terça-feira, 2 de julho de 2013

Quando a beleza estraga


  Olá queridas, tudo bem?

  Depois de alguns dias sem postar aqui, cá estou eu novamente, dessa vez para falar sobre vulgaridade. Essa palavra que até parece um palavrão é muito comum em nosso dia a dia, não é necessário nem sair de casa para ver um grande espetáculo de vulgaridade, mulheres que são sim bonitas mas que estragam sua beleza por serem vulgares, seja através de roupas ou com atitudes.

  Na minha opinião, pior do que andar por ai com micro vestidos ou decotes extravagantes, é você ter atitudes vulgares e totalmente desnecessárias, quem já não pode comprovar que a tese "piriguete não sente frio" é a mais pura verdade? O inverno chegou a poucos dias, e quem mora em São Paulo como eu está vivenciando dias muito frios que dá vontade de dormir o dia todo, e não é difícil de encontrar por ai um ser com blusa agarrada e decote morrendo de frio mas sem colocar um casaco para não "estragar a produção", algo totalmente desnecessário.

  É triste ver garotas e mulheres LINDAS comportando-se como o tipo de "mulher ideal" que a mídia anuncia, a mulher que é devassa, seduz todos os homens, deixa eles comendo na palma da sua mão, independente, sem compromisso e quase sem roupas.

  A maioria dessas mulheres que eu conheço buscam na verdade alguém que cuide e as ame de verdade, e não seja como os outros homens que apenas as usaram. Mas como conseguir um assim?

  A propaganda é a alma do negócio, ela determina o tipo de público que deve ser atingido, andar por ai como uma piriguete ou ser uma mulher que quer seduzir todos os homens do planeta irá atrair em maior parte pessoas que buscam realmente esse tipo de mulher, que não estão interessados em compromisso.

  Me diga, como quer ser respeita e amada por algum homem se você não se ama o quanto deve e muito menos se respeita?

  Comportar-se de tal maneira querendo seduzir todos os machos da Galáxia demonstra uma enorme insegurança e carência, que pode ter diversas causas, porém a questão é: VOCÊ MULHER, PRINCESA DE DEUS NÃO TEM QUE SE COMPORTAR COMO UMA PANICAT, OU QUALQUER OUTRO MODELO DE MULHER IDEAL QUE A MÍDIA PREGA, NÃO PRECISA SER TÃO MAGRA, NÃO PRECISA TER BUNDÃO, MUITO MENOS USAR ROUPAS QUE MOSTREM TODAS AS SUAS CURVAS, A MULHER IDEAL É AQUELA QUE A BÍBLIA DESCREVE, É A VERDADEIRA BELEZA DA QUAL NÃO SE ABALA COM O TEMPO E ATRAI BENÇÃOS PARA A SUA VIDA, ACORDA, VOCÊ É PRINCESA E NÃO PROSTITUTA.

A beleza de vocês não deve estar nos enfeites exteriores, como cabelos trançados e jóias de ouro ou roupas finas.
Pelo contrário, esteja no ser interior, que não perece, beleza demonstrada num espírito dócil e tranqüilo, o que é de grande valor para Deus.
Pois era assim que também costumavam adornar-se as santas mulheres do passado, que colocavam a sua esperança em Deus. Elas se sujeitavam a seus maridos,
como Sara, que obedecia a Abraão e lhe chamava senhor. Dela vocês serão filhas, se praticarem o bem e não derem lugar ao medo.

1 Pedro 3:3-6

Como anel de ouro em focinho de porco, assim é a mulher bonita, mas indiscreta.


Provérbios 11:22-23

  Deus abençoe vocês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário