sexta-feira, 19 de julho de 2013

O amor


  A verdade é que passamos bom tempo imaginando como seria amar assim como nos filmes, e até mesmo imaginamos isso com pessoas que poderia dar certo, gastamos até mesmo finais de semanas em que poderíamos estar com amigos em algum lugar nos divertindo imaginando como seria viver um amor de cinema. Porém isso não nos leva a nada, a não ser perda de tempo, ganho de peso e algumas até se tornam aquelas mulheres chatas e amarguradas que reclamam de tudo o tempo todo.

  Comigo aconteceu assim, quando eu menos imaginei o amor apareceu, de alguém que eu nunca tinha imaginado ser possível, e nossa história tem sido muito melhor do que a de todas que um dia pensei. Aprendi a ser menos rabugenta, a me encantar por somente uma pessoa, achar esse alguém o mais bonito de todos mesmo quando ele está com um shorts velho, acompanhado de um chinelo com meia, aprendi que o bonito da vida são as coisas simples e a viver cada momento sabendo que ele não irá voltar atrás.

  Comecei a perceber também que quando há amor entre duas pessoas vocês começam a fazer planos para o futuro, e os dias que passam separados, mesmo que sejam dois ou três parecem anos, e que a cada despedida o coração fica mais apertado, então você vê que os seus planos de viajar pelo mundo sozinha com uma mochila nas costas ficou de lado e que sua maior prioridade e desejo no momento é juntar dinheiro para comprar sua casa, descobre que os planos que você traçou quando mais nova na verdade não passam de uma brincadeira, um sonho juvenil e que quando se torna adulto a vida é bem diferente, porém não é ruim, ela supera seus melhores sonhos.

  Com o tempo você trabalha não porque você quer, ou porque quer comprar aquele vestido bonito que seus pais não querem te dar, mas porque você precisa, pois você já está com idade suficiente de pagar suas contas e mais que isso, você trabalha e até mesmo chora de estresse porque quer construir um bom futuro, mesmo sendo difícil e por muitas vezes doloroso você tem a sua motivação, o sonho de ser feliz com seu amado, pois afinal as despedidas são muito dolorosas e vê que não tem nada melhor do que estar ao lado dele, mesmo que seja comendo a sua comida que não é tão boa quanto a da sua mãe.

  Por fim, concluo que o amor nos torna pessoas melhores, e estou disposta a amar cada dia mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário