quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Disney e suas princesas


  Sim, apesar das princesas da Disney serem sempre bobinhas, perfeitas e mostrarem para nós a ilusão de que só seremos felizes se encontrarmos um príncipe lindo e rico, de uma maneira ou de outra elas marcaram nossas vidas, e eu não pude deixar de compartilhar com vocês essa ilustração das princesas que achei por acaso no Facebook.

  Mas já que tocamos no assunto sobre os malefícios dos filmes Disney, vamos falar um pouco sobre o assunto. Mas antes de começarmos preciso contar um fato engraçado que aconteceu comigo na faculdade essa semana. Eu estava com uma amiga na aula quando surge a porta um moreno lindo e com olhos claros, e eu e minha amiga brincamos entre nós a respeito dos belos olhos claros do rapaz, e a professora que ouviu a conversa nos contou o nome do rapaz: Walt Disney. Pois é, isso mesmo que você leu, achei o nome dele (homenagem ao criador da marca) bem incomum, mas voltando ao assunto das princesas...

  Todas as personagens que aparecem na ilustração acima marcaram minha infância, as mais especiais são a Branca de Neve e a Bela, mas apesar delas me trazerem boas lembranças temos que admitir que tais contos de fadas apesar de sempre terem uma lição de moral e uma linda "história de amor" acabam nos passando mensagens subliminares que ficam gravadas no nosso inconsciente. Quem se interessar pelo assunto é só procurar no Google ou Youtube "mensagens subliminares em filmes da Disney" ou algo do tipo e irá encontrar um extenso material sobre o assunto, porém os que mais se destacam por estarem presente em todos os filmes Disney, são os padrões de beleza impostos de maneira subliminar desencadeando ainda durante a infância ou posteriormente problemas alimentares em muitas jovens (e eu estou entre elas), atire a primeira pedra quem nunca se sentiu mal ou diferente por não ter o mesmo padrão de beleza exposto nas mídias e a falsa ideia de que uma mulher só será feliz depois que se casar com um cara bonitão e rico. Alguém já viu alguma princesa da Disney ser gordinha e ter cachos? Eu nunca vi, apenas me lembro das irmãs malvadas e invejosas de Cinderela que na versão dos anos 90 eram bem gordinhas. 

  O outro engano apresentado por esses filmes de conto de fadas, são como as princesas sofrem, tem uma vida pobre e sem graça até conhecerem um bonitão, alto, forte, lindo de viver (como diria a Hebe) e muuuito rico, e não apenas rico, mas o príncipe da região onde as princesas moram, então desde crianças ficamos com a imagem dos filmes em nossas mentes, e com a impressão de que enquanto não acharmos nosso príncipe encantado a nossa vida não será feliz. Que coisa mais errada! Porque as princesas lindas e magrelas da Disney não podiam se apaixonar por um camponês?  Com exceção da Jasmine que se apaixonou por um pobretão, mas ela já era podre de rica e o Aladim tinha um tapete que voava e um gênio da lampada, o que é quase a mesma coisa de ser rico (risos).

  Shrek, é um dos filmes que mais gosto, pois ele mostrou pela primeira vez um conto de fadas totalmente diferente que estávamos acostumadas, a princesa de noite se transformava em ogro, e apesar de ter vários pretendentes bonitos e ricos (dos quais estavam apenas interessados na beleza exterior e na fortuna dela) se apaixonou por um ogro feio e bruto e preferiu ficar com a aparência de ogro e estar ao lado do seu amado do que continuar uma bela mulher ao lado de um bonitão que não a ama de verdade. Os dois apesar de ficarem ricos e poderem morar no castelo preferem continuar morando na humilde ( e coloca humilde nisso) casa do Shrek (que mais parece um barraco). Isso sim é uma história de amor que não se importa com as aparências ou riquezas! 

  No terceiro filme, Fiona está junto com suas amigas princesas (Bela Adormecida, Cinderela, e cia) e é mostrado o lado fútil e imperfeito das princesas. Qual é Disney, ninguém é perfeito! Nossa vida não tem que ser inspirada num conto de fadas, em padrões colocados pela mídia, histórias de vidas ideais já traçadas e que se forem bem analisadas estão cheia de futilidades, mas nossa vida tem que ser baseada na Bíblia! 

  Quantas vidas esses filmes de princesas da Disney não influenciou negativamente? Quantas meninas não se prostituíram por dinheiro ou por status para ficar com algum bonitão rico, quantas não terminaram grávidas? Quantas não morreram ou quase morreram por distúrbios alimentares? Quantas não se suicidaram por acharem não ter o padrão de beleza e sofrerem preconceito por isso? 

  Não posso ser hipócrita e dizer que não amava as histórias de princesas e ainda sinto carinho por elas terem marcado minha infância, mas é necessário saber julgar o que é bom e o que não é para você e reter apenas o que é bom. 

  Para quem não sabe, comecei o Cortando as Tranças para compartilhar com vocês tudo o que aprendo nessa fase de amadurecimento, e não posso deixar de registrar em que muitos momentos me sinto frustrada pensando "é assim que é isso?" e brigo comigo mesma por ter acreditado nos filmes de fantasia e ter uma visão da vida como se ela fosse um conto de fadas, por ter ficado esperando tanto tempo um príncipe rico e forte em seu carro do ano, que me ame e me peça em casamento e eu ficasse cuidando de nossa grande e cara casa. Estou aprendendo na marra que não é assim, temos que trabalhar ( e muito), estudar até não aguentar mais, perder noites de sono, ficar 2 ou três semanas sem nem poder fazer a unha porque a vida está corrida demais, lutar contra a balança, ter problemas em casa, saber lidar com o coração e suas estranhas emoções e reações, ficar doente e mesmo assim ter que ir trabalhar, entre muitos outros "imprevistos". Pois é querida, a vida não é nem um pouco parecida com as mostradas nos filmes da Disney, e você é sim uma princesa por conseguir sobreviver todos os dias a realidade. Já viu como você realmente é preciosa? Não queira ser como uma princesa Disney, fraca, mesquinha e sem experiência de vida, seja você mesma! E se prepare para o casamento com o nosso lindo e amado Jesus que é o filho do dono de todo ouro e toda prata. Confie nEle e o mais Ele fará! 

  VOCÊ É PRECIOSA!

  Deus abençoe! 

2 comentários: