terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

O Cortando as Tranças está de volta! Pedido de desculpas e palavra de Deus.


    Olá queridos tudo bem?

  Estava com saudades de poder dizer isso.

  Bem, para quem acompanha sempre o blog não deu para não notar a ausência de posts nesse último mês que se passou, e peço desculpas a todos vocês que visitaram a página e a encontraram desatualizada por tantos dias. Esse tempo sem postar me fez refletir muito sobre o que eu queria para mim mesma e para o blog, quando o Cortando as Tranças nasceu, eu o criei com oração para abençoar jovens que assim como eu estão passando por muitas mudanças em sua vida nessa fase de amadurecimento, porém infelizmente com o passar dos meses eu perdi o foco do que eu queria para o blog, e fui acrescentando coisas que saiam do contexto e do motivo pelo qual eu o criei. Peço-lhes perdão.

  Esse tempo "fora do ar" não foi fácil para mim, Deus sabe todas as coisas que me aconteceram e o tanto que Ele me ensinou nesses dias.

  Anúncio a vocês o retorno do Cortando as Tranças, e dessa vez não para falar o quanto ele está cheio de novidades, e sim que ele retornou com o seu foco inicial e principal: abençoar vidas.

  E nada melhor para celebrar esse tempo do que falar justamente disso, de quando escolhemos trilhar um caminho, porém após algum tempo e por "n" motivos perdemos o foco, confundimos o objetivo e pegamos outra trilha acreditando ser um atalho e acabamos andando em círculos. Quem nunca fez isso?

  É normal do ser humano imperfeito sempre pensar que está certo ainda mais quando Deus o está abençoando e Ele confunde a capacitação dada por Deus com o "fui EU que fiz", ai de nós que nos sentimos assim. Deus nos mostra um caminho de benção e nós o obedecemos, então quando tudo começa a ir bem começamos a trilhar este caminho por nossa sabedoria erronia e acabamos indo parar num pântano.

  Querem um exemplo? Vejam só eu, deixei-me levar pelo reconhecimento dos leitores e pelos números de acessos que não paravam de crescer e tirei as "rédeas" do blog das mãos de Deus e passei a guia-lo, até o momento que o Senhor abriu meus olhos e me mostrou quão errada eu estava, entendi então que o blog não é meu (Dani Fernandes) e sim do nosso Deus Eu Sou, e em nome de Jesus me destituo de toda a glória do meu próprio eu e a devolvo para Deus pois sei que sem Ele não sou nada.

  Quem acompanha o blog pode notar uma grande diferença das postagens que eu escrevia do início do blog para os últimos três meses.

  Talvez, você ai que está lendo este texto esteja cometendo o mesmo erro que eu cometi, pare e analise o seu coração, será que você tirou o Senhor do comando de alguma área da sua vida? Deus está na sua vida sentimental? Deus está na sua vida ministerial? Deus está no seu trabalho?

  Encontrou qual área da sua vida Deus não está no comando?

  Peça perdão a Ele e consagre a Ele toda a sua vida. Confie! Ame-o com todo o seu coração e com todas as suas forças!

  "Confie em Deus, o Senhor, e faça o bem e assim more com toda a segurança na Terra Prometida. Que a sua felicidade esteja no Senhor! Ele lhe dará o que o seu coração deseja. 
  Ponha a sua vida nas mãos do Senhor, confie nele, e ele o ajudará. Ele fará com que a sua honestidade seja como a luz e com que a justiça da sua causa brilhe como o sol do meio-dia." (Salmos 37:4-6)

  José esteve nas mais diversas situações, quando podia-se pensar que a vida dele iria melhorar acontecia alguma coisa que o colocava em uma situação ainda pior do que a outra, porém em todas as situações Deus estava com ele e o fazia ser abençoado.

  "O Senhor Deus estava com José. Ele morava na casa do seu dono e ia muito bem em tudo. O dono de José viu que o Senhor estava com ele e o abençoava em tudo o que fazia. Assim, José ganhou a simpatia do seu dono, que o pôs como o seu ajudante particular. Potifar deu a José a responsabilidade de cuidar da sua casa e tomar conta de tudo o que era seu. Dali em diante, por cauda de José, o Senhor abençoou o lar do egípcio e também tudo o que ele tinha na casa e no campo." (Gênesis 39:2-5)

  José era bem sucedido em tudo o que fazia não por suas próprias decisões e atitudes, mas sim por ter sua vida no altar de Deus e obedece-Lo.

  Não importa quais foram as consequências de suas atitudes, Deus conhece o seu coração e o perdoa.

  "Mas eu -eu mesmo- sou o seu Deus e por isso perdoo os seus pecados e os esqueço." (Isaías 43:25)

  Agora que já estamos perdoados, e sabemos qual o caminho a seguir, venhamos amadurecer com nosso erro e começar uma nova fase em nossas vidas.

  Deem as boas vindas ao Cortando as Tranças!
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário