quinta-feira, 27 de junho de 2013

Mudanças físicas

  Estranho perceber como o tempo passou rápido quando olho para trás e vejo pessoas que conviviam comigo e agora estão tão diferentes, não no sentido ruim mas o espanto que sinto ao perceber o quanto eles mudaram.

   Ver a menininha da turma se torna um mulherão, o menino desajeitado e quase nunca notado se tornar um cara legal.

  Parece que nos acostumamos com nossas feições vistas tantas vezes no dia a dia que nem notamos as mudanças e quando encontramos com alguém do nosso tempo de escola nos assustamos ao perceber como aquela pessoa está com cara de adulta, como ela parece mais madura.

  Estranho é perceber isso tão facilmente nos outros, mas se olhar no espelho por vários minutos e continuar com a mesma dúvida martelando em sua mente: "Eu também mudei muito? Acho que não...será?".

  Quanto ao lado físico confesso que a única diferença que consigo encontrar é a perda do tal "ar de menininha" que muitos diziam que eu tinha, talvez essa mudança drástica não seja obrigatória em todos, talvez alguns concentram-se mais nas mudanças que não podem ser vistas com os olhos humanos e que são causadas pelos novos desafios que a vida apresenta.

  Talvez seja porque eu nunca fui o tipo de garota que procura ser mais velha, ou que usa roupas provocantes, talvez seja por isso que pareça que o tempo não tenha me feito muitas mudanças físicas.

  Apesar dessas considerações, fico feliz por notar tantas mudanças, pois afinal sempre pensei comigo que o bacana da vida é ser diferente, ser feliz da maneira que você é, seja seguindo a moda das passarelas, das ruas ou o seu próprio estilo com seu cabelo azul. O que é que tem?

  Bonito é ser quem você é, usar o que você quer, quem quer ser igual ao outro por mais "descolado" que pareça ser, será apenas mais um, mas você será sempre única e especial.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Não posso me calar


   Nem sempre as coisas saem como queremos, nem sempre as pessoas falam o que queremos ouvir, ou posso afirmar que na maioria das vezes as pessoas falam e fazem coisas que não desejamos.

  Mas o que fazer quando por escolhas dos outros você é obrigado a viver uma vida que nunca escolheu, presenciar coisas que jamais sonhou e nem age para que isso aconteça? O que fazer quando você vê que por culpa de outras pessoas você está caindo lentamente por um poço, mas sem cessar e por mais que lute para voltar a superfície precisa que quem está te puxando para baixo comece a tentar subir a superfície também.

  Dizem por ai que quem muito se afasta um dia deixa de fazer falta, falam dessas pessoas que escolhem se afastar como se elas fossem as vilãs da história, mas será mesmo? Posso estar errada, mas no momento a única conclusão que chego é que não há outra coisa a se fazer além de se afastar de algo que te faz mau, podemos até tentar mudar a situação, mas se vemos que ela não muda o que mais fazer além de se afastar?

  É decepcionante aprender que a vida não é como queremos, que as pessoas não nos obedecem, e que nem todas as pessoas são boas. É decepcionante perceber que tem filho que não ama a mãe, que tem gente tão egoísta ao ponto de não se importa com nada além de dinheiro, isso é muito frustrante. É terrível ver aquela história linda que você tinha em sua mente sobre as pessoas virar uma história de terror, mais terrível ainda é perceber que você é a unica pessoa que notou que o conto de fadas virou terror.

  O que fazer diante de todas essas coisas? Eu ainda não sei, talvez isso faça parte de crescer e amadurecer.

  Sentimos vontade de fugir, fugir para um outro lugar, covarde? Não, pois o caminho escolhido de fuga pode ser bem pior do que ficar estagnado, mas ainda assim é alguma mudança.

  Talvez seja porque somos jovens, temos muita vida correndo no sangue, não gostamos de ser conformados, assistir a desgraça em nossa vida e ficar parado, ver um vilão fazendo coisas más e não reagir para confronta-lo e extermina-lo.

  Será mesmo que a culpa é de nossa juventude e inconformismo?

  Eu não sei, mas sei que não posso ficar calada diante a tantos fatos absurdos que vejo e pensar que isso faz parte da vida, que somos injustiçados, sofredores e que isso não tem solução, me recuso a pensar assim, pois meu coração grita por mudança, e ele gritará até que ela aconteça.

  Conformismo, paralisia não!

quarta-feira, 19 de junho de 2013

O Brasil acordou, o gigante despertou



  No Brasil o assunto mais comentado no momento são os protestos que estão ocorrendo em todo o país contra o aumento da passagem de ônibus, que era 3 reais e a pouco tempo foi para 3,20 reais. Eu trabalho no centro de São Paulo, próximo ao Teatro Municipal, ou seja, fico bem no "olho do furacão" diante as manifestações e confesso que na primeira delas na semana passada eu olhei e pensei, um grupo pequeno assim não vai causar nada. Até que mais a noite enfrentei pela primeira vez o caos para voltar para casa, a porta da empresa foi fechada, assim como todos os comércios, os ônibus pararam de circular e as duas estações de metro mais próximas foram fechadas.

  No dia seguinte pude acompanhar as notícias do protesto, e pude ver o quanto a mídia e os policiais estavam manipulando as notícias, pois exaltavam a violência policial e colocavam a culpa de toda a "bagunça" nos manifestantes, um ABSURDO! Eu pude ver a manifestação e não vi nada dos "baderneiros" como foram chamados pelas emissoras Globo, Record e Band. Os policiais agiam com violência sem causa e os manifestantes apenas se defendiam, é a lei da causa e efeito, eles até mesmo atacaram repórteres e fizeram as pessoas apagarem as fotos que tiraram.

  Mais uma vez queridas leitoras, um grande ABSURDO.

  O povo ficou revoltado, e a cada manifestação aumenta o número de manifestantes, a intenção da imprensa e dos governantes em tentar enfiar em nossas mentes que os manifestantes são os "rebeldes sem causa" e eles as vítimas da história, isso é um insulto contra a nossa inteligência.

  Os jornalista e governantes dizem que não tem sentido todas essas manifestações por apenas 20 centavos, que não há como "segurar" a inflação e mais um monte abobrinha, a questão que eles ignoram é que não é por apenas 20 centavos! É um povo que acordou, cansou de aguentar calado todas as falcatruas cometidas pelos governantes, como mensalão, enormes desvios de dinheiro, descaso com a educação, saúde, com os trabalhadores, e ainda querem que continuemos calados!

  Com todos esses protestos é possível dizer que o tempo de assistir calado e com medo de repressão as falcatruas dos "líderes" do Brasil acabou! Acabou o tempo de fingir que não está vendo, ouvindo e de não falar nada pois achava que era o único que não era a favor a todas essas coisas erradas cometidas contra o povo brasileiro, pois agora todos os que não se conformam estão reunidos, nas ruas, mídias e janelas, o povo já sofreu muito tempo calado, e depois de cerca de vinte anos vai as ruas novamente!

  E ainda tem pessoas (poucas) e com vergonha que eu digo, ainda tem trabalhadores como eu e você, que dão duro o dia todo trabalhando, que está lendo esse post que são contra as manifestações, manipulados pela Rede Esgoto de Televisão, não é de se espantar que os influenciados tão facilmente são pessoas que são sustentadas pelo bolsa família, auxílio reclusão, não perdem nenhum capítulo da novela das nove e não se interessam por estudar alguma coisa ou apenas LER jornais que mostram a notícia como ela é e não para agradar os políticos. A respeito disso dou meus parabéns para o jornal Estadão que desde o começo mostrou as notícias quanto as manifestações como elas realmente são.

  Não entendo as pessoas que são contra as manifestações, será que ela são felizes pelo Brasil ser conhecido apenas como o país do futebol, prostitutas e pela corrupção? Estão tão contentes que vai ter a Copa no ano que vem e as Olimpíadas não é mesmo? É claro que esses eventos vão acelerar a competitividade no mercado, mas enquanto estão sendo investidos BILHÕES nesse evento o Brasil fica em penúltimo lugar na educação, garanto que essas pessoas são as mesmas que vivem com um salário minimo de merda e precisam enfrentar horas para passar numa consulta médica pelo SUS e ver pessoas sem macas deitadas no chão. Meu povo, será que vocês não tem cérebro? Só querem saber de poder chegar cedo em casa sem ter de enfrentar o desconforto de trens atrasados e falta de linhas de ônibus por causa dos protestos para poder assistir a sua porcaria de novelinha tendenciosa?

   
  Estão felizes porque com a Copa o Brasil vai ser ainda mais reconhecido pelos outros países? Engano seu! Muitos deles pensam que a capital do Brasil é Buenos Aires, até mesmo atores famosos de Holywood já chamaram diversas vezes o povo brasileiro de macacos, ou que a maioria das mulheres são prostitutas, meros objetos sexuais e como aqui tem drogas e festa o ano todo. Eles não sabem como é o Brasil! E você ai todo feliz por causa de uma Copa que pega todo o dinheiro para investir em poltrona de estádio enquanto tem gente morrendo nos hospitais por falta de equipamentos? Enquanto as crianças e adolescentes são "treinados" com má educação para quando crescerem continuarem no baixo da população, trabalhando como um camelo, ganhando um salário minimo, sem acesso a moradia decente e sistema de saúde, mas mesmo assim aguentar calado pois acha que a vida é assim mesmo?

  Desde o primeiro protesto as notícias já corriam o mundo todo, e no sábado (15/06/2013) foi a abertura da Copa das Confederações e a presidente Dilma foi lindamente vaiada por todos no estádio e quando o senhor que estava ao lado dela pediu educação, ela foi ainda mais vaiada. Desculpe, mas não temos educação porque os políticos desviam todo o dinheiro, e o que sobra investem em eventos de esporte.

  Os protestos não pararam, e segundo os organizadores só vai parar quando a tarifa baixar. A violência sem motivo da policia de São Paulo tomou muita atenção das mídias de todo mundo, não é de se espantar diante de prisões por formação de quadrilha (desde quando protestas é formar quadrilha?), por porte de substancia suspeita (desde quando o vinagre que tira o efeito da bomba de gás é substancia suspeita?), entre outras agressões que sem motivo nenhum a trabalhadores que estavam voltando para casa.
  Entre eles um senhor deu entrevista chorando a rede Gazeta pois tinha levado um tiro de borracha na boca enquanto passava pelo local voltando do trabalho, o senhor já devia ter mais de 60 anos e chorava com a boca sangrando enquanto falava a emissora.
  Os protestos se espalharam por todo o Brasil e até mesmo no mundo, como por exemplo na Alemanha, Portugal e Estados Unidos, artistas de todos os lugares postaram fotos com camisas e cartazes em apoio dizendo "Não é só por 20 centavos. Muda Brasil.", como por exemplo Beyonce, Katy Perry e Britney Spears.

  Veja só a foto ao lado no Congresso de Brasília, que coisa mais linda!

  Não é só por 20 centavos, mas sim por um povo que está cansado de sofrer calado, um povo que sonha com um país assim como o nosso hino nacional descreve, um lugar mais justo, melhor para todos, um povo que não aguenta mais ser empurrado para debaixo do tapete e ser opresso pelo governo e sua força policial.

 
   O Brasil está com a atenção de todo a mídia voltada para si, bem que a Dilma tentou jogar a "sujeira" para debaixo do tapete com um monte de balas de borracha, mas não foi dessa vez. 

  Jornais como Globo, Band e Record estão tentando limpar sua imagem com o povo após tentar manipula-los, apresentadores como o Datena que tentou manipular colocando uma votação ao vivo dizendo "você é a favor de protesto com baderna?" e o "sim" ganhou de lavada, o apresentador Geraldo Luis que também tentou manipular da mesma maneira distorcendo as notícias de maneira sensacionalista sem apontar a grande violência sem motivo da policia e o comentarista que estava presente em seu programa também ao vivo o deixou de cara no chão por afirmar coisas como "a policia exagerou, os tiros de borracha tem que ser do estomago para baixo, o fato de pessoas terem sido atingidas no rosto demonstra uma grande falha que tem de ser investigada.". A Globo ainda está tentando se justificar por suas notícias distorcidas. 

  Um casal que estava em um bar na Av. Paulista foi agredido sem motivo, um policial foi flagrado quebrando a sua própria viatura para depois culpar os manifestantes, trabalhadores que tentavam voltar para casa foram impedidos pelos policiais, entre eles a minha própria mãe! 

  O site Não Salvo publicou um post com uma série de posts com vídeos que devem ser visto por toda a população, entre eles o do policial quebrando sua viatura. Leia aqui.

  Outro fato que deve ser lembrado é que as mídias atualmente cobrem de elogios os protestos que estão sem violência, a coincidência é que a violência acabou quando o prefeito deu ordem para a policia não dar tiro de borracha. QUEM SÃO OS VIOLENTOS DA HISTÓRIA?

  Chega de ficar calado meu povo! Manifeste-se, seja nas ruas, janelas ou nas redes sociais, mas chega de ficar calado!

terça-feira, 18 de junho de 2013

Seleção de Jason Mraz

  Boa tarde queridas, tudo bem?

  A semana está fria e marcada por protestos em todo o Brasil (até que enfim), e para descontrair um pouco fiz uma seleção com as minhas músicas favoritas do Jason Mraz.

  Confiram:


sexta-feira, 14 de junho de 2013

Para os cabelos: Garnier Fructis com efeito cauterização


  Siiiiiiim! Ele funciona!!!

  Provavelmente você deve ter visto a propaganda dessa nova linha da Garnier Fructis Óleo Reparação que promete ter o efeito de uma cauterização, que fecha as cutículas do cabelo deixando ele mais liso e bem mais hidratado.

  Eu testei e aprovei!

 No ano passado eu pintei meu cabelo de castanho claro e quando cansei escureci ele novamente, porém como eu descolori o cabelo ele ficou bem seco e quebradiço após um tempo, e comecei a deixar ele crescer natural e cortar sempre as pontas, pois em pouco tempo elas ficavam ressecadas e com pontas duplas novamente.

  Assim que lançou a nova linha eu comprei alguns dos produtos e já na segunda lavagem pude notar a GRANDE diferença, as pontas do meu cabelo estavam ressecadas e com muitas pontas duplas, porém "milagrosamente" as pontas duplas sumiram! Meu cabelo está muito mais hidratado, liso, macio e sem pontas duplas! REALMENTE FUNCIONA.

  Sempre usei os produtos da Garnier, porém devo admitir que este me surpreendeu.




 

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Dia dos namorados econômico


   O dia dos namorados já está chegando e não sabe o que dar para o boy? Está sem dinheiro? Não entre em desespero, a situação não está fácil para ninguém e você não precisa gastar muito para dar um presente valioso mas sem gastar muito.

  Vale combinar um presente junto com um passeio, se a grana está tão curta ao ponto de não dar para jantar fora e ir ao cinema, façam um passeio em algum lugar público, como por exemplo um parque ou o lugar que eu mais gosto em toda São Paulo: o museu do Ipiranga, que para quem não sabe tem um jardim MARAVILHOSO e um parque logo em frente onde é possível fazer piqueniques, quem ainda não viu eu já escrevi um post falando sobre o lugar e outros lugares públicos no post Lugares legais para passear em SP.

  Para combinar com o passeio que tal fazer algum cartão, ou uma carta dizendo o quanto ama seu namorado?

  Se quiser fazer algum lanche, ou café da manhã, confira a dica que dei no ano passado no Dia dos Namorados

  Confira abaixo algumas dicas bacanas.
Pode fazer um cartão e na capa colar alguns botões coloridos que você pode encontrar em qualquer loja de costura por um preço bem camarada.

Escrever uma carta, comprar um envelope em papel pardo e colar corações para enfeitar, ideia super bonita e barata.

Sabe aquele baralho que você tem em casa mas ninguém usa? Pode fazer dele um pequeno livro, imprima ou até mesmo escreva em folha sulfite algumas frases e imagens e cole em cada carta. No exemplo da foto o livro é "52 rasões porque eu amo você" e em cada carta do baralho há uma rasão, depois fure as cartas e as prenda por uma fita.
Você pode colocar em uma garrafa balinhas de chocolates (tipo M&Ms) ou aquelas balas de gelatinas e colar alguma frase de amor que você pode escrever e imprimir em seu computador ou até mesmo fazer a mão.



quarta-feira, 5 de junho de 2013

Carta de amor


  Por fora eu era um exemplo de simpatia, demonstrava segurança e felicidade as pessoas quando o assunto era vida amorosa, as pessoas viam que eu era muito feliz solteira e que não sentia falta de ter alguém ao meu lado, mas poucos ou até mesmo ninguém sabia que eu escolhera me tornar assim, escolhera pois pensava que não poderia me envolver com alguém sem me machucar e estava custando a acreditar naquela "filosofia" de esperar em Deus quanto a vida sentimental. Não vou negar que me encantei por alguns que passaram em meu caminho, mas tão logo ignorei aqueles tolos sentimentos e segui minha vida, sozinha mas sem me machucar. 

  É claro, que essa história de me afastar do amor para não me machucar era só uma teoria, mas nem toda teoria é verdadeira, apenas uma possibilidade, pois na realidade o fato de eu me afastar de tudo que podia me lembrar um romance demonstrava que eu já estava machucada. 

  Foi quando em um dia qualquer apareceu alguém que eu mau sabia, mas que iria mudar minha vida. Nas primeiras vezes que o vi dizia a mim mesma que ele iria me trazer problemas e aos poucos ele começou a me tirar atenção enquanto eu trabalhava e pensava nele, a noite invés de dormir ligava o computador para ver se estaria online e falaria comigo. Tão tola, eu pensava, mas não conseguia evitar, não conseguia evitar a ansiedade de falar com você, em saber se também pensava em mim. 

  Mas mesmo assim, sabendo que já estava apaixonada ainda não dava o braço a torcer. E quando você me mandava algum bilhetinho, fazia um gesto romântico, a cada vez que se declarava para mim eu me esquivava, com medo de me envolver, tola eu sei, sempre fui alguém complicada, ou como canta o Rodolfo uma "mulher de fases". 

  Depois de algum tempo, orando e examinando a mim mesma, decidi ceder, esquecer meus medos e deixar aquele sentimento que sentia ter mais espaço. Começamos a namorar e nos dias de hoje não me arrependo um segundo de ter tomado essa atitude. No início era apenas paixão, um gostar, mas com o passar dos meses descobri o que é amar, amar alguém em todos os detalhes, querer estar sempre com alguém, preocupar-se e ter sempre a sensação de que vou morrer de saudades se demorar muito para o ver.

  A verdade é que nunca esperei estar ao lado de uma pessoa tão especial, e o mais estranho e maravilhoso: estar com alguém que me completa, como dizem por ai "a costela perdida". Deus me ensinou muitas coisas durante os meses em que eu pensava e orava sobre nós, Ele me ensinou o quanto é importante ama-Lo de todo o coração, com todo o nosso ser e entregar a Ele cada milimetro de nossa vida, me mostrou que ele pode mudar nossa vida radicalmente em pouco tempo, que desde antes de eu nascer Ele já tinha sonhado isso para mim e me deu novos sonhos, como o de me casar, ter nossa casa e nossa família. 

  Como conseguir explicar a alguém o quanto a ama? Eu ainda não sei, nunca fui muito boa nisso, a única coisa que consigo dizer é que eu amo, amo cada detalhe seu. 

  Dani Fernandes.

domingo, 2 de junho de 2013

Inverno 2013: Franjas

  O inverno está chegando, em São Paulo já estamos vivendo um clima bem frio e para combinar com esse clima um belo corte na franja seria bem justo.

  Sempre nessa época do ano faço algum tipo de franja, eu sou uma amante assumida e gosto de todos os tipos, desde as mais curtas as mais compridas.

  Confira algumas fotos para você se inspirar.









Minha palavra


  Olá queridas, fazia tempo que não escrevia em minha tag "Dani Fernandes", adoro essa tag pois é o momento que me sinto mais próximo a vocês.

  No começo de maio completei mais um ano de vida, e tenho que admitir que estou surpresa ao comparar fotos do meu aniversario do ano passado com o desse ano. Vejam só:
Eu e o Thor em meu níver de 18 anos em 2012.

Eu e meu namorado comemorando meu níver na pizzaria , em 11 de maio de 2013.

  
  Quantas mudanças não é mesmo? Não só na cor e no tamanho do cabelo, mas também em minha vida.

  Já se sentiu assim ao rever suas fotos e se assustar ao perceber o quanto está mudando?

  Para quem ainda não sabe comecei este blog para registrar minhas experiências e aprendizados nesse período que todas nós mulheres que estamos passando da adolescencia para a fase adulta temos de passar, e não paro de me impressionar com esse novo tempo em minha vida.

  Crescer e amadurecer nem sempre é bom, temos que passar por novas situações que nem sempre são felizes ou fáceis, mas admito que a maior parte dessa fase é cercada de experiências boas, pois conhecemos novas pessoas, amadurecemos e aperfeiçoamos as características que temos de melhor.

  Sinto falta de quando eu tinha meus dezesseis anos e quando chegava o final de semana dizia para minha mãe que ligava para ela se eu não fosse dormir em casa, sinto saudades da Dani mais inconsequente e sem responsabilidades mas que mesmo assim se alegrava em poder ajudar os outros. Hoje deparo-me com uma Danielle mais madura, que não pode mais passar todos os finais de semana longe de casa, pois agora ela trabalha e tem apenas dois dias da semana para organizar todas as coisas que não pode por falta de tempo nos outros dias.

  Algumas pessoas falaram que perdi o "ar de menina" que sempre diziam que eu tinha, não culpo as pessoas a minha volta por eu ter mudado em tantos aspectos, nessa nova fase somos obrigados a nos deparar com muitos acontecimentos e passamos a olhar com outros olhos as situações, percebemos que muitas das pessoas que pensávamos que nos amava, que eram nossas amigas não são nem um pouco amigas, vemos coisas que se pudéssemos escolher não teríamos visto.

  Minha mãe sempre me disse que quando eu crescesse mais iria ver as coisas de maneira diferente, e ela estava certa, com todas essas coisas que fui obrigada a aprender perdi o tal "ar de menina" que vê todas as pessoas com boas intenções e me tornei uma Dani mais cautelosa.

  Tornei-me alguém mais seletiva na escolha de amizades, hoje ando cercada por um número bem menor de amigos, mas que são amigos de verdade, daqueles que podemos contar em qualquer situação.

  Sou uma Dani bem menos durona quando o assunto é vida amorosa, sempre fui muito arisca quanto a esse assunto, mas encontrei um homem de Deus que conseguiu com muito amor amolecer meu duro coração.

  Mudei também todo o meu guarda roupa, deixando para trás o estilo menininha e usando mais roupas sociais e até mesmo salto.

  Meus sonhos amadureceram, hoje não sonho apenas em terminar uma faculdade e ter um bom emprego, sonho em constituir minha família e em decorar minha casa.

  Estranho como Deus nos lapida, não é? Ainda não me acostumei com todas essas mudanças e creio que jamais vou conseguir.

  O blog se desenvolve junto comigo, abordando os mais diversos temas e admito que ele é muitas vezes para mim uma válvula de escape, quando tenho muitas coisas no coração mas por diversos motivos não posso expressar em palavras, e em muitas outras vezes o Cortando as Tranças tem me servido como um microfone para falar a tantas pessoas nesse tempo em que estou mais silenciosa do que aos meus 16 anos.

  Agradeço em verdade a cada um de vocês que tem acompanhado o blog e me aturado com paciência, em meus dias bons e ruins.

  Espero que continuemos essa parceria por muito tempo, e que cada um de vocês ao terminarem de ler um post saiam mais felizes do que quando começaram a ler, pois sei que a vida não está fácil para ninguém e que em certos momentos tudo o que precisamos é ler algo que nos lembre que Deus continua sempre ao nosso lado, que não estamos sozinhos e ter a esperança de que um dia todos os nossos sofrimentos nesta Terra irão acabar.

  Deus abençoe.