terça-feira, 15 de julho de 2014

Mural do Leitor, um texto escrito por T.S


  Olá, queridas!

  Já faz algum tempo que não veem por aqui um texto da tag Mural do Leitor, para quem não sabe, essa tag refere-se a textos escritos por vocês!

  O texto exposto abaixo foi escrito por uma amiga, T. nos deixa um recado a respeito de uma experiência de sua na vida amorosa e nos aconselha a como sair de uma situação.

  O amor é algo profundo, uns dizem que é um sentimento, outros dizem que é uma escolha, mas independentemente se é ou não um sentimento as vezes ele nos fere e é preciso encontrar forças para superar e seguir em frente.
A busca pelo amor

"Muitas vezes na vida nos deparamos com sentimentos inexplicáveis, sensações que nunca havíamos experimentado e isso de alguma forma mexe conosco. Seres humanos tão fortes e ao mesmo tempo tão fracos, sei que você deve estar se perguntando "como algo tão contraditório faz parte da nossa vida?", posso explicar o porque, pois já vivi todos os sentimentos que afloram dentro de nós.

Hoje eu tenho 20 anos, e tenho experiências a compartilhar, pode parecer estranho alguém tão novo falar de experiências ou sentimentos, porém este último parece estar a flor da pele, o sentimento mais profundo que faz de nós fortes e fracos ao mesmo tempo: o amor. 

O que eu entendo de amor? 

Sei bem pouco, quase nada. O por que?

Porque o amor é algo inexplicável. Todas as formas de amor são lindas, quando são verdadeiras e não são egoístas pois o amor é algo imaculado. 

Porém muitas vezes a busca pelo amor pode ser algo perigoso para a alma, corpo e principalmente coração. Eu digo isso com propriedade, pois já me humilhei por migalhas de amor, entregando a minha vida e corpo a aqueles que não entendiam o amor. E isso machuca, dói demais. Porém, se você erguer a cabeça e esquecer as mágoas, o rancor e o ódio, tudo na sua vida dará certo. 

Ame a Deus e acima de tudo, ame a si mesma. Não entregue algo tão precioso como você a alguém que não te valorize. Seja feliz pois você nasceu do amor."


Nenhum comentário:

Postar um comentário