sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Culto das princesas com Sarah Shevaa

  O Estadão fez uma reportagem sobre o Culto das Princesas, quem ainda não conhece esse trabalho da queridissima Sarah Shevaa pode ter uma noção da benção que é.

  "Se não serve para ser amigo, não serve para ser marido" Sarah Shevaa.


Ele chegou


  Por anos sonhei em viver algo assim, procurava ansiosa por todos os lados em busca de viver aquele tão falado amor, ficava irritada quando pessoas me diziam que ele viria quando não estava esperando, e estava até mesmo cansada de escrever sobre isso e ler que ele só viria quando não precisasse dele. Pois é, tenho que admitir que estavam certos, ele só veio quando não precisava, quando me sentia tão bem comigo mesma que não sentia nenhuma necessidade de te-lo por perto, como fora por tanto tempo.

  Confesso que não foi nem um pouco fácil aturar minhas manias, e minha ideia de que só podia ser livre se estivesse solteira, fiz algumas burradas e disse coisas que não devia, mas quem nunca falou o desnecessário?

  Descobri que realmente, o amor vem quando não sentimos a necessidade dele, quando não estamos ansiosos, quando estamos de bem com nós mesmo, também descobri que estar acompanhada é muito melhor do que sozinha, não que ser solteira não seja bom, aliás é uma maravilha, porém estar acompanhada por alguém também é maravilhoso.

  Agora sei como é olhar para alguém e pensar "como eu te amo", também sei como é ter medo de perder e entendo aquelas mulheres que sempre estranhei por chorarem quando brigam com o namorado, também sei como é o terrível o sentimento do ciúmes, e finalmente descobri o que era aquela "coisa" que faltava em minha vida, você.

  Dani Fernandes

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Natal 2012: Isaias 9


  Contudo, não haverá mais escuridão para os que estavam aflitos. No passado ele humilhou a terra de Zebulom e de Naftali, mas no futuro honrará a Galiléia dos gentios, o caminho do mar, junto ao Jordão.
O povo que caminhava em trevas viu uma grande luz; sobre os que viviam na terra da sombra da morte raiou uma luz.
Fizeste crescer a nação e aumentaste a sua alegria; eles se alegram diante de ti como os que se regozijam na colheita, como os que exultam quando dividem os bens tomados na batalha.
Pois, tu destruíste o jugo que os oprimia, a canga que estava sobre os seus ombros, e a vara de castigo do seu opressor, como no dia da derrota de Midiã.
Pois, toda bota de guerreiro usada em combate e toda veste revolvida em sangue serão queimadas, como lenha no fogo.
Porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado, e o governo está sobre os seus ombros. E ele será chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus Poderoso, Pai Eterno, Príncipe da Paz.
Ele estenderá o seu domínio, e haverá paz sem fim sobre o trono de Davi e sobre o seu reino, estabelecido e mantido com justiça e retidão, desde agora e para sempre. O zelo do Senhor dos Exércitos fará isso. 
Isaías 9:1-7

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Festas infantis


  Bom dia caros leitores, tudo bem?

  Esse é mais um post da tag Dani Fernandes. 

  Como estão sendo as férias de vocês? Eu continuo tendo que ir trabalhar, mas só o fato de poder acordar um pouco mais tarde e saber que passei de semestre na faculdade já é um baita alívio, mas férias não será o tema deste post, hoje iremos falar de festas infantis. 

  Eu costumo sempre ficar muito animada para ir a festas infantis, por ver que aquela criaturinha fofa está crescendo e eu faço parte da vida dela e em segundo lugar pelas guloseimas maravilhosas (hahaha atire a primeira pedra quem nunca foi a uma festa pensando no brigadeiro), coxinha, bolinha de queijo, esfirra, brigadeiro, beijinho, bolo e por ai vai. É uma explosão de gostosuras e de calorias. 

  Outra coisa muito importante que vale lembrar diante desse tema, é o estranho costume de alguns pais em colocar o rosto da criança no bolo, gente, o que é isso? Só eu que não me sinto bem comendo um pedaço de bolo olhando para o olho de uma criança? Gente...isso não é normal não... Como se essa sensação já não fosse ruim, no momento em que são distribuídos os pedaços, crianças enlouquecidas e tios orgulhosos ficam gritando, amontando-se e competindo um com os outros quem pegará o olho, a boca ou o nariz. Só eu que acho muito, muito, muito estranho ouvir alguém gritar "eu quero o nariz dele, me dá o nariz!", gente...repito mais uma vez: isso não é normal não. 

  Passado o corte do bolo, vale ressaltar também como as crianças ficam extremamente elétricas, elas que já são espuletas em dias normais, dentro de casa, ao saberem que estão numa festa, cheia de outras crianças por perto e ainda comendo docinhos e tomando refrigerante adoidado, ficam mais entusiasmadas do que de costume, isso pode ser uma combinação perigosa! Elas correm de um lado para o outro, não querem nem saber dos pais ou dos tios, brincam com crianças que acabaram de conhecer como se fossem irmãos, inventam umas brincadeiras malucas, derrubam refrigerante no chão e pisam em cima deixando aquela meleca preta que gruda, até o momento em que resolvem brincar de pega-pega. Esse é o momento que deixa muitos adultos com o coração na mão.

  As crianças começam a correr descontroladas de um lado para o outro gritando e esbarrando no seu braço, fazendo com que a sua bolinha de queijo caia no chão, ai algum adulto resolve tomar alguma atitude e dá AQUELE grito mandando elas ficarem quietas, até que em algumas vezes elas obedecem, vão se abastecer tomando um refrigerante e logo voltam a correr. É impressionante como as crianças ficam diferentes nessas festinhas, elas só querem saber de correr, correr, correr, não ligam nem para os pais. 

  E quando a festa é na casa de alguém e mora um cachorro lá? Coitado...

  E a música? Ficar ouvindo por pelo menos três horas músicas do Patati Patatá, Xuxa e Galinha Pintadinha não é fácil. 

  E então, o relógio marca 22hr, momento em que as pessoas começam ir embora, mesmo aos protestos e manhas das crianças, porém esse protesto dura até ela chegar no carro, aliás, que tipo de magia há no carro? A criança senta dentro do carro e dorme, e dorme até o dia seguinte. E depois de toda essa loucura ao olhar aquela linda criatura dormindo calmamente nos dá aquele sentimento no coração de valeu a pena, e só conseguimos agradecer a Deus por esses momentos abençoados e por essas coisas que amo ir a festas infantis.

Deus perdoa


  Atire a primeira pedra quem nunca fez uma burrada na vida, quem sabia que estava fazendo errado e mesmo assim fez, ou até mesmo que não sabia onde estava se metendo e só percebeu que era uma roubada depois de sentir as consequências desastrosas.

  Você que é cristão e está lendo esse texto pensando que ele não serve para você pois você não bebe, fuma, não faz nada de errado, digo a você que está tremendamente enganado. Aliás, deixo aqui um sentimento, que estou farta de encontrar cristãos que se acham melhores do que os outros e tão puros e sem pecados que pensam ter o direito de julgar os outros, como está na Bíblia ""Por que você repara no cisco que está no olho do seu irmão, e não se dá conta da viga que está em seu próprio olho?
Como você pode dizer ao seu irmão: ‘Deixe-me tirar o cisco do seu olho’, quando há uma viga no seu?
Hipócrita, tire primeiro a viga do seu olho, e então você verá claramente para tirar o cisco do olho do seu irmão. 
Mateus 7:3-5" .

  Confesso que em alguns momentos da minha vida fui pega me sentindo uma "vice querubim", perdida em meus muitos pecados ocultos, mas conhecidos por Deus, depois de muito bater com a cara na parede, aprendi que nós como humanos, falhos pecamos quase todo o tempo, pequenas atitudes erradas que para Deus são pecados, e como todos ouviram dizer pelo menos uma vez "não existe pecadinho e pecadão, é pecado.". Contar uma mentirinha para fazer com que a professora aceite seu trabalho depois da data marcada é pecado da mesma maneira do que usar drogas é.

  Então você diz que já sabe que tem pecado, agora a questão é, você já pediu perdão a Deus por isso?

  Deus enviou seu único filho para nos morrer, ressuscitar e nos dar a vida eterna pois ele sabe o quanto nós pecamos, e cá entre nós, se ficarmos sacrificando animais para remissão dos nossos pecados há centenas de  séculos eles já estariam extintos não é mesmo?

  Viva a graça de Deus, ao Seu amor. Converse com o pai e retorne aos seus caminhos.

  Deus abençoe.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Natal 2012:Ceias de natal ao redor do mundo

  Boa noite, queridos, tudo bem? Estamos vivendo dias muito quente não é mesmo?

  Como quem acompanha o blog sabe, o Cortando as Tranças está com uma série de posts com temas natalinos, já falamos da história da árvore de Natal e sobre os amados pisca pisca, hoje vou apresentar a vocês alguns dos pratos típicos dessa data em casa país.

  Brasil:



Como não começar citando a típica ceia brasileira, com peru, feijão de corda, aquela farofa maravilhosa, cuscus, castanhas, tender, frutas e por ai vai.


  Portugal:





  Tão rica e farta mesa portuguesa, com bolo rei, rabanada, bacalhau cozido, batatas ao murro e entre outras delícias como bole rei.

  
  Estados Unidos:





  Para saber o que é tradicional numa mesa americana, pedi ajuda ao Steven Rowe que me contou que sua família costuma comer ham (aqui conhecido como tender),mashed potatoes (que são as batatas da primeira foto), lima beans (um tipo de feijão), corn (pipoca) e cranberry sauce (um tipo de molho com uma fruta que não sei como se chama em português, está na segunda foto) e também nossa popular lasanha. Thanks Steven!

 
  França:




  Os franceses costumam comer fígado de ganso, salmão defumado, Bûche Nöel que é esse doce parecido com um rocambole, torrones, amendoas entre outras gostosuras.

  Bem queridos, por este post é isso. Aguardem o próximo post da tag Natal 2012.

  Deus abençoe.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Olá!


  Booooa noite!

  Como vocês estão?

  Estamos vivendo um calor do Egito não é mesmo? Ai que saudades do frio! Não que eu não goste de calor, mas ter que ir trabalhar em um onibus lotado, numa cidade como SP onde só tem asfalto e você se sente um arroz cozinhando não é uma sensação muito agradável. E por mais estranho, revoltante e maluco que seja, passamos a semana toda indo trabalhar com um calor insuportável e quando chega o tão esperado final de semana, quando vamos viajar, podemos ir para a picina ou simplesmente tomar água de coco no parque, o sol resolve descansar também e coloca como substituto muitas nuvens de chuva. Pois é, fatos assim me fazem rir e pensar como eu amo a minha cidade. 

  Do que esse texto fala? Bem, ele não tem apenas um tema, já há algum tempo que não escrevo para a minha tag Dani Fernandes então nesse post vamos somente "papear".

  Falar do nosso atual clima de deserto me lembrou que estamos na época do ano onde todos que não estão ou não se sentem no peso ideal mais pensam e fazem promessas para emagrescer, eu, como uma bela "fofinha" (como me chamam por ai) não podia deixar de fazer minhas promessas para chegar no meu peso ideal, sim, digo promessas, porque normalmente meus planos para ficar "sarada" nunca saem do "eu vou". A promessa da vez é de comprar um bicicleta e me exercitar pelo menos três vezes por semana, digo o tempo todo para mim que realmente vou comprar uma bicicleta e me exercitar, espero sinceramente que dessa vez esse meu plano aconteça. 

  Aliás, falando em bicicleta, há algo que vocês meus leitores deveriam saber. EU NÃO SEI ANDAR DE BICICLETA, sim, isso mesmo! Como uma pessoa que já está na faculdade ainda não aprendeu andar de bicicleta? Pois é, eu não sei...

  Por falar em faculdade...vocês devem ter percebido minha ausência no blog não é mesmo? Me perdoem, mas final de semestre é complicado, até o tempo em que se demora no banho é calculado para não roubar o tempo que pode ser dedicado aos estudos. Fogo, mas vale a pena. A boa notícia é que as aulas estão quase no fim e logo menos terei bastante tempo para escrever.

  Ah, as doces férias! Festas de final de ano S2

  Esse ano comecei uma série de posts sobre o Natal, porém tenho que admitir que passar as festas de fim de ano sem meu pai e minha irmã não me deixa muito animada para comemora-las. Aliás, beijo pai, beijo mana, beijo Helena, beijos a todos os meus leitores de Portugal também, minha terra querida! 

  Esses dias que tenho estado afastada do blog me deixaram com muita saudade, e tenho uma novidade para vocês, o blog já está com mais de 20 mil acessos! Glória a Deus! Obrigado a todos vocês que teem acompanhado e divulgado. Nos ultimos meses tem surgidos muitos leitores dos Estados Unidos, then I send an special hello to you! God bless you so much!

  Estou com problemas para acessar o Twitter do meu computador, por isso não tenho estado por lá, mas estou na página oficial do Cortando as Tranças no Facebook, assinem e saibam das novidades do blog! https://www.facebook.com/CortandoAsTrancas?ref=hl

  Ufa, esse texto foi "corrido" não é mesmo? Aliás, como é um post da minha tag, nada mais do que dever de ter a minha cara, de ter o meu jeito corrido de falar, onde vou falando e lembrando de assuntos mais variados, quem me conhece sabe que se deixar eu falo até o dia amanhecer, hehehe. 

  Bem, por hoje é só queridos, até a próxima! Deus abençoe!



terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Mil maneiras de ser, um eu.


  Os dias passam e continua aquela incerteza sobre suas escolhas, será que estou tomando as atitudes corretas? Será que o caminho que escolhi está certo? Porém ao mesmo tempo que tem esses tipos de pensamentos tem a certeza que não poderia fazer de maneira melhor e mais segura. Segurança, essa é a palavra que move todas as suas atitudes, desde pequena fora assim, se não sabia onde iria pisar não saía do lugar, sabe também que nem sempre esse gosto pela segurança era favorável a si. Em alguma ocasiões até apostara experimentar coisas novas, deixar levar-se pela incerteza, mas foram raras ocasiões como a vez que experimentou ostra, ou que fora a um show de rap em uma comunidade.

  A sociedade, os comerciais e novelas pregam como é bom viver uma vida louca, sem moderações ou muita responsabilidade, e se algo der errado, bem...pelo menos terá uma história para contar, porém sabe que na prática não é assim, pelo menos com você não.

  Vive mergulhada nesse estranho mundo de pensamentos diversos, hora ama como leva a sua vida, hora arrepende-se de não ter arriscado mais, talvez vivido mais. Por mais que seus pensamentos e sentimentos sejam confusos, e pareça a cada momento viver uma fase de si diferente, não se sente decepcionada com o seu eu, mas satisfeita, por seu eu ter diversas formas, cores o gostos, hora é uma recepcionista dedicada da biblioteca municipal, hora é uma soldado do exército que não sabe como será o dia de amanhã.