terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Quando o esporte torna-se mais do que uma necessidade -parte 2

  Olá pessoal!

  Algumas semanas atrás eu postei sobre ter uma vida mais saudável com exercícios físicos e com alimentação correta, apresento a vocês o resultado que isso causou não só em meu corpo mas também na minha saúde.
 
  Para quem não leu o post, pode conferi-lo aqui.

  Graças ao estresse do dia a dia acabei ficando com enxaqueca e como a médica recomendou comecei a fazer caminhadas regularmente e deixar de comer besteiras na rua, passando a comer somente comida caseira e quase eliminando doces do meu cardápio. Não vou dizer que isso foi algo prazeroso de se fazer, ainda mais gostando tanto de comer a coxinha da tia chinesa que tem no centro de São Paulo quase todos os dias e comprando doces de inúmeras docerias espalhadas perto do meu trabalho, como não sou de ferro permiti-me comer esse tipo de besteiras como coxinha, refrigerante ou sorvete apenas de final de semana e em quantidade beeem menor do que eu costumava comer.

  Para ser sincera, parei de contar depois que perdi dois quilos, e sinceramente só percebi que estava melhorando minha saúde quando as crises de enxaqueca diminuíram e todos começaram a me elogiar dizendo que estava linda e que havia emagrecido muito, olhando no espelho não notei tanta diferença até que fiz uma montagem com duas fotos, um antes e depois que me surpreendeu.



  Essa mudança melhorou minha saúde e qualidade de vida, pois além do estresse diário dores insuportáveis de cabeça e visitas ao hospital pioram ainda mais o nível de estresse, as vezes me sentia como se estivesse me desfazendo, ou como se fosse explodir em mil pedaços, e também estou muito mais feliz comigo mesma, parece que todas as minhas roupas estão me servindo melhor e estou me sentindo mais bonita e confiante.

  Não sou a favor daquelas dietas malucas e menos ainda de procedimentos cirurgicos quando são feitos apenas por vaidade, mas também não acho que todos devem ser magros, eu me amava e me sentia bonita mesmo estando com alguns quilos a mais do que atualmente decidi começar a me exercitar e maneirar na comida por questão de saúde mas sinceramente não acho que todos devem seguir esse padrão de magreza que a mídia impõe.

  Não há nada melhor do que nos aceitar como somos e ter uma vida saudável e mais feliz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário