domingo, 7 de maio de 2017

Dani Fernandes em Arraial do Cabo, Rio de Janeiro



  Para quem ainda não me conhece, esse toquinho de gente sou eu! Hehehe.

  Sei que esse post está um pouco atrasado, pois faz um mês que fiz essa viagem e prometi escrever sobre ela aqui, mas antes tarde do que nunca, não é?

  Para quem é novo aqui no blog, além de textos bíblicos e músicas, também gosto de dividir com vocês algumas experiências e viagens que faço, dentre elas as mais lidas do blog são os posts sobre Campos do Jordão e todos os posts relacionados ao cruzeiro.

  Agora vamos ao que interessa.

  Essa foi a segunda vez que estive em Arraial do Cabo, porém na primeira vez fui de cruzeiro, por isso não aproveitei tanto como deveria, e esse lugar é tão maravilhoso que duvido que um dia me canse de visita-lo.

  A foto acima foi tirada enquanto o sol nascia, na Praia Grande, que apesar de ter esse nome não é a mesma PG que temos em São Paulo.

  Confesso que nunca tinha visto um nascer do sol tão bonito quanto o que podemos assistir na Praia Grande, durante a manhã dezenas de gaivotas ficam voando sob a água e literalmente mergulhando em busca de peixes, uma cena maravilhosa, digna de um filme do Nicholas Sparks. Abaixo pode ver uma foto que tirei tentando captar esse momento.

  Como o nome já diz, a praia é mesmo grande, suas águas são claras, areia bem fina, fofa e limpa, porém diferente das outras, suas ondas são mais agitadas.



  Fechei o pacote com uma empresa de turismo (a mesma que fechei para a viagem de Campos do Jordão), o valor não foi salgado, tudo foi muito organizado, cumprindo horários e animado. Quem se interessar pode enviar um e-mail para o blog que indico a empresa.

  Nos hospedamos na Pousa Por do Sol, localizada na Praia Grande e perto de tudo (literalmente), ficando a poucos metros da praia da foto acima, e cercada de supermercados, restaurantes, farmácia, enfim, tudo!

  A pousada apesar de ter garagem, piscina, suítes de tamanho considerável entre outras áreas de acesso comum, é bem simples, sem muito luxo, mas tudo bonitinho e arrumado, porém para mim o seu ponto forte é a localização, fizemos tudo a pé, além da Praia Grande, ela fica perto da Praia dos Anjos, marina e da entrada da trilha que leva à Praia do Forno.

  Falando em marina...É para lá que você deve ir para realizar os passeios de barco e conhecer as praias mais bonitas do local.

  Nós fomos com uma empresa que organiza esse tipo de passeio chamada Flor do Caribe, e mais uma vez só tenho elogios sobre eles. O barco é bem grande, acomoda todos de maneira confortável, tem banheiro, vendem comida, bebida, tem uma equipe muito gentil e atenciosa, tocam música, mas também param para contar histórias e animar o pessoal.

Foto tirada enquanto saíamos da marina

Pontos importantes que destacam a boa experiência que tive com eles:

Tratamento: Os funcionários são realmente muito cordiais, nos ajudam em tudo quanto podem. Eu não sei nadar, e ao embarcar há um desnível entre a plataforma e o barco, morri de medo, pensei até em desistir, mas eles foram super cuidadosos com meu medo bobo, seguraram minha bolsa e me ajudaram a embarcar. Ressalto isso pois em uma outra viagem que fiz com outra empresa, paguei super caro, não fui bem atendida, e ainda me machuquei ao embarcar.

Eles oferecem colete salva vidas e bote: Como citei acima, em outra viagem que fiz, tive o desgosto de contratar os serviços de uma péssima empresa, que entre todas as gafes que cometeram também não ofereciam o colete salva vidas. Para quem nunca fez esse tipo de passeio, os barcos e lanchas não podem se aproximar tanto da praia, por isso, é preciso ir para a praia de bote, o que para quem não sabe nadar e tem medo de cair na água pode ser uma experiência bem desconfortável, visto que no bote a única coisa que dá para segurar são umas cordinhas presas na lateral.

  Já com a empresa Flor do Caribe minha experiência foi sensacional, sem nenhuma preocupação, pois eles têm seu próprio bote, o que evita de ficar pagando a parte (aumentando nossos gastos), e dispõe de coletes para todos os ocupantes, deixando quem não sabe nadar tranquilo.


Saindo da marina, tranquila e feliz



 Observe as mansões na encosta, já pensou como deve ser maravilhoso morar numa dessas "casinhas"?



  Até o momento não vi nada mais lindo do que esse lugar, é o nosso Caribe brasileiro. Observem a cor da água.


  Pouco depois que tirei essa foto surgiu uma tartaruga marinha enorme nadando ao nosso lado, bem tranquila.

  Aliás, o que chama atenção é como essas praias são preservadas, tudo muito limpo e com peixinhos nadando a sua volta.


  Nessa fenda há uma santa, e a lenda local é que o casal que se beijar em frente a ela não irá se separar jamais. Sabemos que lendas não são verdadeiras, mas a história é bem bonitinha.

  Ao lado fica a Gruta Azul, que tem esse nome devido ao reflexo da água na parede da gruta.


  O lugar é maravilhoso!

  Vale a pena economizar para poder ter a chance de conhecer.


  A foto acima foi tirada na Ilha do Farol, esta foi a minha praia favorita, que indico a todos conhecerem.

  Ela só pode ser acessada por barco, e é preservada pela Marinha do Brasil, eles possuem posto e ficam vigiando todos os turistas para que estes não ultrapassem a área demarcada onde é possível transitar, isto porque nessa área possui um antigo cemitério indígena considerado sagrado. Os visitantes podem permanecer no máximo 45 minutos na praia, e graças a todo esse cuidado ela já foi eleita a praia mais bonita do Brasil.

  Também visitamos As Prainhas, que são duas praias separadas por uma pedra, da qual some quando a maré sobe. Infelizmente não tirei foto dela, pois estava com medo de molhar o celular durante o transporte de bote (desculpem).


  Essa pessoa com cara de acabada sou eu mesma, foto tirada na trilha que leva para a Praia do Forno.

  A trilha tem um caminho muito bonito, mas falando de acordo com a minha experiência, achei um pouco puxado o caminho, pois as pedras eram muito altas, exigindo esforço e não tem um corrimão "amigo" para você se apoiar e diminuir um pouco o esforço. Porém como não é todo dia que terá de enfrentar esse caminho, vale a pena.





     Para minha tristeza começou a chover, o que deixou o caminho pelas pedras muito escorregadio, e o caminho pela terra impossível para quem estava de chinelo, impossibilitada e sem lugar para me abrigar, apenas fiquei lá parada esperando a chuva passar, ainda bem que foi rápida, e poucos minutos depois a alegria já estava de volta.






   Evitem ficar muito perto dos cantos próximo aos cactos pois tem lagartos, o que causou grande alvoroço quando uma turista foi tirar foto com a placa e tinha um lagarto do lado do pé dela, hahaha.

Praia do Forno

Praia do Forno

  As duas fotos acima são da Praia do Forno, muito bonita, porém confesso que foi a que eu menos gostei, pois diferente das outras possui areia mais grossa, menor, e apesar de ter acesso somente por trilha (não pode descer do barco) era a mais cheia que fomos. Possuí algumas opções de comidas, porém com preços acima de cem reais.

  Aparentemente todos os gringos vão para lá.


  Acima, estou novamente na trilha para a Praia do Forno, porém dessa vez contando com a presença do nosso querido e amado Sol. Da segunda vez o caminho foi mais fácil pois o chão estava seco, porém ainda cansativo. Não recomendo fazer essa trilha pessoas com problemas no joelho ou algum outro problema que dificulte a sua locomoção.


  Estava super cansada, mas muito feliz!

  Conhecer de perto esse lugar maravilhoso vale cada real economizado, e cada gotinha de suor que derramei debaixo do Sol. Por falar nisso, mulheres que usam chapinha assim como eu, podem esquecer dela, viu? Não importa, mesmo que prenda o cabelo, ele ficará  melado e com areia, mas importante é se divertir, né?

  Por falar em areia no cabelo, esse foi um item muito misterioso em minha viagem, porque não importa no que eu mexia, tinha areia. Não sei ao certo, mas acho que pelo fato da areia ser fina o vento a leva pelo ar com facilidade, assim tudo meu tinha areia, tudoooooo. Teve um momento que fui para a pousada com minhas amigas e tinha areia em cima do controle da televisão, como ela foi parar lá é um mistério.



  Para falar a verdade, gostei mais de ficar nesse mirante da trilha do que na Praia do Forno em si. Vale muito a pena conhecer esse lugar, pois até o momento essa é a vista mais linda que já vi.


  Muito contente!

  Tudo nessa cidade é lindo e apaixonante, em todo o momento fui muito bem recebida pelos moradores e não presenciei nenhum momento de roubo, brigas, ou algo do tipo.

  Por falar em moradores, deixo aqui o meu muito obrigada, todos foram realmente muito atenciosos, alegres e...bonitos! Hahahaha, gente do céu, nunca vi um lugar tão bom para ter gente bonita assim!

Praia Grande

  Dica muito importante: não esqueça do protetor solar.

  Ficamos na empolgação de curtir cada segundo e simplesmente esquecemos do protetor. Quem nunca?

  Eu sou a louca do protetor, sempre passo, mas dessa vez eu falhei na missão, e queimei até meus lábios, por isso não façam como eu, tentem não esquecer de passar o protetor sempre! Uma vez só não basta, eu sou a prova viva (e torrada) disso.

Praia Grande

Praia Pontal do Atalaia

   Conheci também a famosa Praia Pontal do Atalaia, aquela que possui uma escadaria de madeira e que parece uma pintura. Realmente ela é muito bonita e limpa, cheia, porém seu ponto positivo é que tem lugares para alugar guarda sol e comprar comida, que para quem está ando para lá e para cá o dia todo pode se tornar um alívio poder comer um espetinho que não custe tão caro como na praia do forno.

  A noite apresenta opções de lazer para todos os gostos, desde barzinhos badalados, aos mais simples e restaurantes com os mais diversos tipos de culinária.

  Esta foi a minha experiência em Arraial do Cabo, espero ter ajudado quem está pesquisando sobre o local, incentivar a ir quem ainda tinha dúvidas e divertido vocês, mesmo que por alguns minutos.

  Gosto de pesquisar sobre lugares e experiências de pessoas que o visitaram, bem como gosto de compartilhar com vocês algumas de minhas histórias a fim de trazer sorrisos e mostrar um pouco dos lugares a quem ainda não pode conhecer.


2 comentários:

  1. Tenho vontade de conhecer...aliás,são tantos os lugares que quero conhecer!!!
    Ótimas dicas,amei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! Caso queira conhecer posso indicar a empresa que eu fechei o pacote ;)

      Excluir