segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Tem idade certa para namorar?


  Olá queridas! O post de hoje tem certa polêmica.

  Decidi escrever sobre isso após presenciar uma discussão sobre o assunto em um dos grupos no Facebook do qual participo, uma das meninas membras do grupo perguntou se era errado namorar com 12 anos, é claro que a pergunta teve centenas de respostas, de um lado meninas entre 15 e 16 anos que apoiavam e de outro meninas mais velhas depois dos 20 que diziam que não era legal.

  Você, que é pré-adolescente ou adolescente e está lendo esse texto, com certeza já deve ter ouvido de alguém que ainda é muito cedo para namorar e você achou um absurdo pois já é mais madura do que muitas meninas de sua idade, tem juízo e que não vai cair na conversa mole de qualquer menino galinha que aparece na sua frente, acertei?

  Ok, você pode ser madura, esperta e observadora para perceber quando o cara é uma furada, porém existe uma série de fatores que precisa conhecer antes de decidir namorar tão cedo.

  1° Você é jovem, não precisa de tanta responsabilidade que um namoro traz, mesmo ele não sendo um relacionamento tão sério;

  2° Você está na fase de curtir outras coisas, como passar o dia com amigas e fofocar o dia todo, fazer coisas bobas mas que gosta muito, como passar uma tarde no shopping, ir alguma festa ou conversar com meninos sem segundas intenções;

  3° Tem condições de sustentar um namoro financeiramente? Se não trabalha é bom não começar a namorar, pois pedir dinheiro para os pais para sair com o namorado é um absurdo, se quer ter atitudes de adulto você deve assumir certas responsabilidades que vem incluídas no pacote;

  4° Será que o outro menino também é maduro? Te da valor de verdade? Quer um relacionamento sério com você ou só um namorico de escola?

  5° Será que você gosta dele de verdade?

   Além dessas tem muitas outras inúmeras objeções que eu poderia colocar aqui, você que está lendo esse texto, por favor, não fique brava comigo, não estou te criticando apenas deixarei aqui minha opinião e experiência sobre isso.

  A verdade é que, uma menina com seus 12 ou 13 anos não precisa passar por um namoro tão cedo, a começar que a grande maioria não sabe nem o que é gostar de verdade, não tem seu próprio dinheiro para sair e nem um pingo de maturidade, pois é muito fácil com essa idade se deixar levar pelos hormonios, sentimentos e situações, não estou dizendo que se você de 12 anos começar a namorar vai engravidar cedo, estou dizendo que provavelmente você terá dezenas de decepções que poderiam ter sido evitadas.

  Uma coisa que eu não entendo nessa nova geração de meninas é que está na moda sofrer por amor, elas se apaixonam pelos meninos mais imaturos de toda a Terra e gostam de sofrer por ele!!! Eu não consigo entender isso, meninas novas de 15 anos chorando porque não tem namorado, ou algumas até querendo se matar por "amor", gente...o que é isso?

  Na vida há fases para tudo, com 12,13,14,15 anos o corpo não está nem formado totalmente, a menina está passando por um turbilhão de mudanças e está construindo o seu novo eu, um momento muito delicado e importante da vida, do qual não precisa de mais uma preocupação.

  Eu sei que para você que é mais nova é difícil de entender, mas quando estiver mais velha verá que poderia ter aproveitado muito mais a sua adolescência do que brincando de ser adulta, tudo tem o seu tempo!

  Como citei a pouco no texto, nessa idade é difícil não se deixar levar por algumas situações, ou seja, você ou seu namorado tem mais chances de trair, transar cedo demais, ou brigar a todo momento sem motivo.

  Transar cedo demais e ainda sem a devida orientação (médica e dos pais) traz muitas consequências, desde em seu caráter até em contrair doenças,pois nós jovens podemos citar pelo menos uma meia dúzia de amigos que fazem sexo sem camisinha e ultimamente os dados de jovens com Aids e outras doenças tem assustado, caso duvide, procure no google por "aumento de casos de Aids entre jovens".

  Não serei hipócrita, sou jovem e sei como é difícil se segurar para não beijar quando se está com vontade ou depois de beijar se segurar para não passar do "sinal vermelho", por isso o melhor a fazer é evitar sequer passar no "sinal verde", pois uma transa sem camisinha, uma primeira vez não planejada pode trazer muitas consequências, desde uma gravidez, doenças como também desperdiçar uma coisa tão especial sua com alguém que não tens nenhuma segurança de que estará com você por toda a vida (casamento), sem contar no peso espiritual que isso traz, pois na Bíblia o casamento é a própria relação e ela também diz que quando temos relação com alguém nos tornamos uma só com essa pessoa.

  Eu já fui pré adolescente e sei que quando decidimos algo é muito difícil de por causa de alguém mudar nossos planos, porém escrevo esse texto não como dizendo o que deve ou não fazer, mas sim a opinião de alguém mais velha que passou por essa fase, um alerta para que não sofra sem necessidade.

  Eu comecei a namorar cedo, com 18 anos e sempre digo que se não tivesse me apaixonado teria deixado para namorar bem mais tarde, só depois da faculdade, pois eu teria mais tempo para me dedicar exclusivamente aos estudos, pois no namoro temos que dividir o tempo com trabalho, casa, família, namorado, família do namorado e etc, e as vezes as coisas ficam muito corridas, não que eu não goste de namorar, realmente é muito bom estar com alguém que goste e já sonhar em construir nossa vida juntos, mas como já disse aqui, traz muitas responsabilidades que poderiam vir só depois.

  Se continua na dúvida se pode ou não namorar sendo menor do que 16 anos, pense no seguinte, você tem seu próprio dinheiro para sair (dinheiro da mesada não conta), tem maturidade sentimental suficiente para caso tenha uma decepção não entrar em depressão e está pronta para assumir as responsabilidades?

  Sobre o sexo antes do casamento existem vários versículos na Bíblia, mas dentro todos eles o que mais me chama atenção é:

  Marcos 8:6-8

  Mas desde o princípio da criação, Deus os fez homem e mulher.
  Por isso o homem deixará seu pai e sua mãe (e se unirá a sua mulher);
  E os dois serão uma só carne. Assim, já não são mais dois, porém uma só carne.


  Na Bíblia o casamento consumado é o ato sexual, e ainda diz que nos tornamos uma só carne com o outro. Será que está pronto para tanta responsabilidade?

Ano novo: reflexões e desejos


  Estamos a poucos dias de 2015, e nesse época é comum fazer a lista de objetivos ou de desejos para o próximo ano. Eu, Danielle, sempre costumo fazer essas duas listas e no decorrer do ano vejo o que já consegui realizar e o que infelizmente deixarei para o próximo ano.

  Nessa época a maioria de nós fica mais sensível, e o que eu acho mais legal de celebrar a passagem do ano é a oração, sempre na virada do ano eu entrego a Deus tudo o que se passou, todas as mágoas e tristezas do ano velho e agradeço também por todas as coisas boas que aconteceu, meu coração fica tão alegre com a esperança de um novo ano que eu sempre choro no momento da virada.

  Algumas pessoas estão dizendo na internet que ter esperança que o próximo ano vai ser melhor é uma idiotice e que na verdade nada muda, porém sou contra essa opinião, para mim um novo ano significa um novo tempo, coisas novas e o certificado de que mais uma fase foi concluída com sucesso, pois afinal todos nós sempre passamos por problemas e passar para a virada de mais um ano para mim é como chegar na linha de chegada de uma corrida e saber que eu sou a vencedora, pois por maiores que tivessem sido os seus problemas durante o ano, você conseguiu suportar tudo.

  Tenho muitos objetivos para realizar em 2015, e como sei que eles não vão se realizar sozinhos, tenho orado por eles e também "mexido os meus pauzinhos", isso é essencial minhas queridas para realizar qualquer objetivo e sonho e as vezes temos que dar passos de fé, mas com prudência, claro, sem fazer maluquices que algumas pessoas se metem. Por exemplo, eu quero muito um bom emprego, tenho orado por isso e mandado alguns currículos, resolvi dar um passo de fé, e há dois meses sempre que vejo alguma roupa social com um bom preço eu compro pensando no meu novo emprego, isso para mim é um passo de fé, pois além de orar e procurar um novo emprego, já estou me preparando comprando roupas novas para usar lá.

  No ano de 2014 aprendi muitas lições sobre como lidar com relacionamentos, não só com o namorado, mas com as pessoas em geral, aprendi que conversar sempre é o melhor caminho para esclarecer todas as dúvidas e tentar melhorar alguma situação, aprendi que nem sempre as pessoas querem ouvir a verdade e que se eu sei que dar a minha opinião não vai mudar a atitude de determinada pessoa é melhor eu não dizer nada para não criar contenda, aprendi a ser mais agradecida e que as coisas boa só podem vir de Deus.

  Mas a coisa mais importante que aprendi em 2014 é ser grata, ter gratidão por ter as pessoas que tenho a minha volta, por ter saúde, enfim, por tudo, acredito que quando somos gratos por tudo o que nos acontece nossa vida fica mais colorida e as coisas começam a dar certo. Ser rabugento ou pessimista só nos traz amargura e tristeza, quando pensar em reclamar de algo em sua vida observe a vida de uma outra pessoa e veja a sorte que tem, pois não importa qual seja sua situação, sempre poderia ser algo pior.

  Por fim, agradeço a todas vocês que me acompanharam nesse ano, por todos os e-mails, mensagens no Face, e visitas no blog, desejo a vocês um ótimo ano novo e que Deus esteja sempre em seus pensamentos.

  Feliz Ano Novo!

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Série policial Ripper Street


  Ripper Street é uma série de televisão inicialmente transmitida pela BBC One, gravada na Inglaterra e com início em Dezembro de 2012. As primeiras duas temporadas foram transmitidas pela BBC One e a terceira pela Amazon.

  A história se passa em 1889, em Whitechapel, Londres, seis meses depois do caso conhecido pelo Jack Estripador, assombrados por esse caso e com medo de sua volta, acompanhamos os casos policias da divisão H, comandada pelo Detetive Edmund Reid, interpretado por Matther Macfadyen (o sr. Darcy de Orgulho e Preconceito).

  Comecei a assistir a série pois fiquei apaixonada pelo sr. Darcy e não resisti a ela ao saber que também tinha a história passada na Inglaterra e no século passado, e não me arrependi.

  Além do Detetive Reid, também há o sargento Bennet, vivido por Jeromy Flynn e o médico Jackson, interpredado por Adam Rothenberg. Esse trio nem sempre, ou quer dizer, na maioria das vezes não é perfeito e se metem em muitos problemas, não só da vida policial mas também pessoal, e cada capítulo da série é recheado de ação para resolver os casos e também os conflitos da vida pessoal de cada personagem.

  Edmund Reid é um homem conhecido por seu bom caráter e integridade, tenta sempre resolver as coisas da melhor maneira possível e ajudar as pessoas, porém em sua vida pessoal vive o drama e a culpa de ter pedido sua filha num acidente e problemas com sua esposa, da qual mau tem contato após a morte da filha. Reid tem alguns amores fora do casamento, mas eu, Danielle, torço para ele se reconciliar com sua esposa, mesmo ela sendo uma chata sem graça e mau agradecida, por que não sei qual mulher em seu juízo perfeito dispensaria um Reid de sua vida (hehehe).

  Sargento Bennet é um homem durão, literalmente, serviu ao exército e é o homem que "põe a mão na massa" na divisão H, ou seja, é ele quem bate nos assassinos e quem mais ele tenha vontade, é o braço direito de Reid. Em sua vida pessoal vive muitos conflitos em sua vida amorosa.

  Jackson é um médico cirurgião que começa a trabalha com Reid examinando os cadáveres, mas aos poucos demonstra ser alguém de muitos segredos, mas que aos poucos são revelados. Na trama, Jackson é casado com a maravilhosa sra. Susan, interpretada por MyAnna Buring (que estava no elenco de Crepúsculo), os dois vivem brigando, mas se amam de verdade, porém seus conflitos em sua maioria é causado por dinheiro, pois a sra. Susan comanda um bordel do qual a fez se endividar e tornar-se devedora para um homem cruel.

  Além desses três protagonistas tem vários outros personagens seculares com tramas bem interessantes, como alguns policiais ou as meninas que trabalham no bordel.

  Para os cristãos que estão lendo esse texto e se sintam alarmados por eu falar em bordel e etc, peço para que vocês tentem interpretas as meninas como individuas, conhecer o porque elas foram ter esse tipo de "trabalho" e conhecer o eu delas, digo isso pois é comum receber criticas de alguns cristãos mais alarmados com alguns temas abordados no blog, porém uma coisa que aprendi com a bíblia e com a psicologia é que Deus é amor e temos que conhecer as pessoas em amor, tentar entender o porque de suas ações sem pré julga-las, separar isso do que você tem como certo e errado e tentar ver somente a pessoa como indivíduo.

  Enfim, estou adorando a série e recomendo a vocês. Deixo abaixo mais algumas fotos.






terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Progressiva Natural com leite e maizena

  Olá, meninas!

  Como prometido mais cedo, mostro a vocês o passo a passo e o resultado da escova natural, feita com leite e maizena.

  Ontem eu estava assistindo alguns vídeos no youtube e por acaso acabei encontrando muitos vídeos falando sobre o assunto, também pesquisei na internet por "progressiva de leite e maizena" e achei milhares de resultados, todos eles dizendo coisas boas sobre a experiência.

  Quem acompanha o blog sabe que tenho tentado ao máximo fugir das químicas fortes no cabelo, e parece que finalmente achei algo bom e que me livrará daquela progressiva que agride tanto o cabelo.

  Antes de apresentar o passo a passo, ressalto que pelo o que eu vi de testemunhos pela internet o resultado desse processo é gradativo e depende de cada tipo de cabelo, no meu já na primeira vez deu um ótimo resultado, mas dizem que cada vez que se passa a "mistura" no cabelo o efeito fica melhor. Não sou nenhuma especialista em cabelo, mas acredito que em mim o efeito foi ótimo desde a primeira vez pois meus fios são finos.

  A "progressiva" dura apenas uma semana, mas pode fazer o processo toda semana pois é usado produtos "naturais" ou você pode fazer quando tem algum compromisso e o cabelo está o ó.

  Fiquei muito satisfeita com o resultado porque o Natal é essa semana e queria estar com o cabelo bonito para rever a família e para minha alegria (e do namorado) essa experiência não deixou a desejar.

  Para fazer a progressiva você precisará de:

  - 100ml de leite integral

  - 2 colheres de sopa de maizena

  -> Em um copo misture as duas colheres de maizena até diluir, não deixe grudar no fundo do copo o conteúdo, o resultado vai ser um leite um pouco mais consistente do que antes.

  -> Divida o cabelo como preferir, eu prefiro repartir em quatro partes.

  -> Umedeça os fios, mecha por mecha, e as vezes penteie devagar com cuidado para manter os fios esticados, penteie devagar pois o seu cabelo vai ficar um pouco duro, por isso não pode demorar para passar.

  -> Calma, o seu cabelo vai ficar realmente duro, não se assuste.

  -> Espere uma hora, sempre tentando manter os fios esticados.

  -> Lave normalmente com shampoo e condicionador (ou com creme de hidratação).

  -> Para desembaraçar use creme para pentear e depois é só deixar secar naturalmente ou seque com o secador como você costuma fazer.

  Se o seu cabelo for cacheado ele não ficará liso fazendo isso, mas vai reduzir muuuuuuuito o volume, deixar macio e hidratado.

  Quando for fazer a "progressiva", faça no banheiro e coloque uma toalha sob a pia, porque realmente faz muita sujeira.

  Vejam o antes (do qual estou com a blusa rosa) e o depois. Reparem que o meu cabelo ficou maior pois em baixo a minha raiz estava muito cacheada, e após passar a mistura minha raiz ficou lisa.

Depois de passar as misturas as pontas do meu cabelo ficaram mais claras pois é parte do cabelo que ainda está com tinta no tempo que eu estava loira, repare que só a pontinha do cabelo ficou mais clara. 
Desculpem a qualidade da foto pois tirei com a câmera frontal do celular e todos sabem que essas câmeras não são muito boas...

  Daqui algumas semanas posto aqui como meu cabelo ficou dando continuidade a passar essa mistura.

  No final do post você poderá assistir o mesmo vídeo que eu vi para aprender, no youtube eu vi alguns outros que as pessoas ferviam a mistura ou até que acrescentavam mais ingredientes, mas eu preferi seguir o vídeo abaixo pois mesmo sendo conteúdos "naturais", eu fiquei com medo de passar açúcar ou de ferver a mistura e dar algum efeito nos componentes, talvez posso estar errada em achar isso mas como mais uma vez ressalto que não sou nenhuma especialista resolvi não arriscar tanto em confiar nessas receitas caseiras.

  Segundo a minha mãe, antigamente as mulheres só alisavam o cabelo dessa maneira, e outro ponto a favor de passar essa mistura é que qualquer um pode fazer, criança e até gestantes,lembro que não vai fazer milagre no seu cabelo se ele for crespo e você querer ficar com cabelo de japonesa, mas vai diminuir bastante o volume e deixar macio, porém lembro que nada melhor do que ir a um cabeleireiro de confiança, com estudos para cuidar dos seus fios pois na mulher um cabelo bonito faz MUITA diferença, porém se você está sem dinheiro para deixar o cabelo bonito para as festas de fim de ano ou como eu está querendo diminuir a química em seu cabelo mas ele não "colabora" essa solução pode ser uma mão na roda para te ajudar a cuidar dos fios.


  Atenção queridas leitoras, para quem ainda não sabe, eu criei um perfil do blog no Facebook, onde sempre atualizo e converso com vocês, se você gosta do blog e quer se manter atualizada de todas as novidades, então me adicione no Facebook clicando aqui.


Novidades

  Olá, queridas!

  Hoje vou testar a tal da progressiva natural feita com leite e maizena, mais tarde posto aqui no blog o resultado para vocês.

  Só para lembrar, tem a pagina oficial do blog no facebook chamado Cortando as Tranças e para quem quiser me conhecer mais, estou no twitter como @danipfernandes.

  Mais tarde posto aqui além do resultado da progressiva natural, também a roupa que usarei no Natal e a unha, além de preparar um post especial de Natal.

  Até mais tarde!

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Orgulho e Preconceito de Jane Austen


  Como prometido, nesse post vou falar sobre meu novo livro favorito, o Pride and Prejudice, em português Orgulho e Preconceito, escrito por Jane Austen, uma importante romancista, falarei mais dela em um próximo post.

  O livro conta a história de cinco irmãs, cujo o sonho é casar. Logo no início do filme é possível notar que é esse o tema, o livro conta um pouco sobre a trajetória de casa irmã, mas a história principal é de Elisabeth e o orgulhoso Sr. Darcy.

  Na verdade, Lizzie também é orgulhosa, logo após conhecer sr. Darcy ela escuta-o dizendo ao sr. Bingley que ela não era de seu interesse, magoada com isso ela acaba por só enxergar o pior dele, mas com o passar da história descobre que sua visão sobre ele estava errada.

  O mesmo acontece com o Sr. Darcy, aprendera desde criança sobre a importância de estar na alta sociedade e ter seus pré conceitos formados, torna-se um homem arrogante e que acha que conhece todas as ações das pessoas, fazendo com que tome atitudes errôneas, mas que acaba por concerta-las por amor a Lizzy, essa por sua vez é pega de surpresa pois esperava que sr. Darcy nunca fosse capaz de ter sentimentos e atitudes dignas de louvor.

  Nos é apresentado uma história com um cenário maravilhoso e de contos de fadas, com pessoas humanas, ou seja que tem defeitos e conflitos, mas que mesmo assim é uma história apaixonante.

  O livro foi publicado em 1813, ou seja, tem uma linguagem bem diferente do dia de hoje, mas admito que é maravilhoso imaginar aquele "mundo antigo" e seus costumes, e dá até uma dor no coração por desejar ter vivido naquele tempo, onde os homens eram galanteadores, havia muita cortesia, bem, tudo muito diferente do que é hoje em dia, nos faz pensar em nossos valores e como as coisas mudaram, claro que naquele tempo nem tudo era perfeito, como o preconceito vivido entre as classes sociais, o preconceito com as mulheres, disputas por heranças e casamentos como acordos por dinheiro.

  É interessante ver como naquela época a mulher era vista, e como ela via a sua perspectiva de vida, que resumidamente era o casamento, a mulher só preocupava com as coisas de casa, passeios, visitar amigos de outras cidades por algumas semanas, cuidar da casa e só, e também o preconceito quanto as mulheres, por elas sempre terem de ser educadas, saber dançar, cantar e tocar piano, a preocupação de uma família mais pobre em casar suas filhas e ter condições de pagar o dote delas, o fato das mulheres não poderem receber a herança, drama que é vivido pela família Bennet que quando o pai das meninas morrer terá sua herança passada ao único homem da família, o esquisito primo Collins.

  Há a adaptação do livro para os cinemas, que segue fielmente o livro na maior parte do tempo, sendo o pedido de casamento em lugar diferente do que a história escrita por Jane, e alguns momentos que aconteceram depois que o sr. Bennet da a permissão para o casamento.

  O filme conta com um elenco de peso (referindo-me a versão de 2005), como a linda  Keira Knightley (Elisabeth Bennet), o maravilhoso, lindo,cheiroso Matthew Macfadyen (sr. Darcy), Rosamund Pike (Jane), o lindo e engraçado Simon Woods (sr. Bingley), Donald Sutherland (sr. Bennet) que para quem não sabe tem filmado os filmes do Jogos Vorazes, entre outros atores.

  Confira abaixo algumas fotos do filme.

As irmãs Bennet
Elizabeth conversando com Jane sobre o Sr. Darcy


As meninas vendo pela primeira vez os novos visitantes da cidade

O adorável sr. Bingley

Sr. Darcy e Lizzy no baile

Sr. Darcy mesmo emburrado é lindo

A cena mais linda do filme na minha opinião

  Essa é a versão do filme de 2005, mas existem muuuuitas outras versões famosas, a que está disponível no Netflix é essa das fotos, mas na internet é possível encontrar as outras versões antigas. 

  Além do filme também há a série Lost in Austen, mas essa falarei em um post separado pois ela também conquistou uma parte do meu coração, pois a personagem principal Amanda Price vive o sonho de todas as fãs de Jane Austen, ficar presa no mundo de Orgulho e Preconceito. 

  Comprei o livro, edição de luxo bilingue e com a capa do filme pelo site da Submarino por apenas R$13,00, sendo que o mesmo livro na loja física da Saraiva estava R$39,90. No Submarino ainda tem um box a venda com um preço bem bacana com 4 livros da Jane Austen. Vale a pena, é uma leitura muito diferente dos livros da moda e você não irá se arrepender. 

  Já aviso a vocês leitoras que verão muitos outros post falando sobre a Jane Austen, então preparem-se! 

Atualizações e um pouco de Dani Fernandes


  Olá meninas, pouco mais de um mês sem postar nada cá estou eu novamente.

  Antes de escrever um post novo, devo justificar a minha ausência e contar o que estive fazendo nessas últimas semanas.

  Para começar, no mês passado tive que fazer uma cirurgia o que me deixou um pouco indisposta, e semana passada para minha surpresa tive que refazer a cirurgia, tudo isso junto com trabalho, provas finais na faculdade e é claro, os problemas de sempre, afinal quem não tem problemas na vida?

  Nesse tempo que estive indisposta para ficar no computador (minhas costas doía muito por causa da cirurgia), eu conheci e me apaixonei pela romancista Jane Austen, OK...para quem a conhece deve estar se perguntando como eu não conhecia essa escritora maravilhosa, pois é...eu não sei como nunca tinha lido nenhum de seus livros antes.

  Para falar a verdade, eu me interessei pelo livro Orgulho e Preconceito quando o vi na Saraiva, mas achei que o preço estava muito salgado e sempre deixava para comprar depois, em uma dessas noites de repouso vi que tinha o filme do livro no Netflix e me apaixonei, já li o livro, comprei a edição de luxo no Submarino, aproveitando uma promoção no valor de 13 reais (muito mais barato que na loja física da Saraiva), já assisti a série Lost In Austen e outros filmes baseados na obra de Jane Austen, mas mais tarde compartilharei aqui com vocês sobre essa minha experiência e nova paixão.

  Apesar de ter estado ausente por aqui nos últimos dias eu continuo no Instagram como @DaniPFernandes e no Twitter com o mesmo nome, e tenho visto as novas curtidas da página do blog no Face, mas não é novidade para quem me acompanha que não sou fã de usar páginas no Face, mas sempre que postar prometo atualizar lá a informação, portanto se você ainda não curtiu, procure no Facebook Cortando as Tranças e fique sempre atualizado.

  Esse tempo afastada do blog me fez bem quando o quesito se trata de vida espiritual. Tenho aprendido novas coisas com a Bíblia e acho que estou conseguindo melhorar alguns aspectos em meu caráter que precisavam ser corrigidos, pois quando conhecemos a Bíblia e somos muito jovens é diferente de quando nos tornamos adultos, conhecemos novas experiências e amadurecemos, confesso que me perdi um pouco e sentia falta daquela menininha que um dia eu fui, nesse tempo que fiquei afastada do blog busquei com todas as minhas forças voltar a ser aquela menina que tanto alegrava ao Senhor, pois com todas essas mudanças de amadurecer, trabalhar e responsabilidades acabei tomando as rédeas da minha vida e tudo desandou, me tornei uma mulher sem paciência e brigona, mas aos poucos estou conseguindo voltar a ser aquela mulher que Deus aprova, aquela que não destrói  mas edifica, que tem um espírito calmo.

  Estou me preparando para fazer o último exame na faculdade hoje, e assim que terminar escreverei aqui sobre minha nova paixão chamada Jane Austen e tudo o que envolve ela e também sobre como voltei aos caminhos do Senhor tentando ser uma mulher que agrade a Ele, e claro, tudo com os versículos bíblicos de onde aprendi a como voltar para esse caminho, pois acho que quando falamos de ensinamentos de Deus temos que ter uma base bíblica.

  Ah, também falarei aqui sobre um aplicativo chamado Wattpad onde você pode ler vários livros e escrever também, e confesso que estou amando.

  Por enquanto deixo com vocês um Salmo que me impactou muito nos últimos dias.

  Salmo 32


1 Bem-aventurado aquele cuja iniqüidade é perdoada, cujo pecado é coberto.
2 Bem-aventurado o homem a quem o SENHOR não atribui iniqüidade e em cujo espírito não há dolo.
3 Enquanto calei os meus pecados, envelheceram os meus ossos pelos meus constantes gemidos todo o dia.
4 Porque a tua mão pesava dia e noite sobre mim, e o meu vigor se tornou em sequidão de estio.
5 Confessei-te o meu pecado e a minha iniqüidade não mais ocultei. Disse: confessarei ao SENHOR as minhas transgressões; e tu perdoaste a iniqüidade do meu pecado.
6 Sendo assim, todo homem piedoso te fará súplicas em tempo de poder encontrar-te. Com efeito, quando transbordarem muitas águas, não o atingirão.
7 Tu és o meu esconderijo; tu me preservas da tribulação e me cercas de alegres cantos de livramento.
8 Instruir-te-ei e te ensinarei o caminho que deves seguir; e, sob as minhas vistas, te darei conselho.
9 Não sejais como o cavalo ou a mula, sem entendimento, os quais com freios e cabrestos são dominados; de outra sorte não te obedecem.
10 Muito sofrimento terá de curtir o ímpio, mas o que confia no SENHOR, a misericórdia o assistirá.
11 Alegrai-vos no SENHOR e regozijai-vos, ó justos; exultai, vós todos que sois retos de coração.

domingo, 9 de novembro de 2014

Resenha do Livro Um milagre Chamado Grace


  Demorou mas saiu! 

  Já há algum tempo prometi fazer a resenha desse livro, mas como estou com o tempo corrido por causa do trabalho e da faculdade acabei atrasando o post. 

  O livro conta a história de uma cadela Golden Retriever chamada Grace, após um bom tempo sofrendo maus tratos de seu dono, Grace é "roubada" e vai passar alguns dias na casa de Cristina enquanto esta procura por um novo lar. 

  Lila Elliot acabara de sofrer um atendado no trabalho onde muito de seus colegas foram assassinados, e ela levou um tiro no braço, como não tem esposo e os pais morreram, sua amiga Cristina abriga-a em sua casa enquanto ela se recupera, Lila fica agradecida, afinal Cristina é como se fosse sua família, porém há um problema, ela detesta cachorros e terá que aprender a conviver com Grace. 

  O esposo de Cristina recebe uma proposta de emprego para mudar de cidade e ela tem que se mudar, deixando Lila e Grace sozinhas em casa por seis meses, isso parece algo insuportável aos olhos de Lila, porém com o tempo Lila aprende muitas lições com a golden e vê que assim como ela, Grace também teve uma vida difícil e as duas caminham para a recuperação. 

  O livro emociona em alguns momentos, outros nos faz rir, mas para mim não foi uma história que me prendeu, como aqueles livros que não conseguimos parar de ler, porém mesmo assim coloco esse livro na minha lista pessoal de "bons livros", pois ele nos trás bons ensinamentos e não é um drama que acaba com todo o seu mês de tão triste que é (eca, odeio esse tipo de história). 

  Enfim, esse foi um livro que eu comprei pela capa, literalmente porque não resisto a livros com capas de cachorros na frente, não me arrependi e recomendo. 

  Espero que gostem. 

sábado, 18 de outubro de 2014

Atualização: Um ano usando a Progressiva Sfera+produtos da Garnier

  Para quem ainda não conferiu o primeiro post falando sobre a Escova Progressiva Sfera, clique aqui e confira.

  O post é do ano passado, e mostra o resultado da primeira vez que usei o produto, como gostei continuei a usa-lo, e venho aqui mostrar como está o meu cabelo um ano depois.

  A foto abaixo é do primeiro post que fiz a um ano atrás mostrando a diferença.



  Confesso que não faço progressiva a cada 3 meses, prefiro fazer só quando a raiz já cresceu uns 5 ou 6 cm, ou seja, mais ou menos a cada 4 ou 6 meses.

  Além de hidratar mais o cabelo comecei a cortar as pontas a cada dois ou três meses, e vi que não era exagero quando os cabeleireiros diziam que tínhamos que cortar para o cabelo crescer.

  Para quem não sabe eu mesma corto o meu cabelo, e também já fiz um post falando sobre isso, você pode aprender a como cortar o cabelo sozinha clicando aqui. Confira abaixo uma das fotos desse post e repare no cumprimento que meu cabelo estava e como ele foi crescendo em pouco tempo.


  Resumindo, o resultado de meu cabelo de hoje, seja a respeito de cumprimento ou hidratação é devido a Progressiva Sfera+produtos da Garnier+cortes de cabelo. Confira abaixo algumas fotos que tirei nesse mês e veja como está meu cabelo um ano depois, atualmente ele está mais escuro do que nas fotos acima, porém eu não pintei, apenas cortei aos poucos as pontas para tirar a parte que estava pintada.




  Não sou nenhuma especialista sobre o assunto, mas gosto de compartilhar com vocês algumas dicas que aprendi e deram certo comigo, se você tiver dúvida sobre composições químicas e não tem muita "habilidade" com as mãos, procure um cabeleireiro. 

  Um dia desses passei em frente ao salão de beleza onde eu costumava ir e a cabeleireira elogiou meu cabelo e perguntou se eu tinha mudado de salão e o que eu estava passando nos fios, expliquei para ela que eu mesma estava cortando e as vezes usava uma progressiva para diminuir o volume, mas ela pareceu não acreditar. 

  Eu não sou muito perfeccionista e estou satisfeita com os resultados e feliz por estar economizando, hehehe. Uma das lições que aprendi nessa minha "jornada capilar" foi que se você não tem dinheiro para manter um cabelo tingido saudável e ir sempre ao salão, não pinte!! Jurei a mim mesma que nunca mais pintarei, pois a descoloração deixou ele quebradiço e com textura diferente. 

  Mulheres, se vocês estiverem de TPM ou com a auto estima baixa e quiserem pintar o cabelo com uma cor muito diferente da sua natural, mesmo sabendo que vai ser difícil manter ($$$$$) não tome nenhuma decisão sem ter certeza absoluta e sem fazer um bom planejamento financeiro pois cuidar de cabelo no salão não é barato e se você tomar uma atitude "radical" sem ter planejado como vai continuar bancando as despesas no salão, provavelmente vai ficar com um cabelo opaco, sem vida e quebradiço, então se pretende mudar o visual pense bem e organize-se para depois não ficar sofrendo, eu finalmente estou "de bem" com meu cabelo mas isso demorou um ano, então seja prudente pois cabelo cresce, mas demora. 


terça-feira, 30 de setembro de 2014

Louvando a Deus na Terça Feira

  Ótima Terça a todos vocês, tudo bem?

  Estava hoje assistindo um vídeo do Jesus Culture no Youtube quando vi naquela lista no canto direito a mesma música que estava a ouvir (Oh Lord, you're beautiful) mas cantada por um tal de Shane.

  Fiquei curiosa em saber quem era esse tal de Shane, e me surpreendi, o cara parece ser uma benção e tem uma voz MARAVILHOSA e não podia deixar de compartilhar com vocês esse "achado" do Youtube. Confiram abaixo os vídeos que encontrei dele.


Oh Lord you're beautiful





Mathew 7


  Deus abençoe. 

  Danielle Fernandes.


domingo, 28 de setembro de 2014

Agradar a Deus ou as pessoas?


  Ontem a noite eu estava lendo na Bíblia o livro de Marcos, capítulo 15 e pela primeira vez essa passagem que fala sobre Pôncio Pilatos me chamou atenção. Nunca havia pensado nessa passagem de uma maneira tão diferente, e resolvi partilhar com vocês.

  Nessa passagem Pilatos pergunta ao povo o que ele deve fazer com Jesus, ele sabia que Jesus era inocente e que só estava lá por inveja dos religiosos, o povo gritou "crucifica", e mesmo ele sabendo que não era a coisa justa a se fazer ele fez.

  Isso me leva a pensar quantas vezes nós deixamos de fazer o que era certo com medo de ser rejeitado pelas pessoas, as vezes a verdade, o caminho correto está estampado bem diante do nosso nariz, mas sabemos que se tomarmos aquela atitude as pessoas vão nos criticar ou desprezar e então deixamos de fazer o que é o certo para nós só para agradar as pessoas.

  Imaginem só as consequências que essa escolha de Pilatos teve na história de Jesus e na nossa história, sim, eu sei que isso estava no plano de Deus para garantir a nossa salvação, mas e se fosse com uma outra pessoa? E se fosse você fazendo isso?

  Para ser mais clara, imagine que você está no trabalho e tem uma garota com um jeito diferente dos demais, você gosta dela, mas as outras pessoas zombam dela e de todos que se aproximam da garota, o que você faria? Iria ficar do lado da maioria das pessoas do escritório ou iria tratar a menina da mesma maneira que trata a todos sem se importar de agora você também ser alvo de chacotas e se afastem de você?

  Acho que os piores sentimentos para nós é a rejeição e o medo de ficar sozinho, em alguns de nós esse medo pode ser tão grande que nos leva a abrir mão de nossos princípios só para poder nos misturar com os demais. Mas é claro que isso não está certo, o que fazer então?

  Eu, Danielle, tinha muito medo de ficar sozinha e sem amigos, mas eu sei o que eu acho certo e o que não é certo para mim, tento ser eu mesma sempre, confesso que perdi muitas "amizades" que na verdade nem eram de verdade, mas em troca quem eu tenho ao meu lado são pessoas que eu sei que gostam de mim pelo o que eu sou e me respeitam.

  Aprendam que ninguém tem que pensar igual a você, por mais que você ache que determinada coisa é um bom principio universal e que todos devem seguir esse não é o certo a se pensar, se você tem medo de ser rejeitada por fazer o que Deus quer, o que você aprendeu na Bíblia é porque sabe que tem pessoas que não vão respeitar a sua opinião e modo de ser, porém da mesma maneira você deve respeitar quem pensa diferente de você. Temos sempre que nos colocar no lugar do próximo, lembre-se que você não quer ser rejeitada pelo o que acredita, então também não faça o mesmo com o outro.

  Fazer o que Deus nos ensina muitas vezes pode ser difícil mas o que recebemos vale muito mais do que o mundo pode nos dar, paz, amor e comunhão com o Espírito.

  "Eu te instruirei e ensinarei o caminho que deves seguir; eu te darei conselhos sob minha vista." Salmos 32:8


sábado, 27 de setembro de 2014

Filme Correr ou Morrer


  Semana passada fui com o meu namorado assistir ao filme Correr ou Morrer que lançou a pouco tempo no cinema.

  No filme, um grupo de garotos são colocados numa espécie de fortaleza, um lugar cercado por labirintos que só se pode entrar em determinados horários do dia, eles não se lembram de nada que aconteceu em sua vida antes de entrar no lugar, a cada mês entra um novo membro pelo elevador. Ninguém sabe o porque estão lá, e alguns deles são atacados por misteriosas criaturas e até mortos, enquanto algumas pessoas do grupo tentam se acostumar com a nova vida, tentando estabelecer uma vida em comunidade, outro tentam sair do local, o que gera conflitos entre o grupo.

  Não posso contar mais se não falarei o final do filme, do qual terá continuação.

  Eu, Danielle não achei o filme lá essas coisas, é claro que ele foi bem produzido, tem cenas fortes e te mantém interessado, meu namorado amou, mas eu como uma romântica incorrigível preferia ter assistido um filme de romance (risos). O filme foi baseado numa série de livros, como todos sabem que em todas as adaptações para filme é cortado algumas cenas e detalhes, espero que os livros sejam mais interessantes. Confira algumas fotos do filme e o trailer.





Testemunho


  Olá queridas leitoras, desculpem a demora para um novo post, o motivo? Estou em época de provas e trabalhando em horário integral, o que me faz só querer dormir quando tenho um tempinho livre.

  Nos últimos dias tenho estado maravilhada com os cuidados de Deus para conosco, e hoje venho aqui contar um testemunho, para muitos que vão ler pode ser apenas uma coincidência mas quem sabe que já teve uma oração atendida enxergará isso como um pequeno milagre.

  Tenho uma amiga que conheci em 2007 na escola, ela conheceu a Jesus uns anos depois do que eu, e sempre fico encantada com suas palavras de sabedoria e conselhos para mim, todos baseados com o que aprendeu na Bíblia, na escola eu mudei meu horário de aulas, e depois fui para a faculdade e não a encontrei mais, um dia depois de orar a Deus pedindo para ele me dar uma amiga eu a encontrei num terminal de ônibus e trocamos números de telefone, porém depois de duas semanas eu comprei um celular novo, e sem querer quebrei meu chip do celular que estava com o contato dela. Passaram-se meses e na semana passada eu orei pedindo para Deus colocar ela novamente no meu caminho para que possa dar a ela meu novo número e nos aproximar novamente, chegou o final de semana e quem eu vejo parada na rua? Sim, ela!

  Esse testemunho não se trata de um cego que viu, de um surdo que ouviu, mas meu coração se aqueceu, pois eu pedi uma coisa tão simples que foi ter a chance de encontra-la e aconteceu, eu não sabia nem onde ela estava morando pois ela tinha se mudado e estava triste por "perder" essa amiga, mas Deus ouviu meu coração. Pode parecer uma coisa pequena mas esse gesto me mostrou que Deus sempre está de olho em nós e conhece os desejos de nosso coração, e cuida de cada detalhe de nós. Quando se pensa assim, você se maravilha com pequenas coisas do seu dia-a-dia, assim como uma criança, e a vida se torna mais leve e bonita.

"Jesus porém vendo isso indignou-se e disse-lhes: Deixai as crianças virem a mim e não as impeçais, porque o Reino de Deus é dos que são como elas.
  Em verdade vos digo que qualquer pessoa que não receber o Reino de Deus como uma criança, jamais entrará nele." (Marcos 10:14-15)

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Livro a Bandeja de Lycia Barros


  Olá queridas!

  Finalmente estou aqui para escrever sobre minha nova escritora favorita, a Lycia Barros!!

  Lycia é uma romancista que já escreveu vários livros, mas recentemente o relançamento do livro A Bandeja-O despertar tem feito bastante sucesso em todas as livrarias, para quem dúvida, eu fiquei SEMANAS procurando nas livrarias para comprar, mas em todo lugar estava esgotado, finalmente eu encontrei ele numa Saraiva no shopping West Plaza e ainda por um preço bem "camarada". É possível comprar direto pelo site das livrarias ou pelo site da autora, porém como sou uma menina muito apressada e quero as coisas naquele exato momento sai "desesperada" pelos shoppings e lojas de rua de São Paulo.


  O livro conta a história de Angelina, uma jovem nascida em Petrópolis, no Rio de Janeiro que muda de cidade para estudar na faculdade, feliz por estar concretizando um de seus sonhos que era estudar Letras.

  Angelina fora criada em um lar cristão, com boa educação e com bons princípios, porém nessa nova fase ela se depara com ambientes bem diferentes do que está acostumada, com uma colega de quarto que só pensa em fumar, sem os seus melhores amigos por perto e em alguns momentos se sentindo sozinha, porém na faculdade ela esbarra em seu professor Rico (lindo e maravilhoso), do qual se apaixona e começa a conhecer sobre o amor, conhece novos sentimentos e vive novas esperiências, aos poucos deixa tudo que estava em sua "antiga" vida de lado para viver um romance com ele.

  Porém, nem tudo é o que parece, Angelina se vê em uma situação da qual ela tem que escolher entre o que ela deseja, entre o que será melhor para ela e o que Deus deseja.        

  Bem queridas, por mim eu escreveria o livro todo aqui, mas como não posso dar spoilers e para vocês ficarem morrendo de vontade de ler eu terei que parar por aqui, rs.

  A Lycia foi uma benção em minha vida, A Bandeja me abençoou muito e me aproximou mais de Deus, o meio cristão estava precisando de uma escritora como ela, ainda mais pelo fato de ela ser brasileira, porque até hoje eu só conhecia a Robin Jones Gunn que também escreve romances cristãos, e também como a história se passa no brasil traz uma sensação de maior identificação.

  Se você está com o "pé atrás" de ler um livro cristão achando que será algo sem sal e sem açúcar, procure no Google sobre o livro e você só lerá boas críticas, e eu te garanto que o livro realmente tem uma história interessante e que te deixa doido para saber o que virá a seguir, eu devorei o livro em dois dias e ainda ouso a comparar Lycia Barros com a "gigante" Nora Roberts.

  Uma boa notícia é que também há a continuação dessa história, dessa vez contando sobre Rico, o livro Entre Mente e Coração. Ainda não li, estou procurando para comprar, e assim que terminar de ler postarei a resenha.

  Eu indiquei o livro para todas as minhas amigas e elas estão in love pela Lycia.

  Ela está em várias redes sociais, e é uma fofa, responde a todas no Facebook, você pode acessar a página oficial dela clicando aqui e também pode conferir no site os trabalhos, conhecer mais sobre a autora e até baixar o primeiro capítulo dos livros, é só clicar aqui.

  Quem acompanha o blog a algum tempo sabe que meu maior sonho, mais do que viajar o mundo e etc é escrever um livro, e a Lycia só me incentiva ainda mais em pensar que um dia esse meu sonho pode se tornar uma realidade, porque para quem sempre está de olho no mundo literário de lançamentos novos sabe que é difícil escritores brasileiros terem muito destaque nesse meio, porém A Bandeja está sendo uma explosão estando entre os mais vendidos de todas as livrarias que frequento e em vendas pela internet.

  Espero que gostem.

  Se você que está lendo esse post já fez resenha de A Bandeja ou de algum outro livro dela deixe seu comentário aqui para que possamos conhecer seu blog.

  Beijos!

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Ciúmes: o que não fazer


  Olá, queridas. Tudo bem?

  Nesse último sábado no programa Escola do Amor, na rede Record, o tema foi "Ciúmes excessivo". Confesso que minha mãe já havia me dito a maioria das coisas que o casal de apresentadores e a psicologa disseram, porém eu nunca havia entendido por completo, achava que só era cisma de mãe.

  Enfim, o que mais me chamou atenção nesse programa e que senti necessidade de compartilhar com vocês são alguns estudos que foram feitos relacionados ao ciúmes.

  De acordo com pesquisadores, estudos indicam que quanto mais ciúmes a pessoa tem, maior é a chance de ela ser traída. Isso porque as vezes o parceiro (a) realmente não tem nenhum affair fora do relacionamento, mas com as cobranças e crises de ciúmes ele passa a observar ao redor.

  Por exemplo:

  "-Você viu aquela piriguete da sua prima de olhando?"

  Ele poderia não ter notado antes, mas vai começar a reparar a partir de agora.

  Você, ciumenta tem que parar de chamar a atenção dele para as outras mulheres, sei que ultimamente tem muitas mulheres que não respeitam nem a si mesmas e muito menos o relacionamento e compromisso de um casal, na verdade, parece até que algumas preferem homens comprometidos, mas você, que está lendo esse texto tem que ser esperta e não chamar atenção para elas.

  Por exemplo, suponhamos que seu namorado ou esposo tenha uma prima que se insinua para ele, e é claro, você ficará brava e vai brigar com seu namorado ou com ela, porém você não deve fazer isso, seja inteligente e não dê vexame pois:

  1° ele pode não ter percebido, e se você falar algo ele poderá ficar com o ego inflado e passar a observar tal pessoa, afinal, quem não gosta de saber que é desejado?

  2° ele já percebeu que fulana fica dando mole, e com você apontando toda vez que ela "destila seu veneno de cobra" vai estar fazendo ele prestar atenção na "jararaca", sendo que isso é a última coisa que você quer pois ou ele vai observar com mais atenção o que ela faz ou ele ficará irritado com seu ciúmes e vocês vão discutir, e você vai ficar com ainda mais ciúmes pois em sua mente vai parecer que ele está defendendo a "amiguinha".

  Sim, eu sei que não é fácil se controlar, mas sejamos sinceras, quando estamos com ciúmes as vezes vemos as coisas diferentes de como são, e a raiva queimando faz com que tomemos atitudes que depois nos arrependeremos ou magoaremos alguém.

  Então, retomando. Se ver alguém dando em cima de seu namorado, nada de chamar atenção dele para a outra, segundo, tenha calma, respire quantas vezes for necessário para não fazer feio, se precisar, quando tiver mais calma converse com o boy a sós mais tarde.

  Lembre-se que ninguém é dono de ninguém, e não há quem se sente confortável ao ser cobrado ou ao estar em um interrogatório. Se realmente ama a pessoa que está ao seu lado vai aprender a respeita-la e não trata-la como um objeto só seu e intocável.

  O ciúmes está muito presente em nossa cultura, porém ele pode destruir o seu relacionamento se não aprender a se controlar.

  Bem, queridas. Essa foi a lição que aprendi nesse último programa da Escola do Amor. Os posts sobre relacionamento sempre estão entre os mais acessados da semana, o que me leva a concluir que tem muitas pessoas com dúvida ou curiosidade sobre assunto, sendo assim postarei mais sobre o assunto. Então fique de olho no blog para conferir.

  Abaixo tem o programa que me deu inspiração para esse post.



  Para descontrair, assista essa paródia do Galo Frito dá música This girl is on fire.


quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Dani Fernandes no blog Poucas Palavras!

  Olá queridas, nessa semana eu participei da TAG do blog Poucas Palavras, nesse post a dona do blog Jessica Clarissa fez algumas perguntas para blogueiras que ela queria indicar no blog e respondemos.

  Vocês podem conferir o post acessando o link http://poucaspalavrasj.blogspot.com.br/2014/08/de-blogueira-para-blogueira.html

  Eu adorei o blog e essa TAG, achei muito interessante, espero que vocês também gostem.

  Beijos!

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Eu não tenho amigos


  Muitas pessoas se sentem sozinhas e sem amigos, talvez você que esteja lendo esse texto também se sinta assim, porém, cá estou eu para dizer a você para não ficar triste por isso. Em meus poucos mas bem vividos vinte anos descobri que a quantidade de amigos nada tem a ver com a felicidade, pelo menos não com a felicidade verdadeira, pois com o tempo você descobre que não tem tantos amigos como achava que tinha e que a maioria eram só colegas que gostavam de curtir bons momentos com você mas que quando você não está numa posição boa eles se afastam e parece que nunca foram próximos.

  Acontece, é normal. Porém quando essas pessoas se afastam de você por motivos fúteis e você percebe que só estavam interessados em quem você aparenta ser e não com quem realmente é, você deveria até ficar aliviada!

  Com o tempo aprendi a dar valor para os momentos mais simples mas valorosos, aqueles com a família e com os poucos amigos que ficam por perto.

  Também tenho em mim que é preciso respeitar a sua própria personalidade, tem pessoas que são muito comunicativas e estão sempre cercadas por um aglomerado de pessoas contando alguma coisa engraçada, acredito que você que está lendo esse post provavelmente não é assim, e não tem nada de errado não ser uma "celebridade" nos lugares que você costuma a frequentar, cada um tem uma personalidade, e algumas pessoas, como eu e talvez você, preferem ser mais observadoras e ouvir mais, com isso não estaremos sempre nos holofotes porém quando você descobre quem realmente é, acaba se agradando com isso e descobrindo outros prazeres além de estar numa roda de amigos chamando atenção, como estar longe daquela "galera barulhenta" de sua sala ou trabalho e conhecer alguém diferente de todos e que tenha verdadeiramente um papo interessante. São poucos assim, mas os que são compensam vinte amigos "de balada".

  Por algum tempo atrás eu até tentei ser diferente, estar no centro das atenções, mas não estava sendo eu, e descobri que é bem melhor observar mais e falar em momentos oportunos pois evitamos de falar besteiras, observamos as pessoas e sabemos quem é flor que se cheire ou não, e não temos aquela mania feia de querer falar mais alto do que os outros para chamar mais atenção e causar todo aquele barulho de pessoas alimentando seu ego.

  Se por um acaso você está solteira e acha que só será feliz quando estiver namorando com alguém, está enganada minha amiga, não vou negar que namorar, ter alguém do seu lado é muito bom, mas se não aprender a ser feliz sozinha você terá vários problemas no relacionamento, como ciúmes excessivo, insegurança e etc. Apesar de isso ser muito clichê, é verdade.

  Então, o que vale é primeiro você conhecer a si mesma e aceitar que talvez você não seja um tipo de pessoa que está sempre em meio a um amontoado de pessoas, mas mesmo assim é feliz com os poucos amigos que tem, pois não importa a quantidade, mas a qualidade.

  Se por um acaso você é tímido demais e acha que ninguém gosta de você ou que não é boa o suficiente para estar perto de determinadas pessoas, talvez você precise de ajuda, converse com uma pessoa que seja mais experiente ou com um profissional.

  Bem meninas, por hoje é isso, vamos nos amar mais e ser feliz, quando estamos felizes ficamos até mais bonitas.

  Beijos.

domingo, 10 de agosto de 2014

Existe uma pessoa escolhida para ficar comigo?


  Será que Deus prepara uma determinada pessoa para você? Com certeza essa dúvida me correu por alguns anos, eu vivia procurando na internet a opinião das pessoas e enfim chegou o momento de eu mesma falar sobre isso aqui no blog.

  Sinceramente, eu ainda não posso afirmar para vocês se existe uma pessoa determinada para você por Deus ou que isso é uma escolha só sua. Vou contar para vocês o que aconteceu comigo, e o que aprendi até agora.

  Eu sempre tive para mim que Deus sabe de tudo e que ele sabe tudo o que vai acontecer, acredito que nós não fomos feitos para ficar sozinhos e acreditava que Deus antes da gente nascer sonhou que nós ficássemos juntos com uma outra pessoa determinada para nós. É claro que em alguns momentos eu ficava em dúvida dessa minha teoria, se tinha alguém já determinado para nós então porque existem muitas pessoas que estão solteiras? Porque então o pastor orienta a gente à orar antes? Porque tem tantas pessoas que terminam namoros que pareciam perfeitos?

  Fui crescendo e amadurecendo, passei a pré adolescência e o período cheio de hormônios, chegando aos dezoito anos com minha promessa feita com Deus (havia orado quando aceitei Jesus e firmado um compromisso com Deus de que não iria namorar antes de completar 18), então essas dúvidas começaram a surgir, fiquei aberta a conhecer pessoas e me apaixonar, mas eu ficava um tanto confusa, achava que eu ia olhar para alguém e BANG estaria apaixonada e saberia que aquele cara seria o amor da minha vida e meu futuro marido, porém vi que não era assim.

  Conheci alguns caras legais, mas sempre tinha alguma coisa que ia contra os meus princípios ou ele tinha alguma mania que eu jamais ia suportar aguentar a longo prazo. Depois de alguns meses resolvi parar com essa paranóia e "deixar as coisas rolarem".

  Quando comecei a conhecer o Cassiano (meu namorado) e comecei a gostar de quem ele era, ficava na dúvida se era ele quem Deus tinha escolhido para me casar, fiquei meses orando e esperando pelo tal BANG que sentiria e mudaria minha vida, porém nesses meses de oração o que aprendi com Deus, minha mãe e pastores foi :

1° Ele ama a Deus? Ele vai entender meus momentos com Deus, compartilhar a palavra e orar junto comigo? Ele vai viver comigo e com Deus dentro da vontade dele? 

Isso é muito importante, é o famoso julgo desigual. Se você é uma mulher cristã e decidir ter uma relação com quem não compartilha da mesma fé que você ou que não admita que você vá a igreja ou ainda faça piadas da sua fé, com certeza te dará um problema no futuro, sua fé é algo muito importante na sua vida, mais do que um relacionamento amoroso com um homem, e você deve pensar mil vezes sobre isso antes de tomar uma decisão.

  Não estou criticando quem não é cristão, mas seja qual for a crença, ficar com alguém que não tem o mesmo estilo de vida ou princípios é algo bem complicado.

  Se você estiver mesmo apaixonada por alguém que não seja cristão e escolher ficar com ele, mais tarde você poderá se afastar de Deus ou ele se aproximar de Deus, mas na maioria das vezes não da para saber como vai ser e você pode se magoar, mais uma vez, se ele não tiver a mesma crença do que você pense bem antes, para depois não correr o risco de se arrepender ou machucar seus sentimentos.

2° Eu realmente gosto dele ou são só os hormônios? 

Ah, os hormônios! Eles são muito perigosos! Quando estamos "queimando" por dentro acabamos vendo as coisas de maneira diferente, achamos que estamos tomando a decisão certa mas podemos só estar tomando decisões e arranjando motivos para podermos dar um beijo naquele cara bonito, e depois que isso acontece você fica pensando "onde eu estava com a cabeça?". Por isso, aprendi em meu tempo de oração que nada como o tempo, apesar de é claro sentir atração por tal pessoa, com o tempo você conhece realmente a pessoa e a si mesma, e vai ter a certeza se realmente gosta dele.

3° Meus pais aprovam? 

Um ponto também importante, quando tive certeza que estava realmente apaixonada eu fui conversar com o pastor da igreja, e ele disse que se eu tinha que pedir a benção de alguém para isso, era para Deus e para minha mãe, talvez isso tenha sido uma resposta de oração. Minha mãe sempre soube de minhas paixonites durante a vida e nunca aprovou nenhuma, orei a Deus pedindo para que se fosse da vontade dele para minha mãe aprovar.

4° Ele demonstra gostar de mim de verdade e quer um relacionamento sério? 

Isso é algo muito, muito importante. Você precisa observar as atitudes do boy e ver se ele quer mesmo um compromisso sério com você ou só quer curtição. Observe tudo antes de tomar alguma decisão para depois não se machucar.

  Com esses pontos que aprendi, conclui que talvez não tenha um pessoa específica para estar conosco, talvez não seja assim tão fácil de descobrir, mas um relacionamento não é algo muito fácil, você tem que amar o próximo e os dois tem que se moldar de acordo com as situações, mudar algumas manias, aprender coisas novas, renunciar algumas coisas. Os dois tem que fazer dar certo e com o tempo vão conhecer sentimentos bem diferentes do que imaginaram um dia, é uma coisa maravilhosa estar com alguém, "achar a costela perdida", mas não é como um passe de mágica como a afirmação de "existe alguém determinado" sugere.

  Porém, sei que Deus sabe de todas as coisas, talvez ele já saiba desde sempre que os seus caminhos te levariam a tal pessoa, concluo que, Deus quer que você fique com alguém que te faça feliz, que te ame e respeite, a decisão cabe a você, mas orar a Deus e perguntar se ele aprova tal relacionamento ou perguntar como ele pode melhorar o seu relacionamento atual faz muita diferença. Deus nos deu o livre arbítrio e não somos "forçados" a ficar só com tal pessoa para dar certo.

  Bem, queridas. Essa é minha opinião, não estou dizendo que é certa ou não, mas isso foi o que aprendi, e a dois anos meu relacionamento tem dado certo e sou muito feliz.

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Eu gosto mesmo é de ser má!


  O título desse post é polêmico para algumas pessoas, principalmente para os moralistas de plantão, porém essa é uma frase que sempre uso no meu dia a dia.

  Estou cansada de tanta hipocrisia e de pessoas gostando de coisas erradas, não sou do tipo de pessoa "barraqueira" e que cria caso com tudo o que acontece, porém não consigo engolir aquilo que vejo e sei que é errado, simplesmente não posso ficar quieta e passar a mão na cabeça da pessoa, claro, infelizmente não posso sair por ai dizendo tudo o que penso, pois se não irei magoar muitas pessoas e causar diversos problemas, quem sabe até um processo (risos), mas sempre descubro um "jeitinho" de dizer a verdade, ou seja, falo a verdade mas tento "florear" o máximo para não causar escândalo. Tudo porque as pessoas querem viver num mundo onde tudo é sempre bonitinho e fecham os olhos para as coisas ruins, a escuridão, o ilegal, alguma pessoas simplesmente escolhem ignorar certos acontecimentos para seguir com a vida sem "nenhum problema".

  Se vocês pudessem me ouvir agora, eu estaria gritando "isso é um absurdo!!!!!".

  Já não me sinto mais chateada quando as pessoas dizem que sou ruim ou ficam com raiva de mim por eu dizer a verdade, cada um escolhe a vida que quer ter e eu escolhi andar na luz, na verdade, sem fechar os olhos para o que está de errado na minha vida.

  Acho um absurdo, as pessoas evitarem quem fala a verdade para elas e amarem aquelas que as enganam e que mentem bem bonito para sua vida ficar perfeita superficialmente, e o pior, as pessoas sabem que estão sendo enganadas e mesmo assim odeiam quem fala a verdade e amam quem as ilude com mentiras tão, tão, tão ridículas que nem uma criança de seis anos pode acreditar.

  Mas então o que fazer? As vezes me sinto como alguém que grita sem parar para um penhasco, querendo que alguém escute mas na verdade está sozinho. Não sei o que fazer, não sei se tem algum remédio para você que se sente assim como eu, mas eu não entrarei nesse jogo de mentiras, prefiro encarar a realidade por mais que ela seja feia e imunda, e me nego a enganar as pessoas e fingir que tudo está bonito enquanto a vida dela é uma desgraça, tudo porque a pessoa escolhe confiar e acreditar na pessoa errada.

  Todos conhecem a passagem de Corintios na Bíblia que fala sobre o amor, pois é...o amor não é egoísta, o amor não engana, então como certas pessoas podem cair na historia de que são amadas sendo que as atitudes demonstram totalmente ao contrário?

  Dizem que sou ruim, que não tenho atitudes cristãs e que sou muito dura com algumas pessoas, mas não é isso, não saio por ai arrancando corações ou agredindo ninguém, mas ser bom não é ser bobo! Jesus se sentou a mesa com pessoas que não eram "bons cidadãos" e mesmo assim não se envolveu nas práticas deles e nem disse que o que faziam não era errado.

  É idiotice fechar os olhos para o que acontece de errado, não admitir isso e ficar andando em circulo a vida toda, é ridículo!

  Eu prefiro ser a vilã da história do que ser a "mocinha coitada", que na verdade só mente, engana e trapaceia à todos que tentam ajuda-la mas depois se finge de coitada, aliás, se for para ter que competir com esse tipo de "herói" que de heroico não tem nada, eu até que fico muito feliz por ser a vilã e as pessoas dizerem que eu sou ruim.

  Sei que não sou a única que passa por isso, a questão é que as pessoas não gostam de quem fala a verdade, preferem viver num mundo de vaidades, futilidades e mentiras, e quem joga a "verdade" no ventilador é quem é o vilão por "tentar estragar os bons momentos" ou "não confiar nas pessoas". Saber que não sou a única a pensar desse jeito é como se fosse um bom banho depois de um dia cansativo, afinal ainda há esperança de que um dia mais pessoas abram os olhos, parem de fingir que tem uma vida perfeita e tentem resolver seus problemas.

  Acredito na Bíblia, e ela diz que não há segredo que não será revelado! É nisso que creio e espero.

Guardiões da Galáxia


  Dia 31 de julho estreio o novo filme da Marvel, o Guardiões da Galáxia.

  Fiquei algumas semanas ansiosa para a estréia do filme, pois vi o trailer algumas vezes no cinema e adorei. Enfim, o filme é muito bom, tem uma história interessante e é bem engraçado.

  O filme, conta a história de um humano, que se denomina "Senhor das estrelas" que foi raptado da Terra após a morte de sua mãe, ele se torna um saqueador das galáxias, vivendo de roubos e vendas dos mesmos. Um dia ele vai atrás de um esfera que prometeram-lhe pagar uma boa quantia por ela, na busca ele quase morre, e começam a perseguir ele por causa dela, ele não sabe o que ela faz, mas decide não vende-la a ninguém pois é obvio que ela é muito importante e provavelmente seja uma arma que não pode cair em mãos erradas.

  Enquanto ele foge, acaba conhecendo um guaxinim que não se acha um guaxinim e uma outra criatura que parece ser uma árvore que querem raptar o "senhor das estrelas" pois estão oferecendo uma alta recompensa por ele, algumas desventuras acontecem e eles acabam indo para a cadeia, mas graças a esperteza e experiência do guaxinim que já fugiu de mais de 20 cadeias eles conseguem fugir e outros dois se juntam a turma, uma moça verde e um fortão que só quer se vingar.

  Eles tem que proteger a tal "esfera" das mãos do vilão do filme, descobrem que ela é uma arma do infinito e que pode destruir um planeta inteiro, e dar muito poder a quem tiver ela, porém eles tem que fazer o que puderem para salvar o planeta sozinhos, pois eles não são os mais queridos entre as galáxias e tem muitas pessoas os perseguindo.

  Muitas outras coisas acontecem no decorrer do filme, e apesar de estar morrendo de vontade de contar, infelizmente não posso falar tudo pois se não vou contar o final.

  Eu adorei o filme, e estou super animada para ver a continuação.

  Confira abaixo algumas imagens do filme e o trailer oficial.









  O elenco conta com o Vin Diesel, Glenn Close, Zoe Saldana, John C. Reilly e o ator principal do filme Chris Pratt. Uma curiosidade é que Chris teve que emagrecer MUITOS quilos para poder viver o herói do filme. Veja a diferença:


  Eu achei que era mentira, que as fotos não batiam....mas você pode conferir essa notícia no site da globo e em outros veículos conhecidos.