quinta-feira, 27 de junho de 2013

Mudanças físicas

  Estranho perceber como o tempo passou rápido quando olho para trás e vejo pessoas que conviviam comigo e agora estão tão diferentes, não no sentido ruim mas o espanto que sinto ao perceber o quanto eles mudaram.

   Ver a menininha da turma se torna um mulherão, o menino desajeitado e quase nunca notado se tornar um cara legal.

  Parece que nos acostumamos com nossas feições vistas tantas vezes no dia a dia que nem notamos as mudanças e quando encontramos com alguém do nosso tempo de escola nos assustamos ao perceber como aquela pessoa está com cara de adulta, como ela parece mais madura.

  Estranho é perceber isso tão facilmente nos outros, mas se olhar no espelho por vários minutos e continuar com a mesma dúvida martelando em sua mente: "Eu também mudei muito? Acho que não...será?".

  Quanto ao lado físico confesso que a única diferença que consigo encontrar é a perda do tal "ar de menininha" que muitos diziam que eu tinha, talvez essa mudança drástica não seja obrigatória em todos, talvez alguns concentram-se mais nas mudanças que não podem ser vistas com os olhos humanos e que são causadas pelos novos desafios que a vida apresenta.

  Talvez seja porque eu nunca fui o tipo de garota que procura ser mais velha, ou que usa roupas provocantes, talvez seja por isso que pareça que o tempo não tenha me feito muitas mudanças físicas.

  Apesar dessas considerações, fico feliz por notar tantas mudanças, pois afinal sempre pensei comigo que o bacana da vida é ser diferente, ser feliz da maneira que você é, seja seguindo a moda das passarelas, das ruas ou o seu próprio estilo com seu cabelo azul. O que é que tem?

  Bonito é ser quem você é, usar o que você quer, quem quer ser igual ao outro por mais "descolado" que pareça ser, será apenas mais um, mas você será sempre única e especial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário