terça-feira, 22 de dezembro de 2015

O caso Fabíola


  Nessa semana ficou popular um vídeo de uma mulher que foi flagrada entrando no motel com o cunhado. Na internet vi muitos comentários negativos que me revoltou e não poderia deixar de compartilhar com vocês sobre esse assunto aqui no blog.

  O caso é de uma mulher chamada Fabíola da qual foi flagrada entrando num Motel com o cunhado, o caso ficou famoso não apenas no youtube, mas também na televisão e até mesmo jornais, porém logo o machismo mostrou sua cara e me deixou estarrecida com a total diferença de tratamentos entre homens e mulheres.

  Fabíola, a mulher que traiu ficou taxada como vagabunda, safada e outros adjetivos piores, já o "gordinho" teve até montagem com troféu como "comedor do ano" e virou até letra de música, motivo de orgulho.

  Para inicio de conversa, traição não é algo bonito nem alegre, é algo que machuca, destrói famílias e que atrai muitos espíritos malignos (quem já passou por isso ou conviveu sabe do que estou falando), esse não é o tipo de situação que merece se tornar piada, e muito menos que terceiros fiquem dando opiniões.

  É inacreditável que em pleno 2015 uma mulher possa ser tão horrivelmente criticada, xingada e até agredida, enquanto o homem que cometeu o mesmo erro do que a mulher é visto como um herói, Isso é inaceitável.

  Pior ainda são mulheres, que sabem todos os dias as dificuldades que nós ainda encontramos perante uma sociedade machista e alimentam esse tipo de pensamento do qual a mulher é puta, vagabunda e homem é o herói, porque afinal o homem tem a carne fraca, mas a mulher que trai tem que apanhar, não é mesmo? ERRADO!

  Será que alguém parou para pensar em algum instante como a tal Fabíola está se sentindo? Toda agressão moral, e até física que recebeu? Será que ela não tinha os seus motivos? Quem sabe?

  Como as pessoas podem ficar do lado de um marido que humilhou a esposa expondo ela em toda internet sabendo como ela seria criticada e assediada, e até mesmo à agrediu no vídeo, como podem achar isso um ato de justiça?

  Cada dia que se passa fico mais decepcionada com as pessoas, com os homens que se acham superiores e que podem fazer tudo com a mulher, e com o grande grupo de mulheres que não reconhecem todo os esforços para conquistar nossos direitos e jogam tudo pelo ralo ao apoiar esse tipo de atitude.

  Infelizmente esse é um caso que não tem solução, respeito é algo que vem de berço, infelizmente não tenho fé de que um dia a grande massa pensará diferente, mas espero que através desse desabafo possa levar alguém a refletir sobre o assunto.

4 comentários:

  1. Respeito parece coisa de outro século.

    ResponderExcluir
  2. Realmente adoro esse seu jeito revoltado de se expressar. Principalmente, porque concordo muito com a sua opinião. Traição é algo errado, que machuca e fere todos os envolvidos. Mas a mídia ultrapassa seus limites, e se torna ainda mais cruel. Quantos e quantas mulheres e homens não traem em seus relacionamentos? E porque ela se tornou o pior ser humano? Porque foi descoberta? Porque seu marido divulgou um video no youtube? E pior, as pessoas que a ridicularizam, são aquelas que já cometeram erros muito piores na vida. Então, claro que jamais defendo a traição, mas será que alguem já parou pra pensar que a Fabiola também tem sentimentos? É por estas e outras, que evito me envolver com televisão e tudo que envolve a manipulação da mídia. Detesto esse tipo de atitude. Enfim, né :/

    Primavera Constante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha muito obrigada pelo elogio, realmente é uma pena as pessoas julgarem os outros desse jeito, ainda bem que você também pensa diferente. Ninguém sabe o que o outro está passando.

      Excluir