sábado, 26 de dezembro de 2015

Relacionamento: ninguém é perfeito


  Olá, queridas!

  Hoje falaremos de defeitos! O assunto é complicado, mas é fundamental aprender a lidar com ele se quiser que seu relacionamento dure.  Ninguém é perfeito, e quando se está num relacionamento com alguém esses defeitos ficam ainda mais a mostra.

  Quando se está com alguém há alguns anos as dificuldades e diferenças no jeito de ser e ver as coisas costumam aparecer,e ai você só fica com a pessoa se realmente ama-la e estiver disposta a lidar com isso.

  Eu sempre costumo dizer que estar com alguém é algo complicado, pois são duas pessoas que tiveram uma criação e costumes completamente diferentes que se juntam e tentam fazer dar certo a convivência entre os dois, e nessa hora não podemos ser egoistas demais e nem fazer todas as vontades do outro, complicado né? Mas vamos por partes.

  Reconheça os seus defeitos: Antes de olhar o erro do outro olhe para si mesma, examine a si mesma e veja onde estão suas falhas e como pode corrigi-las, é difícil mas é preciso porque você não pode exigir a mudança do outro sendo que você mesma não colabora.

  Quando estamos com alguém temos que aprender a abrir mão de algumas coisas e não levar tudo a ferro e fogo, porque se não você e seu namorado, ou esposo vão brigar o tempo todo.

  Aceita as diferenças do outro: Vocês tiverem uma criação completamente diferente, podem até combinar em muitas coisas e se darem bem, mas chega um momento do relacionamento que algumas ideias entrarão em conflito e é preciso maturidade para resolver essa situação. Quando sentir o sangue esquentando, antes de dar uma resposta mau educada ao seu parceiro, respire e tente mostrar o seu ponto de vista e tente entender o lado dele também, respeito é essencial.

  Você pode conviver com os defeitos dele? Veja se os defeitos e diferenças que ele tem são aceitáveis, há coisas que não são tão graves e podem ser "solucionadas" com uma bela conversa, como o fato dele ser bagunceiro, ou até mesmo o fato dele passar tempo demais na frente de uma TV, porém fique atenta com defeitos de caráter que são mais "difíceis" como bebedeiras, traições, ciúmes demais, agressões verbais ou físicas.

  Conversem:  Um casal deve resolver tudo conversando, é necessário estabelecer sempre um diálogo construtivo para solucionar os problemas entre os dois, mas veja bem.., eu disse um diálogo construtivo! Gritaria ou acusações não estão inclusas, se perceberem que estão se alterando e não conseguiram resolver nada além de trocar acusações, parem e voltem a conversar quando estiverem mais próximos.

  Não seja a única a abrir mão: Minha mãe e minha sogra sempre me disseram para eu nunca deixar meu namorado mau acostumado, fazendo tudo o que ele quer e não exigir o mesmo dele. Tomem cuidado com isso, sei que quando amamos alguém só pensamos em agradar o outro, mas tome cuidado para não esquecer de você, veja se seu parceiro também faz os mesmos "sacrifícios" por você.

  E por fim, não se esqueçam que um relacionamento é a dois e que as duas partes devem colaborar de forma madura e racional para construírem juntos uma relação cada vez mais forte e saudável, estar com alguém não é brincadeira e muito menos fácil, por isso as dificuldades devem ser resolvidas com base na razão e não na emoção, como os pastores da Universal dizem: um relacionamento inteligente.

  Você já passou por dificuldades para aceitar os defeitos do outro mas conseguiu supera-los? Conte para nós!

Nenhum comentário:

Postar um comentário