sábado, 26 de dezembro de 2015

Férias: Itens essenciais para uma viagem


  Para quem não sabe em Janeiro eu farei meu primeiro Cruzeiro, falta menos de um mês e já me preparei comprando os itens essenciais para a viagem, e quero compartilhar com vocês para quem também irá tirar férias o que não pode ser esquecido de levar na mala.

DOCUMENTOS E DINHEIRO: Esse é o primeiro item da lista pois sem eles você não vai a lugar nenhum, certifique-se estar com a documentação necessária em dia, jamais esqueça de levar seus cartões e dinheiro vivo na carteira para alguma eventualidade. E se você vai para algum hotel ou cruzeiro leia atentamente as regras do local para não ter nenhuma surpresa.


  PROTETOR SOLAR: Esse é o item mais importante da sua mala, eu uso o protetor diariamente, e em qualquer viagem é necessário levar protetor para o corpo, rosto e para os lábios. JAMAIS esqueça deles.


  REMÉDIOS: Caso você faça uso regular de alguma medicação não esqueça de leva-la na hora de fazer as malas, numa viagem também é importante levar remédios "básicos" como para febre, dor de cabeça, azia e má digestão. Sempre esteja prevenida, pois nunca se sabe o que pode acontecer.

ASSESSÓRIOS DE BELEZA E HIGIENE: Não se esqueça de levar maquiagem, pente, prendedores de cabelo, escova de dentes, desodorante, absorventes, removedor de maquiagem e o que mais achar necessário para seus cuidados.
  ROUPAS E SAPATOS: ai que está a grande dúvidas, qual roupa levar? Será que estou levando o bastante ou será que estou esquecendo de algo?

  Meu lema é: mulher prevenida vale por duas, por isso prefiro levar coisa demais do que faltar.

  Levo duas ou três calcinhas por dia (nunca se sabe né), sutiãs, dois pares de meia, um vestido de festa para cada noite, dois ou três biquínis, uma roupa casual para usar durante o dia, uma saída de praia discreta para combinar todos os dias com meu humor, um par de chinelos, um sapato de salto e uma sapatilha.

  É MELHOR PREVENIR: Sempre levo cadeados para as malas, adaptadores de tomada, e duas malas, uma com as roupas, e outra de mão onde levo coisas de maior valor, como documentos, carteiras, câmera, carregadores, remédios, maquiagem, enfim... tudo aquilo que não quero que quebre. Cuidado com o cadeado, se você for uma pessoa esquecida é melhor deixar ele de lado, porque se perder a chave você passará por maus bocados.



  Por enquanto somente essas coisas estão incluídas na minha lista do que levar, aliás essa é mais uma dica para vocês, eu não gosto de perder nada e sempre gosto de ter tudo controlado, por isso sempre antes de ir viajar eu faço duas listas, uma com os itens que estou levando e uma outra lista com os mesmos itens só que com quadradinhos dos lados para marcar um X quando for conferir se estou levando tudo embora, assim eu nunca esqueço nada meu quando viajo.

  O que mais você costuma levar na viagem? Já passou por algum aperto por ter esquecido de algo?

Relacionamento: ninguém é perfeito


  Olá, queridas!

  Hoje falaremos de defeitos! O assunto é complicado, mas é fundamental aprender a lidar com ele se quiser que seu relacionamento dure.  Ninguém é perfeito, e quando se está num relacionamento com alguém esses defeitos ficam ainda mais a mostra.

  Quando se está com alguém há alguns anos as dificuldades e diferenças no jeito de ser e ver as coisas costumam aparecer,e ai você só fica com a pessoa se realmente ama-la e estiver disposta a lidar com isso.

  Eu sempre costumo dizer que estar com alguém é algo complicado, pois são duas pessoas que tiveram uma criação e costumes completamente diferentes que se juntam e tentam fazer dar certo a convivência entre os dois, e nessa hora não podemos ser egoistas demais e nem fazer todas as vontades do outro, complicado né? Mas vamos por partes.

  Reconheça os seus defeitos: Antes de olhar o erro do outro olhe para si mesma, examine a si mesma e veja onde estão suas falhas e como pode corrigi-las, é difícil mas é preciso porque você não pode exigir a mudança do outro sendo que você mesma não colabora.

  Quando estamos com alguém temos que aprender a abrir mão de algumas coisas e não levar tudo a ferro e fogo, porque se não você e seu namorado, ou esposo vão brigar o tempo todo.

  Aceita as diferenças do outro: Vocês tiverem uma criação completamente diferente, podem até combinar em muitas coisas e se darem bem, mas chega um momento do relacionamento que algumas ideias entrarão em conflito e é preciso maturidade para resolver essa situação. Quando sentir o sangue esquentando, antes de dar uma resposta mau educada ao seu parceiro, respire e tente mostrar o seu ponto de vista e tente entender o lado dele também, respeito é essencial.

  Você pode conviver com os defeitos dele? Veja se os defeitos e diferenças que ele tem são aceitáveis, há coisas que não são tão graves e podem ser "solucionadas" com uma bela conversa, como o fato dele ser bagunceiro, ou até mesmo o fato dele passar tempo demais na frente de uma TV, porém fique atenta com defeitos de caráter que são mais "difíceis" como bebedeiras, traições, ciúmes demais, agressões verbais ou físicas.

  Conversem:  Um casal deve resolver tudo conversando, é necessário estabelecer sempre um diálogo construtivo para solucionar os problemas entre os dois, mas veja bem.., eu disse um diálogo construtivo! Gritaria ou acusações não estão inclusas, se perceberem que estão se alterando e não conseguiram resolver nada além de trocar acusações, parem e voltem a conversar quando estiverem mais próximos.

  Não seja a única a abrir mão: Minha mãe e minha sogra sempre me disseram para eu nunca deixar meu namorado mau acostumado, fazendo tudo o que ele quer e não exigir o mesmo dele. Tomem cuidado com isso, sei que quando amamos alguém só pensamos em agradar o outro, mas tome cuidado para não esquecer de você, veja se seu parceiro também faz os mesmos "sacrifícios" por você.

  E por fim, não se esqueçam que um relacionamento é a dois e que as duas partes devem colaborar de forma madura e racional para construírem juntos uma relação cada vez mais forte e saudável, estar com alguém não é brincadeira e muito menos fácil, por isso as dificuldades devem ser resolvidas com base na razão e não na emoção, como os pastores da Universal dizem: um relacionamento inteligente.

  Você já passou por dificuldades para aceitar os defeitos do outro mas conseguiu supera-los? Conte para nós!

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Atualização, Dani Fernandes e Boris o gordinho


  Olá, meninas!

  Vocês devem ter notado a minha ausência no blog desde que ganhei o meu gorducho Boris de presente de aniversário de 3 anos de namoro, pois é... mas venho através desse post tentar me justificar e atualizar algumas informações.

  Para quem não sabe eu trabalho das oito da manhã até as seis da tarde, ou seja a maior parte do meu dia, quando eu chego em casa tenho que cuidar de mim e arrumar as bagunças que meu filho peludo faz, assim fico com pouco tempo disponível para vir aqui no blog e mante-lo sempre atualizado como antes. Ah, e como eu passo a semana toda trabalhando na frente de um computador quando chega o final de semana eu quero passar longe de tecnologia, hehehehe.

  Agora vamos atualizações sobre o Boris, ele completou cinco meses de vida, já está acostumado em casa, está muito sapeca como qualquer filhote e um grude como é típico de malteses.

  Estou muito feliz por poder tem um peludinho tão especial na minha vida, ela ficou muito mais gostosa e mais leve depois de sua chegada, acho que todos nós devíamos aprender com os animais pois eles sempre estão felizes, não guardam mágoas e não se preocupam com quase nada.

  Tenho tirado muitas fotos dele das quais tenho postado no meu Instagram e Facebook pessoal, porém no momento não conseguirei postar algumas delas aqui nesse post, pois já estou atrasada para ir trabalhar e porque tem um filhote impaciente comendo a beirada do meu notebook.

  Queridas leitoras que também amam seus pets, podem me indicar o blog de vocês nos comentários?

  Prometo que ainda essa semana escrevo mais posts para vocês!

  Até mais!

O caso Fabíola


  Nessa semana ficou popular um vídeo de uma mulher que foi flagrada entrando no motel com o cunhado. Na internet vi muitos comentários negativos que me revoltou e não poderia deixar de compartilhar com vocês sobre esse assunto aqui no blog.

  O caso é de uma mulher chamada Fabíola da qual foi flagrada entrando num Motel com o cunhado, o caso ficou famoso não apenas no youtube, mas também na televisão e até mesmo jornais, porém logo o machismo mostrou sua cara e me deixou estarrecida com a total diferença de tratamentos entre homens e mulheres.

  Fabíola, a mulher que traiu ficou taxada como vagabunda, safada e outros adjetivos piores, já o "gordinho" teve até montagem com troféu como "comedor do ano" e virou até letra de música, motivo de orgulho.

  Para inicio de conversa, traição não é algo bonito nem alegre, é algo que machuca, destrói famílias e que atrai muitos espíritos malignos (quem já passou por isso ou conviveu sabe do que estou falando), esse não é o tipo de situação que merece se tornar piada, e muito menos que terceiros fiquem dando opiniões.

  É inacreditável que em pleno 2015 uma mulher possa ser tão horrivelmente criticada, xingada e até agredida, enquanto o homem que cometeu o mesmo erro do que a mulher é visto como um herói, Isso é inaceitável.

  Pior ainda são mulheres, que sabem todos os dias as dificuldades que nós ainda encontramos perante uma sociedade machista e alimentam esse tipo de pensamento do qual a mulher é puta, vagabunda e homem é o herói, porque afinal o homem tem a carne fraca, mas a mulher que trai tem que apanhar, não é mesmo? ERRADO!

  Será que alguém parou para pensar em algum instante como a tal Fabíola está se sentindo? Toda agressão moral, e até física que recebeu? Será que ela não tinha os seus motivos? Quem sabe?

  Como as pessoas podem ficar do lado de um marido que humilhou a esposa expondo ela em toda internet sabendo como ela seria criticada e assediada, e até mesmo à agrediu no vídeo, como podem achar isso um ato de justiça?

  Cada dia que se passa fico mais decepcionada com as pessoas, com os homens que se acham superiores e que podem fazer tudo com a mulher, e com o grande grupo de mulheres que não reconhecem todo os esforços para conquistar nossos direitos e jogam tudo pelo ralo ao apoiar esse tipo de atitude.

  Infelizmente esse é um caso que não tem solução, respeito é algo que vem de berço, infelizmente não tenho fé de que um dia a grande massa pensará diferente, mas espero que através desse desabafo possa levar alguém a refletir sobre o assunto.