segunda-feira, 26 de maio de 2014

Dica de presente do dia dos namorados 2014



  Sim, o dia dos namorados está chegando!

  Algo me diz que essa história de colocarem a abertura da Copa na mesma data vai gerar algumas brigas...mas enfim, pelo menos esse dia 12 será feriado então não terá desculpa para não dedicarem um tempinho do dia a dois.

  Já nos presenteamos tantas vezes no ano, com roupas, e o que mais for que nessa data podemos fazer alguma coisa diferente, certo?

  No ano passado publiquei aqui no blog algumas dicas SUPER econômicas de presentes para esse dia, que você pode conferir clicando aqui.

  Nesse ano, trago aqui um presente que é tradicional, mas que você pode altera-lo de acordo com o gosto do boy. A velha e infalível cesta de café da manhã.

  Bem, na verdade, a que trago aqui não é bem uma cesta de café da manhã, pois eu particularmente gosto de fazer as coisas do meu jeito, para ficar único, e também porque meu namorado não ia gostar tanto das mesmas coisas que vem em uma cesta tradicional.

  Você mesma pode montar uma cesta com itens que ele gosta. Dependendo do que você escolher não ficará caro.

  Para começar, escolha uma cesta, é claro. Os modelos que acho mais legal para esse tipo de coisa são:

  Você enfeita como quiser, são infinitos tipos de papeis para forrar a cesta, se optar por uma no estilo do segundo modelo de cesta precisará de mais enfeites além do papel para forrar, como fita para colocar na "alça", e algum laço que pode comprar já pronto. 

  Mas o que colocar dentro dela? 

  Claro que comida não pode faltar!! 

  Coloque chocolates que ele goste (algum mais refinado, né? Não vai colocar uns lápis de chocolate ou Choquito...), se ele não beber, pode colocar algumas latinhas de Coca, ou de algum suco importado que ele goste, e o que mais vier a mente, tenho certeza que quando você entrar numa doçaria vai encontrar muita coisa legal, além de que se você estiver disposta a desembolsar um pouco mais, pode ir em alguma loja própria e encomendar um docinho especial. 

  Além disso, coloque algo que você supõe que ele irá gostar, como uma foto de vocês dois, jogo de vídeo game, um cd, um livro, você o conhece, e sabe do que ele irá gostar. 

  E...pronto! Se você escolher a primeira opção de cesta, ela já estará pronta, se você escolheu a segunda, acho que ela fica muito mais bonita fechada com um saco estampado e transparente. 

  Se achar que dá muito trabalho, na loja da Cacau Show tem umas muito lindas e que não custam muito. 







Oração de alguém cansado.


  Eu só queria poder acordar em uma manhã de sol e saber que todos os meu problemas estivessem resolvidos, queria poder viver sem dor, preocupação ou medo, queria poder viver sem medo de arriscar, sem medo de como será o amanhã.

  A cada dia que passa e vamos amadurecimento e tendo mais responsabilidade parece que fica mais difícil de continuar seguindo em frente, as vezes sinto-me como se estivesse nadando no mar e a correnteza me puxando para baixo, enquanto isso bato as pernas com toda a minha força para me manter na superfície, mas sinto que não sei mais por quanto tempo posso aguentar até alguém me socorrer, porém deixando os sentimentos de fora eu bem sei que não existe essa de "quanto tempo vou aguentar e não me afogar", mas sim que eu não tenho outra opção à não ser forte, a não ser continuar lutando contra a correnteza, sei que ela pode acabar comigo, mas simplesmente não consigo e nem posso me render, contudo, isso não deixa de me machucar e provocar medo, mas o que posso fazer?

  Gostaria de ser uma das princesas das histórias da Disney, ser linda para sempre, tem um príncipe lindo, rico e protetor e morar num castelo sem precisar me preocupar se terei algo para comer no dia seguinte.

  Mas estou crescendo, e com pouco tempo nessa nova fase já sei que as coisas não funcionam assim, é lutar, e lutar. Como minha mãe sempre me ensinou "matar um leão a cada dia".

  Então será que a vida é só isso?

  Bem se é só isso eu não sei, mas acredito que temos que amar e valorizar cada momento, pois eles são únicos, pode parecer clichê, mas é verdade. Não sabemos quando a nossa vida pode virar de cabeça para baixo, então temos que amar cada momento, registra-los na memória, nos entregar ao amor sem ter medo de nos ferir, porque no fim, quando tudo isso acabar, só restará o amor.

  As vezes me sinto como um soldado ferido em meio a guerra, tendo uma verdadeira batalha a minha volta, sei que o Médico dos médicos está aqui para me socorrer e me salvar, e que não só isso, esse Médico, também é meu Pai, Protetor, Consolo, Abrigo e o que mais eu precisar que ele seja, e sou muito feliz por isso, pois nós somos tão falhos, tão....quebradiços e Ele mesmo assim não nos deixa de amar e nem cuidar de nós. O amor DELE nunca muda e nunca mudará.

  Como o amor de Deus é maravilhoso e com suas misericórdias, sabe por que eu apesar de estar cansada de lutar contra a correnteza que tenta me afogar, eu sei que ela não vai me vencer? Por que sei que Deus vai continuar me dando forças e que não importa o que aconteça ele estará ao meu lado, me protegendo e suprindo minhas necessidades.

  Não deixe para ter um relacionamento com Deus apenas quando tudo em sua vida está desabando, ele não esquece de você jamais, e é companhia constante. Não desperdice a sua vida!

  Nossa vida é difícil, mas quando estamos em comunhão com Deus fica mais fácil de suportar.

  Ore a Deus, leia e escute a Palavra dele, essa é fonte de vida. Conheça mais a Palavra de Deus, isto é conhecer mais a Bíblia do que a "visão" da sua igreja, Deus é muito mais do que culto de domingo, usar saia ou ir à shows gospel, Deus é amor, e isso é algo tão complexo e simples ao mesmo tempo que você só pode entender isso orando e conhecendo a Bíblia, e não irá se arrepender.

  Comecei a escrever esse post, sentindo o coração apertado, sem saber o motivo, e aqui estou falando do amor de Deus e me sentindo renovada, espero que você também esteja se sentindo assim.

  E para terminar, deixo aqui uma oração, a todos nós, pare um momento e ore a Deus agora.

  Pai, nós te agradecemos por tudo que tem feito por nós, por nos proteger e amar, mesmo sendo tão imperfeitos. Ajude-nos a amar mais e a não colocar nada como mais importante do que estar com você e a organizar nossas tarefas conforme a sua vontade. Nos dê força para continuar em frente, e escolher pelo o bem mesmo quando as pessoas nos fazem mal, renove nossas forças e nos ensine a olhar nossa vida com os SEUS olhos, nos mostre a sua vontade, por favor.  Nós te amamos. 

  Amém. 

domingo, 25 de maio de 2014

Filme Godzilla

  Semana passada eu e meu namorado fomos assistir o novo filme do Godzilla, eu achei que era um daqueles filmes que tinha o gorila gigante que se apaixona por uma moça (que coisa esquisita, não?), mas só descobri durante o filme que o tal Godzilla era uma espécie de dinossauro, ou algo assim.

  Enfim, o filme é legal, a história já é conhecida por ter várias versões dessa história, você vai assistir o filme sabendo que ia acontecer algum caos e no final o mostrengo ia salvar todo mundo, e é exatamente isso que acontece, não me critiquem por escrever aqui que no final o Godzilla salva o mundo todo, porque todos já sabiam disso...

  No filme duas criaturas horrendas despertam, uma fêmea e um macho, que não sei dizer o que eles são, mas eles se parecem um pouco com uma barata ou um E.T. e eles cruzam vários países para se encontrar e procriar, e claro que no caminho eles matam um monte de gente e destroem tudo por onde passam, e ai quando todos achavam que a Terra não tinha mais salvação, surge o Godzilla e este começa a caçar aquelas duas criaturas a fim de colocar o novamente o planeta em equilíbrio.

  Aliás, eu particularmente achei muito bonito essa história de ele ser o equilíbrio da natureza, e outra parte que me fez gostar mais do filme é aquela expectativa em saber se o ator principal do filme ia conseguir encontrar com sua esposa e seu filho.

  Porém o filme, em minha opinião tem um ponto negativo, em uma parte o Godzilla briga com os outros mostrengos, a cidade está coberta por uma nuvem preta, causada da destruição que essa briga provocou e os "bichos" também são pretos/cinza fazendo com que chega um momento do filme que você fica olhando para a tela e não entende direito o que está acontecendo a não ser uma confusão de formas cinzentas e urros, nessa parte peguei meu namorado dormindo pela terceira vez durante o filme (é mole?) .

  Confira a baixo o treiler do filme.



Sim


  E quem diria que um dia estaríamos aqui, dois anos depois do "sim", abraçados em casa assistindo um filme qualquer na televisão? Eu particularmente, apesar de ter dito sim naquela época e saber que estava apaixonada por você, não tinha certeza, e nem imaginava algo sobre o nosso futuro, disse sim não pensando no amanhã, mas apenas em como queria estar com você naquele momento.

  Os dias, meses e agora anos estão se passando e confesso que fico impressionada em como o nosso relacionamento continua firme e ainda melhor a cada dia. Sempre li nos livros lindas histórias de amor, mas na vida real sempre me deparei com pessoas que tinham longos relacionamentos e estavam infelizes ou tinham caído na rotina, por isso mesmo sempre sonhando em viver um romance digno de um livro acabei me conformando e rotulando aquele tipo de relacionamento com o da vida real e que todos eram assim. Com o passar dos meses fiquei esperando a "crise" chegar, mas até agora ela não veio e não posso vê-la no horizonte.

  Talvez isso seja culpa do nosso amor, a paixão continua lá, mas aprendi que o amor é muito mais importante, ele é que nos mantem tranquilos, em paz, nos faz pedir perdão quando erramos e ter vontade de fazer diferente para que as coisas corram melhores. O amor nos faz olhar para a pessoa e vê-la linda, mesmo quando ela acabou de acordar e está com aquele pijama velho e desgastado, o amor é tranquilo, não tem aqueles absurdos que a paixão pode fazer, mas nos mantêm ao mesmo tempo com os pés no chão e felizes.

  Com você até os dias ruins são bons, pois tenho o consolo, o afago e o carinho que minimizam a dor, os dias de sol são mais coloridos, e o inverno fica mais quente e bonito quando se tem alguém para estar por inteiro ao seu lado.

  Com o tempo pegamos as manias do outro, me pego frequentemente falando "uai" e você (quem diria) até gosta de fazer compras.

  Quando passamos um tempo separados e nos encontramos é como quando um passarinho encontra o ninho, como se encontrasse a parte de mim que estava faltando, o amor nos faz cantar, nos faz transformar tudo em romance e poesia.

  Obrigada por não ter desistido de mim, mesmo com toda a minha teimosia e o medo que eu tinha de me machucar, você cuida do meu coração direitinho, assim como um dia eu orei a Deus.

  Com amor, para sempre sua, Dani.

sábado, 24 de maio de 2014

Livro Álbum de Casamento da Nora Roberts


  Confesso que nunca tinha lido nenhum dos livros da Nora Roberts, mas quando vi esse livro na Saraiva ele me chamou a atenção pela sua capa e pelo seu título, li a resenha dele e logo vi que ia adorar a história. 

  Veja abaixo a resenha escrita no próprio livro: 

"Quando crianças, as amigas Parker, Emma, Laurel e Mac adoravam fazer casamentos de mentirinha no jardim. E elas pensavam em todos os detalhes. Depois de anos dessa brincadeira, não é de surpreender que tenham fundado a Votos, uma empresa de organização de casamentos bem-sucedida. Mas, apesar de planejar e tornar real o dia perfeito para tantos casais, nenhuma delas teve no amor a mesma sorte que tem nos negócios. Até agora. Com várias capas de revistas de noivas no currículo, a fotógrafa Mac é especialista em captar os momentos de pura felicidade, mesmo que nunca os tenha experimentado em sua vida. Por causa da separação dos pais e de seu difícil relacionamento com eles, Mac não leva muita fé no amor. Por isso não entende o frio na barriga que sente ao reencontrar Carter Maguire, um colega de escola com o qual nunca falara direito. Carter definitivamente não é o seu tipo. Professor de inglês apaixonado pelo que faz, ele cita Shakespeare e usa paletó de tweed. Por causa de uma antiga quedinha por Mac, fica atrapalhado na frente dela, sem saber bem como agir e o que falar. E mesmo assim ela não consegue resistir ao seu charme. Agora Carter está disposto a ganhar o coração de Mac e convencê-la de que ela é capaz de criar suas próprias lembranças felizes. "

  Bem, o livro conta essa história que vocês acabaram de ler, porém não posso deixar de expressar aqui a minha opinião, eu simplesmente ADOREI o livro, muito bem humorado, fácil de ler, e é uma história que parece ser bem real, uma leitura que toda mulher gosta. Li o livro em apenas quatro dias e já comprei a segunda edição da série, o livro Mar de Rosas. 

  Essa Série, Quarteto de Noivas em cada livro conta a história de Uma das sócias da Votos, a empresa que organiza casamentos. 

  Eu gostaria muito que adaptassem essa história para o cinema, esse livro tem tudo para ser um best seller, a história deles é realmente aquelas que "vendem". 
  
  Em breve posto aqui a resenha do segundo livro da série e minha opinião.

 Vale lembrar também que o livro está bem barato se comparado à outros que estão na moda, em média está 23,90.

  Enjoy.

terça-feira, 20 de maio de 2014

O Espetacular Homem Aranha 2



  Há pouco tempo foi ao cinema o segundo filme do O Espetacular Homem Aranha, assim como no primeiro eu também fui assisti-lo no cinema. Essa é minha versão favorita (e a única que eu gostei) do Homem Aranha.

  Assisti o filme no cinema Maraba, um clássico no centro de São Paulo. As salas são da Play Arte e ao contrário das salas do shopping West Plaza (que são um horror na minha opinião), as salas do cinema Maraba são maravilhosas, gosto mais delas do que o cinema do shopping Bourbon e Tatuapé, além do valor ser beeeeeeeem, beeeeem menor. E se você for estudante e quiser ir assistir um filme em 3D numa quarta feita, terá que pagar 5 reais (mais barato do que pirata kkkk, é em qualidade e de acordo com a lei).

  O filme tem muita ação, muitos efeitos, e não deixa a desejar em nada. Gram e o Peter Parker enfrentam uma crise em seu relacionamento, pois Peter não consegue esquecer a promessa que fizera ao pai de Gram antes dele morrer, a de que se afastaria
da namorada. Isso acaba atrapalhando o relacionamento dos dois e eles se afastam, porém com o surgimento de um novo vilã dotado de MUITA eletrecidade e que se alimenta da mesma surge para se vingar, o casal acaba se aproximando.

  Eletro, o vilão, era apenas um funcionário da maior empresa de energia de NY, se esforçava muito, mas ninguém o via, ele era muito fã do Homem Aranha e até o conhecerá, porém como todo bom vilão ele sofre um acidente e adquire poderes, no começo ele não sabe como usa-los e por isso causa uma confusão gigantesca na cidade, o Homem Aranha aparece para ajuda-lo, porém as pessoas só gritam e torcem pelo Aranha, ele enciumado começa a planejar sua vingança. Talvez o Eletro não seja mau, ele só vê as coisas diferente.

  Como se não bastasse um vilão, o amigo de Peter começa a virar uma espécie de lagarto e também "agita" a cidade.

  Sobre o final, em minha opinião eu, que sou uma romântica incorrigível achei decepcionante, o filme acaba e você fica com aquele sentimento de "não pode ser, eu não acredito, não....sério mesmo?". É claro que não posso contar aqui o final...mas sai do filme decepcionada, mas tirando isso o restante do filme foi ótimo.


Vai ter Copa sim!


  Desde o ano passado o Brasil está vivendo um momento bem diferente do que nos últimos anos, temos acompanhado muitos protestos, no começo, ou pode-se dizer o primeiro que fora contra o aumento da passagem de ônibus tinham um foco (até cheguei a participar com a minha mãe), mas depois começaram a protestar por todos os motivos, era um amontado de pessoas e cada um com um objetivo, sem contar os que iam só para bagunçar e roubar. Como eu trabalho em um local de São Paulo que posso chamar de "ponto de protesto" acompanhei pela janela ou indo embora da empresa quase todos eles, e vi essas manifestações se tornarem baderna/micareta, isso porque um monte de gente vendia/comprava bebidas e cada cartaz dizia sobre um assunto diferente e depois ficava uma turma que pichava e quebrava os comércios locais.

  Passado esses protestos, agora a pouco tempo da Copa está tendo vários protestos, cada dia tem um, e em alguns dias tem vários, um em cada canto da cidade.

  Claro, temos que clamar por nossos direitos sim, mas uma manifestação tem me chamado atenção, a que eles dizem que não terá Copa. Ok, pessoal. Eu concordo que teve muita "robalheira" para fazer as obras, gastos desnecessários sendo que estamos muito carentes em todos os setores do país (saúde, educação,etc), mas parece que todos esqueceram que anos atrás quando anunciaram que a Copa seria aqui a maioria ficou feliz e orgulhosa pois o Brasil era o país da Copa e do pré-sal e blablabla, ninguém fez protesto nem campanha na internet, agora a poucos dias do evento o pessoal está dizendo que vai parar tudo, que não vai ter Copa e etc não adianta!!

  Antes que venham me criticar e me chamar de petista e de filha de uma mãe vã explico o meu ponto de vista, pois todos nós temos o direito de nos expressar.

  Para quem já viajou para fora e tem muitos amigos estrangeiros sabe que o nosso país não é tão bem visto lá fora e nem conhecido, quem não pensa só no Rio de Janeiro acha que no Brasil só tem indio, gente desonesta ou prostituta, é muito triste saber disso, não estou dizendo que todos os gringos pensam assim, mas uma grande maioria não sabe nada do nosso país.

  Já foi desviado muito dinheiro há anos para construir estádios e etc e agora não adianta mais ficarmos ameaçando, temos que mostrar o que nós temos de melhor, nossa hospitalidade, o mundo todo vai estar com olhos voltados para o Brasil, é nossa oportunidade de nos mostrar com aspectos positivos.

  Em minha opinião tudo bem fazer protestos durante a Copa, já fazem isso todos os dias não é? Mas em especial sobre essa história de #nãovaitercopa eu não concordo, acho que tentar estragar agora esse evento é um tremenda burrada, além de já ter sido desviado milhares de reais não fazer valer a pena ainda o que foi mudado para a realização desse evento será como jogar dinheiro fora. E todos sabem daquele ditado que diz que só louco gasta dinheiro.

  Enfim, essa é a minha opinião sobre o assunto. E a sua?

sábado, 17 de maio de 2014

Meus 20 anos



  Pois é, dia 11 de maio completei 20 anos de idade! Quem diria que aquela menininha chata e gorducha ia se tornar uma jovem tão bonita e que teria um blog com tantos acessos? Eu nunca imaginei.

  Para você que é novo leitor do blog, essa moça da foto sou eu, Danielle. Sempre fui uma menina quieta, apesar de gostar muito de pessoas nunca fui de ter muitos amigos, muito apegada com a família, nunca fui muito fã de televisão, mas sou apaixonada por livros e me divirto lendo o final de semana todo. Apesar de trabalhar com financiamentos e estudar psicologia, ainda tenho o sonho de escrever um (ou vários) livros, e que ele faça sucesso, o que posso fazer? Cada um tem seu sonho não é?

  Estar acompanhando o sucesso do blog tem me dado esperança de um dia conseguir realizar meu sonho como escritora, sei que ainda tenho muito a aprender, e que ainda o blog não me levou a revistas ou algo do tipo como aconteceu com minha querida Bruna Vieira, mas poxa...60 mil acessos são muita coisa não é mesmo?

  Começo esse novo ciclo de vida, mais madura e com esperança. Certas dificuldades da vida as vezes nos desmotivam, e nos fazem pensar que nada do que sonhamos vai dar certo, porém tenho aprendido que com foco, determinação, amor e muuuito trabalho podemos chegar onde quisermos. Estou feliz por ter começado essa fase mais confiante e me amando mais.

  Comecei esse ano cheia de novas conquistas, uma promoção no trabalho, bolsa de estudos em psicologia e finalmente, pela primeira vez cheguei ao peso ideal! Hahahaha, isso pode parecer pouca coisa para algumas de vocês, mas consegui chegar onde eu queria, com saúde e estou me sentindo muito mais confiante e bonita. Não sou a favor daquela magreza exagerada e que não é natural, mas acho que todas nós merecemos nos sentir bem com nossa aparência.

  Sei que virão novas possibilidades e que poderá haver a ausência das mesmas, sei que ainda vou passar muito nervoso na faculdade com medo de tirar nota vermelha e que com certeza algumas pessoas vão me chatear, mas também sei que nesse ciclo que se inicia algo mudou, quer dizer, eu mudei, e irei encarar as situações com uma visão mais ampla, esperançosa e com os pés no chão.

  Conheci novos amores nessa fase da vida, como o da minha orelhuda e peluda Lili, uma coelha adorável, carinhosa e de personalidade forte que veio para alegrar os meus dias eu que no mês de maio comemora o seu primeiro aniversário, ainda estou com meu namorado lindo e especial, descobrindo o amor e amadurecendo com ele.

  Agradeço a todos vocês que tem me acompanhado, me mandado suas opiniões e também pedido para eu não parar de escrever, obrigado por todo o apoio. Espero conseguir levar para vocês pelo menos alguns minutos de alegria e as preciosas meninas que estão sem esperança possam ler um dos textos aqui no blog e encontrar o apoio que estavam precisando.

  Desejo a todos vocês esperança, amor e força para realizar seus sonhos, não é nem um pouco fácil viver  num mundo onde nem tudo é bonitinho e engraçado como nos filmes de comédia romântica, mas busquemos dentro de nós a força para continuar em frente e realizar nossos planos e sonhos.

  Abaixo ouçam a música que adotei como trilha sonora aos meus 20.




Vamos falar sobre sexo


  Esse assunto não é polêmico em meio aos amigos, mas joga-lo assim aqui no blog causará impacto em algumas leitores e com toda certeza os "patrulhas" irão aparecer para criticar o post. Porém não posso ser hipócrita e não falar nesse assunto que é tão pensado pelo jovens.

  Segundo o livro Desenvolvimento Humano de Diane Papalia e Ruth Feldman. 42,5% de jovens entre 15 e 19 anos que nunca casaram já tiveram relações sexuais e 77% dos jovens nos Estados Unidos já tiveram relações sexuais aos 20 anos. Em médias as meninas tem a primeira relação aos 17 e os meninos aos 16 anos. Em 2007, 48% de meninos do último ano do ensino médio e 57% das meninas daquela faixa etária disseram ser sexualmente ativos.

  Isso é muita coisa não é? Com certeza devem ter algumas mães lendo esse post e dizendo a si mesma que seu "bebezinho" não se encontra nessa porcentagem, olha querida mãe, pode ser que não...mas a grande maioria está.

  Mas porque algo que até pouco tempo deveria acontecer somente após o casamento se tornou algo comum?

  Ainda de acordo com o livro Desenvolvimento Humano o que pode ter influência para os adolescentes iniciarem sua vida sexual tão precocemente são a entrada precoce na puberdade, o mau desempenho escolar, a falta de objetivos acadêmicos e de carreira, um histórico de violência sexual, negligência dos pais e padrões culturais e familiares de experiência sexual precoce. Ainda também de acordo com o livro, estudos demonstram que a ausência paterna, principalmente no inicio da vida é um fator forte.

  Pais que tem bom relacionamento com os filhos, conhecem seus amigos e conversam sobre sexo com eles são fatores que atrasam o inicio da vida sexual dos jovens.

  Para os "patrulhas" de plantão que devem estar querendo me apedrejar por estar falando sobre isso no blog digo diretamente a vocês: não sejam hipócritas, o que falo aqui nesse texto não é baseado em "achismo" mas sim em estudos realizados a longo de anos, então antes de criticar se embase também em dados.

  Nada melhor do que ajudar os jovens nessa fase tão confusa da vida, que além desse conflito de identidade e novos sentimentos ainda há uma explosão de hormônios, fazendo com que o adolescente fique em guerra consigo mesmo, acredito que amarrar, ameaçar e assusta-los não vai adiantar nada, mas sim passar informações.

  Aquela velha história de que vocês (jovens) já estão cansados de ouvir, use camisinha para se prevenir de gravidez e doenças, tome um anticoncepcional e blablá. Essas coisas já se tornaram clichê, mas são verdade! Não posso dizer o que você deva fazer ou não, isso é a sua vida, é uma escolha sua, mas se optar por fazer então se previna.

  Está certo que a maioria das mulheres que se tornam mães novas agradecem a Deus, postam fotos muito lindas, como se tudo fosse um mar de flores, mas pense só como sua vida se tornará muito mais difícil caso isso aconteça no momento errado? E a faculdade? Será que o boy vai aguentar a responsabilidade e te ver inchada e "pesadona"? Será que você vai aguentar o boy e sua falta de responsabilidade e ele não se comportar como um daqueles personagens de filme romântico? E o bebê? Você está pronto para cuidar de um bebê frágil e molengo que chora e defeca o tempo todo enquanto você poderia estar no salão de beleza se arrumando para sair com as amigas para uma noite que seria perfeita?

  A gravidez pode ser tudo de bom, no momento certo, fora dele tem grandes chances de acabar com seus planos e mudar sua vida.

  E as doenças? Eu, Danielle odeio ficar perto de gente doente, mesmo que seja só uma gripe, morro de medo de ficar doente também, imagina pegar uma doença que a sua vagina fica parecendo uma pedra ou cheia de pus? Imagine então ter Aids! Tudo bem que hoje já tem muitos remédios e as pessoas infectadas vivem como pessoas comuns, mas gente, quem no mundo gostaria de ter Aids?

  As escolas já tem feito sua parte dando aulas de orientação e nos postos de saúdes sempre tem reuniões do tipo, mas o que tem que mudar é o nosso pensamento sobre essa questão, dentro de casa e na igreja! Não podemos amarrar os jovens ou querer amedronta-los dizendo que se fizerem demônios vão possui-los ou seja lá o que for, isso pode até acontecer, não critico a fé de ninguém mas só isso não é o suficiente. Sabe o que acontece quando vocês só amedrontam os jovens sobre isso? Os que querem fazer, fazem escondidos e pronto, e infelizmente a maioria não pode contar com alguém para aconselha-lo a respeito por medo de rejeição ou vergonha, e ai as pessoas só ficam sabendo do que estava acontecendo quando a menina aparece com uma barriga saliente.

  Todos conhecem alguém que por medo de contar aos pais ou pedir conselhos a alguém que conhece engravidou, eu conheço várias pessoas. Se você ama de verdade os jovens, seu filho, seu sobrinho ou irmão, vai ter paciência, sensibilidade e amor para conversar com ele sobre sexo invés de tornar esse um tabu, um assunto proibido.

  Precisamos de mais amor e tolerância, e menos hipocrisia, todo mundo um dia já pensou em sexo, como diz a minha mãe "é algo natural da vida, faz parte, não precisa se envergonhar, mas tem que saber de umas coisas...", e foi com essas palavras que ela começou a conversar comigo sobre o assunto, e apesar de ter me sentido muito envergonhada no inicio dessa conversa isso estreitou o relacionamento com a minha mãe em ver que ela não estava me criticando ou querendo me assustar, mas me orientando porque ela me ama. Talvez se essa conversa não tivesse acontecido eu poderia estar no índice de jovens mães.

  Você jovem, que está lendo esse texto e infelizmente não tem pais tão legais quanto os meus que falam sobre esse assunto sem tabus, não posso dizer que seus pais vão mudar, mas você pode mudar a situação de um outro alguém que esteja passando por essa fase, assim como estou tendo fazer com esse post. Faça diferente!

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Resenha do livro Um gato de rua chamado Bob

  Depois de muito ir a livraria e ficar tentada em comprar esse livro mas achar que ele não passa de mais uma modinha e que não fosse tão bom assim, resolvi me render e comprei.

  O livro Um gato de rua chamado Bob sempre está na prateleira dos mais vendidos em todas as livrarias, eu o li em 5 dias sem nenhum esforço.

  A história conta a vida de James Bowen depois que Bob o encontrou no corredor de seu apartamento. James estava em um programa de reabilitação para viciados em heroína, para se sustentar fazia shows de rua com sua guitarra nas ruas de Londres, em uma noite encontrou um gato laranja que estava no corredor de seu apartamento, no começo achou que era de alguém mas passaram se dias e ninguém vinha tirar o gato de lá.

  James virá que o laranjinha estava machucado e começou a cuidar de seus ferimentos, o relacionamento dos dois foi crescendo, e após o laranjinha já ter se recuperado, Bob se recusava a deixar James. Ele então percebeu que Bob era o seu bebê e viu como ele se tornará importante para a sua recuperação e como o sentimento de responsabilidade por outro alguém a não ser ele mesmo estava mudando seu interior.

  Nesse livro você irá acompanhar a história deles, as dificuldades do dia a dia e pequenas, grandes vitórias conquistadas. Sem dúvida nenhuma trata de uma verdadeira amizade. Após algumas páginas você ficará apaixonado por Bob, que com certeza não é um gato comum.

  Veja algumas fotos deles.




  Não faz muito tempo que chegou por aqui a continuação do livro, O mundo pelos olhos de Bob. Ainda não o li, mas ele está na minha lista de próximos livros a serem comprados.

  É possível acompanhar a vida de Bob na página Street Cat Bob no Facebook pelo link https://www.facebook.com/StreetCatBob

  Ou pelo Twitter no link https://twitter.com/StreetCatBob

  Um gato de rua chamado Bob não conta uma história muito complicada, cheia de detalhes, é algo simples e fácil de ler, apesar de não ser um livro pequeno, o único ponto fraco, mas que também pode ser um ponto forte em minha opinião é que o livro acabou sem que eu percebesse, não teve um final muito impactante, mas talvez isso tenha sido proposital para que fiquemos com vontade de ler o próximo, ou talvez apenas seja o estilo da leitura, a simples mas fascinante vida de James e Bob. De qualquer maneira, recomendo a leitura dele.