domingo, 14 de fevereiro de 2016

Meu 1º Cruzeiro: passeio em Ilha Bela

Praia do Julião/Prainha

  Olá, queridos e queridas leitoras!

  Esse é o segundo post contando um pouco mais sobre a minha viagem em um cruzeiro com a MSC, você pode conferir o primeiro post clicando aqui. Como prometido, nesse post contarei como foi meu passeio por Ilha Bela.

  As fotos mostradas aqui nesse post foram tiradas da internet, infelizmente quando fui a praia estava sem bateria na câmera e no celular.

  Para descer do navio é preciso pegar uma fixa, essa fixa tem uma letra, você ouvirá o chamado da sua letra autorizando a descida do navio, tudo muito organizado e rápido, basta apresentar o seu Cruise Card (se você não sabe o que é isso confira o post anterior sobre o cruzeiro). Descemos do navio por uma escada, no quinto andar, que estava balançando muito e me deu muito medo (hehehe) e pegamos o tender, que é esse "barquinho" da foto ao lado. Um detalhe interessante nele é que havia muitos funcionários do navio indo passear, parecia que eu e meu grupo eramos os únicos brasileiros do lugar.

  Assim que descemos no pier havia muitas lojas, e stands para compra de passeio. Preferimos comprar o passeio por fora pois os que eram ofertados no navio eram vendidos em dólar, e como o dólar está quatro reais não era uma boa opção no momento (triste). Nos stands tinha opções de passeios de jipe, em cachoeiras e de lancha. Escolhemos o de lancha.

  Fomos no primeiro stand de lancha que vimos, ao questionar o preço primeiro o dono do stand disse que ficaria R$ 300,00 por casal, ficamos olhando pensando em como estava caro, depois ele foi baixando o preço até chegar em R$ 150,00 o casal, fechamos nesse valor. O passeio durava 4 horas e 30 minutos, e passaríamos por 7 praias, descendo em duas delas, incluía também água e instrumentos de mergulho.

  Fomos com o nosso motorista (é assim que chama quem dirige lanchas?), para mim que não sei nadar e tenho medo de cair na água foi um sofrimento descobrir que eu teria de pular do pier para a lancha, mas eu mal sabia que esse seria apenas o começo das minhas dificuldades nesse passeio, continue lendo para conferir.

  A lancha era de tamanho médio, tinha um sofá grande na parte da frente e sofá na parte de trás, no dia o mar estava bravo, com muitas "marolas", que são aquelas ondas pequenas e por isso chacoalhou bastante, de inicio por causa do vento e das ondas não conseguimos descer nas praias, então passamos primeiro por todas elas, e na volta descemos em duas delas.

  O homem que estava dirigindo a lancha apresentou o nome das praias, contou algumas histórias rápidas e mostrou mansões de alguns famosos, mas confesso que não foi muito satisfatório a apresentação dele, porém ressalto que o cara era "gente fina".

  Agora vamos as praias, não citarei nas ordens que visitei, pois não lembro qual foi a ordem, mas todas são maravilhosas:

Praia do Curral:

Fonte: http://guiadolitoral.uol.com.br/fotosdepraia-ilhabela-sp-4492.html

  Essa praia estava lotada, cheia de turistas, restaurantes, cheia demais para o que estávamos procurando, mas não deixando de ser um bom lugar para visitar. 

Prainha/ Praia do Julião:

Fonte: http://www.tripadvisor.com/LocationPhotoDirectLink-g609135-d4059367-i79015099-Juliao_Beach_Prainha-Ilhabela_State_of_Sao_Paulo.html

  Fica entre as praias Grande e Feiticeira, é bem pequena e não é tão fácil de acessar. Por causa das pedras dizem que é ideal para mergulho, porém como o mar estava agitado e os ventos fortes a água não estava com tanta visibilidade quanto na foto.

Praia da Feiticeira:

Fonete: http://etrilhas.com/roteiros/praias/ilhabela-sp/

  Nessa praia havia muitas pessoas praticando Kitesurf, também estava lotada, mas foi uma das praias que achei mais bonita. 

  Praia do pinto:

Fonte: http://www.viajenaviagem.com/2016/01/litoral-norte-pousadas-recomendadas-leitores

  Perto da praia há um condomínio particular, por isso parte do acesso a praia só é possível a pé, porém não se engane... na foto a praia está quase deserta, mas quando fui havia muitas pessoas, boias e etc. Há... vale lembrar que próximo a TODAS as praias havia muuuuuuuitas lanchas "estacionadas", muitas mesmo a ponto de algumas baterem entre si conforme o balanço do mar.

Praia da Armação:

Fonte: http://loucosporpraia.com.br/praia-jabaquara-ilhabela-2/

  Descemos nessa deliciosa praia, ela estava lotada, pois há um restaurante MARAVILHOSO nela, com direito a mesas com o pé na areia, quando eu digo que esse restaurante é maravilhoso não estou exagerando, nunca tinha estado em um lugar como aquele, o nome do lugar é Salga Ilhabela, e eu dedicarei um post somente para indica-lo, porque esse merece uma atenção especial hehehe. 

  A praia tem o mar calmo, mas não posso dizer que é ideal para banho, pois havia muitas lanchas, iates, jet ski. O homem que estava dirigindo nossa lancha até nos indicou para fazer mergulho lá, porém a água estava MUITO gelada e os jet ski andando muito próximos do lugar indicado para mergulho. 

  A lancha para próximo a praia e tem algumas pessoas com botes que vem nos pegar e levar até a areia, para mim isso foi terrível, pois sou pequena e não foi fácil pular da lancha para o bote e na hora de ir embora ainda mais difícil pular do bote para a lancha, mais uma vez continue lendo esse post e verá o que aconteceu comigo durante esse passeio. 

Praia do Sino:

Fonte: http://www.ilhabela.sp.gov.br/turismo-temp/praia/praia-da-garapocaia-e-pedras-do-sino/

Fonte: https://www.tripadvisor.co.uk/LocationPhotoDirectLink-g609135-d3966611-i121736782-Praia_do_Sino-Ilhabela_State_of_Sao_Paulo.html

Fonte: http://www.baixaki.com.br/papel-de-parede/34468-praia-do-sino.htm

  Essa praia é muito interessante, pois como podem ver na foto acima há um caminho entre as pedras que levam a Pedra do Sino, uma pedra enorme que quando bate nela faz o som de um sino. 

  Essa praia também conta com um bar "pé na areia", porém não é tão bacana como o Salga Ilhabela, nessa praia meu namorado e um amigo fizeram mergulho e segundo eles puderam ver muitos peixes. Vale lembrar que segundo o nosso "guia" o melhor lugar para mergulhar é próximo as pedras, que aliás pedra é o que não falta nessa praia hahaha, mas tomem cuidado para não escorregar nelas, meu namorado escorregou e teve alguns cortes nas pernas e nos pés, mas nada muito grave. 

  Enquanto os meninos mergulhavam eu e uma amiga ficamos sentadas numa das mesas do bar olhando a praia, vale lembrar que em Ilhabela tudo é muito caro, como uma água custar R$ 6,00 uma garrafa pequena! Para quem paga R$ 1,20 numa garrafa de 350 ml é um absurdo hahaha. 

  Para quem vai nessa praia com criança fique de olhos abertos, pois como toda criança é curiosa elas podem cair nas pedras, aliás vimos uma das crianças escorregar e bater a cabeça na pedra, mas passado o susto ela passou bem. 

  Na praia além de crianças curiosas estava também o Alexandre Frota e sua esposa, os dois lindos e educados. 

  Quando íamos embora dessa praia, mais uma vez fomos pegar o bote para nos levar até a lancha, porém para meu desespero o mar estava mais bravo, com mais vento e muitas ondas, assim o bote estava balançando muito, e ao meu ver não era lá muito seguro, visto que as cordinhas na lateral que serviriam para segurar estavam cortadas, então tentamos nos segurar do jeito que deu, além do condutor desse bote ser um poço de ignorância. 

  Chegamos próximo a lancha, e para meu azar a pessoa que estava mais próxima era eu, devendo eu subir primeiro para que os outros pudessem subir, porém como já dito eu sou pequena e subir na lancha para mim era um desafio pois não alcançava o chão, o motorista da lancha estava tentando segurar ela e o bote, e o condutor do bote fazendo o mesmo, assim não havia ninguém que pudesse me ajudar, e as ondas faziam com que o bote e a lancha batessem entre si e aumentasse o desnível entre eles, assim eu tive que "pular", e mais uma vez minha falta de altura fez com que eu batesse a coxa na lateral da lancha pois eu não alcançava o chão, na hora senti dor, até comentei com meu namorado que minha perna estava doendo, ele disse que não foi nada, até acreditei, mas dias depois da viagem apareceu um roxo trevoso na minha perna. 



  A foto ao lado mostra a minha "lembrança" de Ilhabela, esse foi apenas o inicio do machucado, o incidente aconteceu no dia 27/01/2016, e agora ele está bem maior do que isso, com partes roxas, azul e verde, mesmo quase um mês depois. Estou passando uma pomada, mas está difícil desse hematoma ir embora. 

  Fica a dica para quem for fazer esse passeio tomar cuidado e não passar pelo o que passei, porque doeu bastante viu?

  De resto o passeio foi super gostoso, com vistas maravilhosas, belezas que nunca imaginei poder ver um dia, e espero que vocês também tenham gostado do post e se sentido dentro da minha viagem hahaha. 

  Como prometido, o próximo post sobre a minha viagem será dedicado ao Salga Ilhabela, um restaurante super bacana localizado na Praia da Armação. Aguardem os próximos capítulos! hehehehehe. 

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário