso corpo, emocional e espiritual e penso que com isso estamos dando louvores a Deus pois se Ele nos ama, é isso que Ele quer; que estejamos bem.

  Ninguém disse que seria fácil, mas temos que continuar seguindo em frente, e já que não tem jeito, não podemos controlar as coisas, temos que fazer a nossa vida da melhor maneira que conseguimos e aproveitar todos os momentos, pois eles não vão acontecer de novo.

  Como eu disse, as vezes a vida é um saco, as vezes duvidamos de que exista algum sentido para ela, mas não temos escolha se não vivê-la

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Minhas 5 séries favoritas:

  Eu adoro assistir séries no meu tempo livre, assisto a maioria pelo Netflix, por isso as séries que eu citarei aqui todas estão disponíveis lá.

1º How I meet your mother


  Ela parece com Friends, um grupo de amigos em New York e suas experiências amorosas e profissionais levadas com humor. Os episódios não são tão longos mas são suficientes para nos fazer dar risada e torcer pelos personagens.

  Ela já teve o seu fim, após nove temporadas e apesar da história tratar da busca do Ted pela sua "alma gêmea" o personagem Barney tomou bastante destaque em boa parte dos capítulos com seu jeito único (e esquisito) de ser, Marshal e Lily formam o casal mais fofo do mundo mostrando seus costumes e peculiaridades de casal, enquanto Robin parece ser uma eterna solteirona que se dedica mais a sua carreira de repórter do que a vida amorosa.

2º Friends


  Não podia deixar de citar um dos mais famosos seriados da história, em dez temporadas conhecemos as aventuras e romances desse grupo de amigos de New York.

  O interessante do seriado é ver com o passar do tempo como os personagens amadurecem e mudam, rir de situações que não são tão apelativas como algumas comédias dos dias de hoje, com certeza um seriado para toda a família.

3º The Vampires Diares


  Atualmente está sendo gravada a sétima temporada, eu gostava bastante dela no inicio, com o triangulo amoroso de Elena, Damon e Estefan, torcia e ficava emocionada com eles.

  Após anos na torcida para Elena e Damon ficarem juntos, finalmente acontece! E então começa a acontecer muitas coisas para eles não ficarem juntos, Damon achava que não seria bom para Elena, Elena luta por ele, eles ficam juntos de novo e ai....Damon morre, passam-se meses e Elena decide ser hipnotizada para esquecer dele, ele volta dos mortos e para sua decepção a amada tinha esquecido de tudo e só lembrava que ele era um "monstro", então Damon tem que lutar para reconquista-la e começa tudo de novo.

  Eu prefiro as primeiras temporadas da série, porque essa complicação toda de Damon e Elena ficarem juntos acabou enjoando, porém esse ano foi anunciado que a atriz que a interpreta, Nina Dobrev vai deixar o seriado, lançando no ar a dúvida: e agora, quem ficará com Damon?

  Alguns fãs não imaginam o seriado sem ela, porém acredito que essa situação veio para o bem, para mudar um pouco a história e deixar de ser tão previsível.

  Enquanto isso, também acontece a trama dos outros personagens, como Stefan e sua luta para superar a compulsão, Caroline e seus amores, Matt tentando ser normal, e por ai vai.

  Os rumores são que Damon e Bonnie ficarão juntos e Caroline e Stefan também, o primeiro casal seria divertido de ver, mas confesso que prefiro ver a Caroline com o malvado Klaus.

3º The Originals


  Essa série saiu de The Vampire Diares e conquistou meu coração, a trama da família Original de vampiros fez tanto sucesso que ganhou o seu próprio programa com os personagens que se tornaram tão queridos.

  Diferente de TVD, The Originals tem menos romance e mais ação, assistimos as maluquices de perseguição do Klaus e suas maldades para conseguir o que ele quer, dessa vez com uma diferença, o hibrido se tornou pai, e como já estragou a vida de muitas pessoas a vida de sua filha corre risco pois aparentemente é a única coisa que importa para Klaus e os inimigos querem tirar vantagem dessa fraqueza.

  Além disso, Klaus luta para reconquistar o poder de sua cidade querida, tem que lidar com suas paranoias e ainda, com a quebra do "outro lado", vemos novamente personagens que já tinham morrido e voltaram, como os irmãos do Klaus e o pior, a terrível bruxa original, e o pesadelo de todos os vampiros: o papai original!

  Enquanto TVD gira em torno de romances e suas complicações, The Originals está sempre em guerra, corações sendo arrancados, cabeças voando, lobisomens mordendo, o que em minha opinião torna a série tão interessante.

4º Teen Wolf


  Essa era uma série que eu não esperava muita coisa quando comecei a assistir e a achava bem bobinha no começo, comecei a assisti-la pois um dos atores da série esteve em The Originals (o Isaac).

  Ela conta a história da transformação de alguns adolescentes em lobisomens e suas consequências, com o desenrolar da história descobrimos muitas outras criaturas sobrenaturais e problemas a serem resolvidos. Essa série é um pouco mais sombria do que as outras, com bastante suspense, mas também com espaço para romance, mas o que mais me faz gostar da série são as cenas em que está tudo escuro e você sabe que vai sair alguma coisa daquela escuridão para pegar o "mocinho" e você sempre leva um susto.

  Atualmente está sendo gravada a 5º temporada, e além de assistir no Netflix também pode assisti-la na MTV.

5º Orange Is The New Black


  Uma série original da Netflix que se passa em um presídio feminino. Apesar de ouvir falar muito bem da série relutei por alguns meses em assisti-la por achar que teria uma história chata e monótona por aparentemente só se passar dentro de um presídio, mas eu estava enganada.

  A história começa com a ida de Piper para a prisão por ter levado o dinheiro do quartel internacional de drogas que a sua namorada participava há dez anos atrás, porém com o desenrolar da história a cada episódio conhecemos mais da história de outras detentas e as dificuldades do seu dia a dia.

  Essa não é uma série para toda a família, tem cenas de nudez e palavrões, mas é muito interessante de assistir e tentar entender como as detentas da história pensam, como a reclusão muda o jeito de uma pessoa, ver como elas lidam com as diferentes etnias, e até mesmo as dificuldades das mulheres em lidar com os abusos de autoridade dos guardas da prisão.

  É interessante notar a transformação de Piper desde que ficou presa, no inicio ela era uma patricinha que se achava melhor do que todas as outras, e teve épocas depressivas, e com o passar dos meses se torna uma pessoa totalmente diferente fechada naquele mundo diferente que é dentro da prisão.

  Quem ainda não conhece a série, ressalto mais uma vez, não é para a família toda e você verá cenas que irão te chocar, mas também que é muito interessante de acompanhar a transformação, caminhos de pensamentos e valores das personagens.

  Eu já assisti muitas outras séries, mas essas são as que eu mais acompanho, e você, assiste alguma outra e quer nos indicar? Deixe sua indicação nos comentários!

  Atenção queridas leitoras, para quem ainda não sabe, eu criei um perfil do blog no Facebook, onde sempre atualizo e converso com vocês, se você gosta do blog e quer se manter atualizada de todas as novidades, então me adicione no Facebook clicando aqui.

domingo, 12 de julho de 2015

Cortando as Tranças no Facebook!!

  Queridas, avisei que em breve vocês iriam saber de muitas novidades do blog, uma delas é o novo perfil do blog no Facebook.

  O Cortando as Tranças tem uma página no Facebook, porém tive muitos problemas para administra-la pois não sei por qual motivo toda hora a página ficava inativa, e as leitoras não conseguiam acessa-la.

  Decidi criar um perfil para o blog também para me aproximar das leitoras, nele além de colocar as novidades do blog, vocês também poderão me conhecer melhor e também interagir mais comigo.

  Tenho algumas leitoras no meu perfil pessoal, mas a partir de agora peço para que vocês me adicionem no perfil da Dani Fernandes.

  Muitas leitoras me pedem conselhos ou simplesmente querem me conhecer e nos correspondemos por e-mail e pelo meu perfil pessoal, mas a partir de agora se sintam a vontade também para me chamarem no perfil do blog.

  Aceito todos que me adicionarem nesse perfil, porém ressalto que se alguém fizer alguma gracinha como xingar, mandar spam, entre outras coisas será bloqueado.

  Espero que vocês gostem e aproveitem dessa novidade, será um prazer estar mais perto de vocês, agora o Cortando as Tranças estará a apenas um click perto de você.

  Essa é mais uma de muitas novidades que virão.

  Aproveito também esse post para agradecer a todos os e-mails e também aos mais de 90 mil acessos. Prometo que o blog sempre estará atualizado, e se você tiver alguma sugestão de post deixe o seu comentário ou mande uma mensagem pelo Facebook.

  Espero vocês no Face!

10 coisas que aprendi com meus vinte e poucos anos


  Enquanto escrevo esse texto tenho vinte e um anos de idade, pode não ser muito tempo de vida para as pessoas mais maduras, mas nos últimos anos, principalmente depois dos dezoito (quando terminei a escola) aprendi muitas coisas sobre a vida e até sobre mim mesma que talvez se eu soubesse antes algumas situações que vivi podiam ter sido diferentes.

  Nesse post escreverei dez coisas que aprendi nesses vinte e poucos anos de vida, são elas:

1- Ninguém vai te amar mais do que a sua família. 
  Pois é, família é uma coisa engraçada. As vezes brigamos e juramos nunca mais falar com aquele parente mas pouco tempo se passa e quando vemos estamos juntos novamente como se nada tivesse acontecido. Família de sangue não se escolhe, mas aprendi que há algum laço poderoso que une essas pessoas e que não importa o que aconteça esse laço não se quebra. Aprendi que posso ter amigos, mas ninguém vai me amar e querer mais do que a minha família.

2- Nem todos os amigos são para sempre.
  Na escola, igreja ou até mesmo internet conhecemos muitas pessoas que estiveram em momentos marcantes de nossas vidas, fazemos planos com elas de que serão madrinhas em nosso casamento, que iríamos nos juntar com nossas melhores amigas e alugar um apartamento e viver sem regras, entre outros planos malucos, porém a verdade é que a escola termina, o tempo começa a passar, cada uma passa a ter suas obrigações e uma vida diferente, o tempo para os antigos amigos diminui até que um dia você percebe que nem sabe como aquela pessoa está hoje, algumas casaram, tiveram filhos e você não foi convidado para ser madrinha, não porque aquela pessoa falhou com você, mas simplesmente por que o tempo passou e você percebeu que de repente vocês não tinham mais nada em comum para continuar com aquela amizade.

3- Nem sempre o problema é a outra pessoa.
  Infelizmente sempre teremos que passar por algum tipo de problema, parece que quando você resolve um surge outro porque deve haver alguma lei da vida que os físicos não descobriram que nos obriga a sempre ter um problema a ser resolvido. Por muito tempo achei que a causa dos meus problemas eram culpa de uma pessoa, e percebi que posso até estar com algum problema por causa de alguém mas eu é que determino como vou enfrenta-lo. Aprendi que não consigo mudar ninguém mas posso mudar a mim mesma, desde então tento trabalhar meus pensamentos e sentimentos para tratar das situações de uma maneira diferente e seguir em frente.

4- Tem que assumir novas responsabilidades.
  Passamos boa parte da infância com brincadeiras que imitam a vida de adulto, e vivíamos repetindo a frase "quando eu crescer eu vou..." e então nós crescemos e descobrimos que as coisas não são tão fáceis como pensávamos e até mesmo temos momentos que não sabemos o que queremos da nossa vida. Crescer tem seus lados positivos e negativos, e com essa nova fase temos novas responsabilidades como contas para pagar, construir uma carreira, cuidar de si mesmo, da família e lidar com os problemas do cotidiano. Tudo isso sem poder perder a cabeça e chutar o balde, porque afinal agora tudo o que você faz traz consequências.

5- Não podemos esquecer das coisas simples da vida. 
  Com tantas responsabilidades e coisas novas acontecendo conosco, as vezes acabamos envelhecendo demais, tendo somente um lado adulto e deixando a nossa essência de lado. Nossa essência é o que nos faz diferentes e especiais, é aquele jeitinho de criança que se encanta com um dia de sol, com um sorriso ou uma piada boba. Temos que crescer e assumir nossas responsabilidades, mas também não podemos deixar o nosso lado "criança" de lado, pois sem ele a vida fica dura demais e provavelmente iremos acabar com depressão ou algum outro tipo de problema.

6- Namorar é bom, mas nem tudo são flores.
  Eu só comecei a namorar com dezoito anos, e passei a minha adolescência sonhando com o mar de rosas de um namoro. É verdade, namorar é muito bom, é uma das melhores coisas que há em crescer, porém ser um casal, estar comprometido com alguém e pensando em construir uma família com aquela pessoa não é fácil, nem sempre a opinião dele será como a sua e nem a sua como a dele, e isso certamente gerará alguns atritos e você terá que aprender a lidar com essas situações e principalmente podar a si mesmo, pois estar com alguém exige entrega, um constante auto conhecimento e estar sempre disposto a melhorar seu jeito de ser, e isso não é nada fácil.

7- A pressão da mídia.
  Antes eu não sentia a pressão do corpo e da moda sobre as mulheres, mas desde que sai da escola percebi que infelizmente se você não segue o padrão imposto pelas mídias você tem dificuldades em encontrar um bom emprego e até mesmo em ter amigos, sim, isso é uma coisa muito dura para escrever aqui no blog e até mesmo triste, mas aprendi nesses anos que infelizmente as pessoas gostam de se identificar com a outra e admira-la e para muitas se você não segue as "novidades do momento" você não será tão bem visto, lembrado ou até mesmo querido. Eu nunca liguei para roupas caras e tantas vaidades, mas infelizmente para manter um bom emprego e ser bem relacionada sou obrigada a usar roupas da moda, estar maquiada e com o cabelo arrumado, mas confesso que há dias que eu conto as horas para poder chegar em casa e colocar meu pijama velho.

  E não venham de "mi mi mi" pois todos nós seguimos alguma moda, todos nós escolhemos seguir um estilo, e para você que está lendo e diz não ter um estilo, sim...você tem, mesmo que sejam vários estilos diferentes dependendo do seu humor.

  Toda essa pressão de sempre estar "apresentável" segundo o padrão da sociedade muitas vezes é um saco para mim, e percebi tristemente que chega a ser algo que exclui as pessoas, uma eterna guerra de vaidades onde separamos aquelas pessoas que se vestem de um jeito que gostamos como "aceitáveis", e aquelas que tem um estilo diferente muitas vezes nem nos relacionamos. Dúvida? Pense agora naquela garota que curte funk e é adepta do estilo "piriguete" ou aquela outra menina que é gótica.

8- As vezes o machismo é um saco.
  As vezes acho o machismo incompreensível em alguns assuntos como o fato de nem sempre você poder usar a roupa que quer porque tem medo de ser assediada na rua, se você é mulher sabe bem do que estou falando.

  Eu não consigo entender porque os homens, e para meu espanto até mesmo mulheres culpam a mulher por ela estar grávida sem ser casada, falam de uma maneira que parece que aquela mulher que será uma mãe solteira cometeu um crime, é culpada por ele e até mesmo tiram do homem a responsabilidade, as vezes até parece que aquele bebê foi feito sozinho. Eu não consigo entender como certas coisas podem ser vergonhosas só para mulheres e para os homens seja considerado um motivo de orgulho, não consigo entender porque se um homem beija dez mulheres numa noite ele está sendo um garanhão e se uma mulher faz isso ela está sendo uma vadia. Bem... com certeza esse é um assunto muito polêmico e que merece um post só para ele, prometo escrever sobre isso posteriormente, mas é algo que passei a enxergar mais na sociedade e que me incomoda muito.

9- Quando crescemos não podemos ser mimadas.
  Essa é uma de minhas maiores dificuldades, fui criada pela minha mãe e por meu padrasto, a filha mais nova de dois irmãos onde a menor diferença de idade entre nós é de dez anos, então imaginem como eu fui mimada a minha vida toda, confesso que ainda sou, porém também confesso que isso me atrapalha, pois tenho que podar a mim mesma (super mimada) para enfrentar os novos desafios e lidar com as pessoas, principalmente com o namorado, pois fui criada tendo tudo o que eu queria e agora preciso aprender a conquistar as minhas coisas e que não posso controlar todas as pessoas, as vezes isso me frusta por que percebo que a vida não é nem um pouco como eu imaginava e isso desanima em alguns momentos, porém também aprendi que não tenho escolha se não seguir em frente.

10- Sonhar é importante.
  Como eu disse no item anterior, as vezes a vida é um saco, nos decepcionamos, nos sentimos sem chão e nos perguntamos qual é a razão da nossa existência. Pois é amigas, a vida é um saco, por isso é preciso que tenhamos sonhos e metas a serem alcançados, pois são eles que nos mantém com esperança e nos fazem ter força de vontade para suportar as situações difíceis e tentar viver da melhor maneira possível. Nem sempre nossos planos vão dar certo, e se encontrar um obstáculo tão grande que impeça de torna-lo real, não tem problema, siga em frente e crie novos planos, sem isso você provavelmente ficará em depressão, pois todos nós temos que ter um motivo para viver.

  Sim, aprendi várias outras coisas mas dentre todas; essas são as que mais me marcaram até agora,e você o que aprendeu que não está nessa lista?

  Atenção queridas leitoras, para quem ainda não sabe, eu criei um perfil do blog no Facebook, onde sempre atualizo e converso com vocês, se você gosta do blog e quer se manter atualizada de todas as novidades, então me adicione no Facebook clicando aqui.

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Tire o romance da rotina!


  Uma das maiores dificuldades que o casal que namora há alguns anos é lidar com a rotina, antes eu achava que dizer que no começo do namoro tudo eram flores e depois mudava era uma frase clichê e que isso não acontecia de verdade, mas infelizmente acontece.

  No inicio da relação tudo é novidade, o casal é mais romântico, tem maior necessidade de impressionar o outro, mas com o passar do tempo com a repetição das mesmas coisas, mesmo passeios, mesmas frases, as coisas deixam de ser novidade e então o namoro fica cansativo, sem graça.

  Eu namoro há alguns anos e assim que comecei a notar que estávamos na rotina, percebi também que o amor é como uma plantinha, lindo e delicado e que precisa ser regado todos os dias, desde que percebi isso tento fazer de todos os dias como o primeiro dia de namoro, coisas pequenas podem trazer a chama do seu relacionamento de volta.

  Com o tempo achamos que não precisamos elogiar a pessoa amada, porque afinal, depois de tantos anos juntos ela já sabe que à achamos linda e por isso não precisamos falar toda vez que a vemos, certo? Errado!

  Pequenas atitudes se tornam grandes para a pessoa que ama, notar como o outro está bonito quando o encontra, um carinho, mandar uma mensagem positiva durante o dia pode mudar o seu relacionamento, são esses pequenos gestos que regam a "plantinha" de seu relacionamento e torna-o sempre agradável.

  Outro problema que mais cedo ou mais tarde o casal encontra após anos de relacionamento além da mudança de atitudes com o passar do tempo é o descuido da aparência do outro. Antes os dois passavam horas para se arrumar e encantar a pessoa amada, depois de algum tempo já não ligam mais com qual roupa vão vestir, se está com o cabelo apresentável, ou ainda alguns nem se importam em tomar banho (é grave, mas acontece), é claro que se alguém gosta de você não é só por sua aparência e sim por um conjunto de qualidades que você tem, mas ficar relaxada com a sua aparência pode até mesmo leva-lo ao fim.

  Pense que enquanto você está ai, com o cabelo parecendo uma bruxa, roupas e rosto igual de um zumbi, há pelo menos outras quatro mulheres super produzidas esperando uma chance de viver um amor, e isso pode ser com o seu amado.

  Deixar de se arrumar, cuidar de si mesma é um problema sério, porque se você não ama nem a você, como quer amar outra pessoa?

  Lute para conquistar a pessoa amada todos os dias, deixe essa preguiça de lado e arrume o cabelo, tome um banho, se depile, coloca um sorriso no rosto e mostre a pessoa amada todas as suas qualidades para que ele lembre como tem sorte em estar com você,

  Dizer que não tem roupas, não tem como pagar um cabeleireiro não é desculpas, eu sempre ando arrumada e com o cabelo bonito e não gasto muito, aliás...quando conto para as pessoas quanto eu gasto com minhas roupas ou que eu mesma cuido do meu cabelo elas sempre se surpreendem.

  Você pode encontrar roupas bonitas por preços muito pequenos, basta andar no centro de sua cidade, ou descobrir onde os comerciantes de lojas de shopping compram suas mercadorias, não é fácil, mas se procurar vai encontrar e nunca mais você vai querer comprar nada num shopping.

  A respeito do cabelo, há a progressiva de leite e maizena que é natural, e super barata, há a escova progressiva Sfera da Nazca e também a que eu uso atualmente: Escova Exxa Marroquina da Salon Line e adoro, já falei de todas essas que testei e aprovei aqui no blog e que são muito baratas, se o seu interesse não é alisar os cabelos, uma simples hidratação ou umectação já vai mudar o visual do seus cabelos.

  Ou seja, não tem desculpas para não melhorar o seu relacionamento, pequenas atitudes e cuidar de si mesma vão trazer a chama da paixão para sua relação novamente.

  Já passou por alguma situação parecida? Conte para a gente o que fez para mudar sua situação!

  Atenção queridas leitoras, para quem ainda não sabe, eu criei um perfil do blog no Facebook, onde sempre atualizo e converso com vocês, se você gosta do blog e quer se manter atualizada de todas as novidades, então me adicione no Facebook clicando aqui.

terça-feira, 7 de julho de 2015

Testemunho: A história da joaninha torna-se realidade


  Havia uma menina que adorava joaninhas, ela passava o dia tentando encontra-las e captura-las, mas nunca conseguia. Um dia após passar horas correndo no jardim tentando pegar alguma das joaninhas que ali passavam, a menina adormeceu na grama e quando acordou havia muitas joaninhas em cima dela.

  Ouvi essa pequena história no filme "Sob o sol da Toscana" e ela mexeu muito comigo, nos faz pensar que as vezes tudo o que precisamos para ter o que queremos é relaxar e esperar o momento certo, enquanto a menina perseguia as joaninhas ela não conseguia pegar nenhuma, quando ela dormiu estava coberta delas, isso se encaixa em muitas situações de nossa vida, seja em relações amorosas, aquele emprego ou outro sonho.

  Aqui deixo o meu testemunho, quando vi o filme e conheci essa história ela mexeu muito comigo, e pedi para Deus em oração que ele me enviasse uma joaninha como sinal de uma situação da minha vida que eu estou vivendo, cinco dias depois eu estava sentada na rua chorando, e quem eu vejo voando em minha direção e pousa na minha mão? Uma joaninha! Isso nunca tinha acontecido comigo, algumas pessoas que estão lendo vão achar que é apenas uma coincidência mas quem já teve a oportunidade de passar por uma situação parecida sabe como esses "pequenos milagres" mexem com a gente.

  Quis compartilhar essa história com vocês, pois agora sempre quando meu coração se aperta eu penso na joaninha que veio até a mim e me lembro que tudo acontece na hora certa e que temos que levar a vida com mais leveza, descansar na grama como a menina da história, não deixar de ter responsabilidades, mas não absorver tantas coisas ruins e nem ficar pensando no que te magoou, mas pensar e lembrar só de coisas boas, para que assim a vida fique mais leve e mais suportável.

  Até!

  Atenção queridas leitoras, para quem ainda não sabe, eu criei um perfil do blog no Facebook, onde sempre atualizo e converso com vocês, se você gosta do blog e quer se manter atualizada de todas as novidades, então me adicione no Facebook clicando aqui.

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Dica de Filme: O Exterminador do Futuro - Gêneses


  Ele voltou!

  Quando vi o trailer no cinema fiquei ansiosa para conferir o novo filme, tive a oportunidade de assisti-lo nesse sábado e valeu a pena!

  No filme, há um cenário pós apocalítico onde a Terra foi destruída por robôs. O inicio disso começou com o lançamento de um novo sistema que ia integrar tudo que era ligado a tecnologia à um único sistema chamado Gêneses.

  A história se passa em vários tempos, no futuro, no passado e ainda em um futuro alternativo onde mostra como as coisas poderiam ser caso fosse impedido o lançamento do Gêneses, que provocou a destruição da Terra.

  Um dos personagens mais bonzinhos, daqueles que você torce por ele, é na verdade um traidor, o filme tem bastante ação e um enredo que te prende a atenção, porém confesso que o que mais gostei do filme foi ver o "Papi" com seu jeito malvado e engraçado ao mesmo tempo.

  Infelizmente eu não posso falar mais sobre o filme sem contar a história toda e estragar a ida ao cinema de quem pretende assistir, mas eu gostei de ter assistido e acho que vale a pena ir ao cinema e conferir.

  Assista abaixo o trailer do filme:


  Atenção queridas leitoras, para quem ainda não sabe, eu criei um perfil do blog no Facebook, onde sempre atualizo e converso com vocês, se você gosta do blog e quer se manter atualizada de todas as novidades, então me adicione no Facebook clicando aqui.